Como NÃO clarear os dentes com Carvão Ativado

Acredito que cada pessoa tenha a liberdade de escovar os dentes com o que quiser. Por outro lado, me sinto na obrigação de disseminar informação correta e baseada em evidência científica para orientar as pessoas com segurança e para que eles não se machuquem usando receitas mirabolantes da Internet. Carvão Ativado não foi feito para escovar os dentes. 

Não escove os dentes com carvão

Responda à pergunta: Se carvão ativado fosse bom e seguro para clareamento dental, você acha que os dentistas não estariam utilizando ?

Há um mês foi a Cúrcuma (Açafrão da Terra) a substância de eleição indicada para escovar os dentes. Uma pessoa com visibilidade, que poderia fazer um trabalho bacana de saúde pública e atingir milhares de pessoas pelas Mídias Sociais, indica tempero amarelo para clarear os dentes. Fazer o quê? Outra modinha das “blogueiras de beleza” é indicar o Carvão Ativado para clarear os dentes. 

  carvao_granulado1

O que é o Carvão Ativado?

É um produto obtido por via da queima controlada, com baixo teor de oxigênio, de madeira, ossos bovinos, casca de côco ou restos de cortiça. É carvão, pessoal. Ele é utilizado na medicina em casos de ingestão de substâncias tóxicas. Também é utilizado em filtros de ar, de óleo, de água, para tirar cheiro ruim da geladeira, entre outros usos.

Clareamento carvão ativado #2

O Brasil ainda tem uma cultura muito forte em relação à opinião alheia. Muita gente prefere seguir recomendações do vizinho do que do médico. Simpatias, receitas caseiras e misturas que passam de geração em geração são muito comuns. Sem tirar o mérito dos produtos naturais, existem coisas boas que funcionam e coisas ruins que podem fazer mal. Escovar os dentes com carvão é uma das que podem fazer mal. Ele apresenta um falsa sensação de clareamento arranhando o esmalte.

O carvão é duro, extremamente abrasivo, formado de pequenas pedrinhas de carbono. O carvão ativado vai estragar seu esmalte dental. O esmalte é o tecido mais duro do corpo humano, mas ele não é invencível. Em meio ácido (durante e logo após nossas refeições) ele perde substâncias, fica frágil, se desmineraliza. Imagina um esmalte se desmineralizando e você vai lá e esfrega carvão nele?

Carvão escova dicas odonto

Leia a bula do Carvão Ativado. Veja se o fabricante recomenda o uso para clareamento dental.

Assisti à alguns vídeos com milhares de visualizações feitos por “blogueiras de beleza” explicando a “técnica”. Percebam: não há critério. É tudo tirado da cabeça à esmo. Uma delas recomenda o uso de 3 a 5 dias. Baseado em quê? Por que não 2 ou 7 dias? Não há identificação da cor do dente com escala antes e depois. Não há recomendação de tipo de escova, de idade de uso, de quem pode e quem não pode usar … 

Além de tudo isso: você vai trocar sua pasta com flúor pelo carvão ativado? Vai perder o flúor que ajuda no fortalecimento dos dentes e evita doenças. O mal que isso faz não é percebido logo e nem a olho nu. Você estará destruindo seu esmalte dental, que junto com a erosão ácida ao longo do tempo vai deixar seus dentes fracos, quebradiços e susceptíveis à cárie. Aí que o barato sai caro. Não use carvão ativado para escovar os dentes. Clareamento seguro, eficaz e duradouro, só com dentista.

* Atualização 11/01/2016 – Muitos leitores tem duvidado sobre nossas recomendações em comentários, algumas vezes até agressivos e infundados. Alguns pedem estudos científicos. Pois bem. Se você mastigar pedras tem grandes chances de quebrar os dentes, certo? Precisa de estudo científico para isso ? O senso comum e o bom senso podem ser suficientes para sustentar essa afirmação.

Existem algumas pesquisas e patentes pendentes de escovas de dentes com cerdas com carvão ativado e pastas de dentes que possam incluir em sua composição as boas propriedades do carvão, sem a abrasividade que estraga os dentes. Vamos aguardar essas pesquisas que podem sim trazer benefícios. Porém, a apresentação do carvão ativado em comprimidos não é indicada para escovação. Isso tem apoio de qualquer dentista do mundo, da ADA (American Dental Association) de qualquer profissional de saúde sério. Por isso nossa recomendação de não usar. 

Para orientações seguras e corretas sobre saúde bucal, procure sempre um cirurgião dentista

Opinião do Blog Vida de Dentista

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

180 Responses to Como NÃO clarear os dentes com Carvão Ativado

  1. Priscilla Pereira says:

    Fácil falar que a melhor maneira é consultando o dentista, melhor e muuuuito mais cara.
    Nos dê 700,00 no mínimo e deixamos seus dentes lindos….
    Muito blá blá blá
    Ficaram apavorados pq estão perdendo clientes.

    • dicasodonto says:

      A postagem é apenas uma orientação sobre como não estragar seus dentes. Se todo mundo passar carvão nos dentes, melhor para os bolsos dos dentistas, porque teremos mais tratamentos para fazer com esmaltes estragados e sensibilidade. O blog Dicas Odonto tem um compromisso com a informação de qualidade com base em evidência científica e não em achismos do dia a dia. Existem tratamentos que cabem em todos os bolsos e se você escovar os dentes com pasta de dente comum com flúor, usar o fio dental todos os dias e for uma vez ao ano ao dentista, você vai perceber que é mais barato prevenir as doenças da boca. Para que inventar escovar os dentes com carvão? Gente, com carvão???? Carvão!!!!

      • Pablo says:

        Que tratamentos são para esmaltes? se você disse logo acima que o esmalte não se regenera. Então serão os dentistas que vão fazer esse milagre de se regenerar? Então fica a pergunta, Que tratamento seria esse para recuperar o esmalte perdido? ¬¬

        • dicasodonto says:

          Olá Pablo. O tratamento de restauração que dentistas fazem usando materiais sintéticos diariamente. Quando uma cárie afeta esmalte e dentina, há perda de estrutura. O corpo não consegue regenerar parte perdida do dente sozinho. Aí usamos dos artifícios da odontologia para recuperar o que foi perdido. Temos uma gama grande de materiais sintéticos para utilizar como resinas compostas, zircônia, outros tipos de metais, porcelana, entre outros. Na verdade, não é milagre. É uma ciência chamada odontologia. Então se você tem um tecido lindo e perfeito como o esmalte sadio, para que você vai estragar passando carvão nele? Boa sorte.

          • Ederjeferson Jr says:

            Ou seja, utilizar resinas sinteticas, produtos quimicos, metais, porcelana entre outros é absolutamente normal e saudavel. Ja utilizar carvao natural é um perigo…kkkk Soh rindo

            • dicasodonto says:

              Claro que é normal e saudável. Dentistas são treinados para isso. Carvão esfregado no dente destrói esmalte que não volta mais. Aí, quando o esmalte estraga, o dentita precia usar materiais sintéticos para substituir e arrumar o dente estragado. Não é muito difícil de entender!

            • ana says:

              Caraca!!! Vc foi o mais sem noção de todos aqui…

      • Marcos says:

        Você diz tanto na perda do esmalte através do carvão mineral, mas esquece que os cremes dentais, principalmente os clareadores, utilizam em sua composição micropartículas que riscam o esmalte!
        Vocês jamais dirão para seus pacientes que o FLÚOR é CANCERÍGENO, e que o uso prolongado pode APODRECER os DENTES.
        Jamais dirão que o ALOE VERA é o melhor anti-inflamatório e adstringente encontrado na natureza.
        Vocês, dentistas, vivem de mensalidade, ou seja, vocês criam o problema bucal para terem suas rendas. Porque se oferecessem a solução para o problema, morreriam de fome!
        Eu irei usar o carvão ativo sim, acompanhado de água oxigenada e JUÁ.

        • dicasodonto says:

          Óbvio que nunca vou dar esse tipo de informação para meus pacientes porque elas não são verídicas. Muito me entristece esse tipo de pensamento de que “dentistas criam problemas bucais para terem as suas rendas”. Sugiro estudar um pouco o assunto: “Etiologia das Doenças Bucais”. Os problemas bucais vêm de doenças bucais, das bactérias, dos vírus, do “mau uso”, dos traumas causados por acidentes, da falta de higiene e da falta de informação adequada. Não pratico odontologia baseada em achismos ou simpatias ditas por aí. A odontologia que ofereço aos meus pacientes é baseada em evidência científica de renome, em pesquisa, em estudos dentro dos conceitos mais modernos utilizados pela nossa ciência. A postagem acima é uma RECOMENDAÇÃO visando a proteção do esmalte e evitar doenças. Não sei porque há tanta raiva nos comentários de alguns. Se não concorda com nossa recomendação, basta não seguir. Boa sorte e #PAZ

          • joao pedro says:

            eu uso carvao ativado 3 vezes por semana há 30 anos nunca fui ao dentista e tenho os dentes brancos e a boca saudavel. fumo 20 cigarros por dia e tomo 10 cafés por dia tambem. abençoado carvao ativado.

          • matador de aluguel says:

            O dr . quanto vc cobra pra fazer o clareamento bucal de uma boca inteira?
            4 à 5 seções?
            isso da um total minimo de 400 reais
            cada 50 gramas do carvão custa 10 reais
            convém lembrar ainda que o tartaro tmb acaba com o esmalte do dente !
            então oque você me recomenda dr?
            fazer o tratamento a lazer e com essa mini furadeira e pagar 400
            ou clarear com apenas 10 reais e não dar lucro para o SR?

        • Rafaela says:

          Hauhauhauahauha, acompanhado de água oxigenada e juá foi ótimo…chorei de rir😂

    • Caroline says:

      ”FICARAM APAVORADOS PQ ESTÃO PERDENDO CLIENTES”

      É aí que você se engana …

      Graças a Deus e ao meu bom desempenho, clarear os dentes com carvão não faz parte do perfil dos meus pacientes, que são instruídos e realmente preocupados com sua saúde bucal a longo prazo.
      O fato é que como PROFISSIONAIS DA SAÚDE, cabe a nós o papel de orientar e alertar para futuros problemas decorrentes desses tipos de técnicas baseadas em absolutamente nada.
      Eu realmente leio esse tipo de opinião e rio por dentro, porque é com pacientes como vocês que nós ganhamos dinheiro, e acredite, 700 reais ( preço médio do clareamento) não é nada perto do que cobraremos para tratar a abrasão e a desmineralização dentária .

      Usem indiscriminadamente o carvão sim, e nós usaremos indiscriminamente o dinheiro de vocês daqui alguns anos :*

    • Jose da Silva says:

      Boa priscilla é isso mesmo, sem contar que esses 700 reais eles cobram por um kit que pagam 80,00. Tudo gira em torno de dinheiro e essa matéria não é diferente.

      • dicasodonto says:

        É lógico que gira em torno de dinheiro! Ou você acha que dentista trabalha de graça? Só que quando cobramos e realizamos usamos produtos testados e aprovados cientificamente e não carvão em pó. Quando os efeitos adversos do carvão aparecerem, estaremos de consultórios abertos para todos vocês! Boa sorte.

  2. fernanda says:

    Não é qualquer tipo de carvão ativado. É carvão vegetal ativado.
    Acha em farmácias vem em comprimidos e eles absorvem impurezas.
    Ninguem deve deixar de usar a pasta dental para escovar os dentes com o comprimido (MOÍDO) do carvão. Mas que clareia realmente clareia!
    Lembrando que como refrigerantes, café e outro tipo de comida e bebida que possuem corantes e deixam os dentes amarelados as pastas dentais coloridas e enxaguantes bucais possuem corantes e também mancham os dentes.

    • dicasodonto says:

      Fernanda, desculpe-me, mas carvão é carvão. Carvão não foi feito para passar no dente. O carvão de churrasco pode ser vegetal também. O carvão em pó (vegetal e ativado) risca o esmalte do dente dando uma sensação de clareamento. O que acontece é que o dente se torna mais opaco. Isso feito com frequência estraga todo o esmalte dentário, um tecido nobre que não se regenera. É impossível você não manchar seus dentes com tudo que temos disponível para nossa alimentação do dia a dia. O mais sensato seria usar pasta de dente fluoretada para escovar os dentes, que é um produto feito para a escovação dos dentes e fazer clareamento com segurança e previsibilidade, sem estragar o esmalte no dentista. Sem contar o possível dano que você pode causar às gengivas com o carvão em pó. Não recomendo. Boa sorte.

      • Hiolanda says:

        Eu estou com uma tremenda. dúvida, parece que alem de clarear os dentes ainda tira tártaro, e se for mesmo realmente isso é muito bom, apesar de tirar o esmalte dos dentes eu acredito que é só não exagerar na quantidade de uso e outra fazendo uso do carvão junto com a sua pasta de costume e bao de tem riscos não é? Obrigada

        • dicasodonto says:

          Tem riscos sim e não remove tártaro por completo. Lembrando que o esmalte danificado não se regenera. Se usar junto com a pasta de dente, vai deixá-la mais abrasiva. A pasta de dente já contém substâncias abrasivas em quantidades seguras (e algumas nem tanto) para remoção de placa e manchas externas. Boa sorte.

  3. “Além de tudo isso: você vai trocar sua pasta com flúor pelo carvão ativado? Vai perder o flúor que ajuda no fortalecimento dos dentes e evita doenças.”

    Eu poderia dizer milhões de coisas para você, mas sendo um profissional da área de saúde, acho que deveria estudar um pouco mais. Sabe o porque existe fluor na água e na pasta de dente? Se você acha que é para fortalecer os dentes, vai me desculpar, mas mentiram para você na faculdade e parece que você é o tipo de pessoa que acreditam em tudo que lhe é dito. Conhece algo chamado “artigo cientifico”? Dê uma pesquisada no google acadêmico que encontrará aos milhares.

    Desculpe o texto um pouco agressivo, mas eu fico muito puto da vida quando chega alguém recomendando veneno para os outros achando que é algo super saudável e nem sabe porque, porque alguém lhe disse e aceitou, só se foi. Aprenda a contestar tudo e todos.

    Já vi gente recomendando leite de vaca dizendo que é ótimo, fortificante, fonte de cálcio, Fico pensando aonde esse mundo vai parar, será que os médicos vivem de status e não estão nem ai mais para o estudo!?! Só para saber, o leite de VACA foi feito para VACA, e retira o calcio do organismo e tras várias doenças. Não estou e nem quero que acredite em mim, procure algo chamado “artigo científico” escrito por DOUTORES.

    Só mais uma coisa, doutor é quem tem doutorado e PONTO e não quem é médico.

    • dicasodonto says:

      Olá Tales. O flúor usado de maneira consciente é seguro. Está mais do que provado. Google Acadêmico não é o melhor lugar para se fazer pesquisa. Qualquer pesquisador ou profissional sério vai concordar comigo neste quesito. Sugiro ir à Bibliotecas de Universidades como a da USP, da UNIFESP ou da UNIP. Use sites como Pubmed para procurar artigos científicos. O flúor adicionado na água de abastecimento foi considerado como uma das 10 maiores conquistas da saúde pública do século XX. Claro que conheço artigos científicos. Pratico odontologia baseado neles. Tem várias postagens sobre flúor aqui no blog Dicas Odonto, todas baseadas em artigos científicos. Se não quiser acreditar, paciência e boa sorte com seus dentes. Um abraço.

    • lau says:

      E quem é você para dizer que o flúor é um veneno??? Por a caso você é um “DOUTOR” no assunto? Me desculpe, mas nós não estudamos cinco anos para falar bobagens!

    • Gustavo says:

      Tales, procure no Google por ¨Jaime Cury¨ e depois apague as baboseiras que tu escreveu pra não ficar mais feio.

  4. iluana ana custodio says:

    VOCÊ FALA QUE NÃO TEM NENHUMA COMPROVAÇÃO QUE O PRODUTO FUNCIONE JA ESTUDARAM SOBRE ISSO?

    • dicasodonto says:

      Existe comprovação de que ele desgasta seu esmalte dentário. E o esmalte não se regenera. Ele clareia da maneira errada, lixando, diminuindo a espessura do esmalte. Recomendamos não usar algo que vi fazer mal para você. Boa sorte.

  5. Pingback: 10 Erros que você está cometendo com seus dentes - DicasOdontoDicasOdonto

  6. Karine Rodrigues says:

    Bepantol também não tinha na bula que amenizava olheiras e manchas de espinhas, mas eu testei e aprovei! Uso sempre e pra sempre! Nem sempre o que o fabricante diz é lei!

    • dicasodonto says:

      Claro. O fato aqui é que carvão raspado nos dentes estraga o esmalte. Se em poder desta informação você quiser continuar esfregando carvão nos dentes, saiba que isso vai trazer sérios problemas no futuro, no longo prazo. Boa sorte.

  7. CLAUDIA CHAVES says:

    Boa tarde!

    eu acho todas as dicas Validas, as dos profissionais e de quem faz uso de produtos alternativos.
    acredito que simmmm o carvão vai riscar o dente. e acredito simmm que ele dá uma clareada. oi???

    eu escovo meus dentes regularmente, mas fumo e bebo chá mate e café o dia todo. resultado pratico, dentes lindamente encardidos … amarelo é muito sutil.
    sempre tive carvão VEGETAL em pó em casa, pois tem mais de 10 gatos e 1 cachorro. esse produto ja me ajudou bastante com eles, mas nunca tinha uso pra escovar os dentes… até ontem.
    realmente a faxina foi feita, mas ao usar ficou claro q é pra fazer uma vez na vida e outra na morte… não são pra todas pessoas, pois eu tenho um dente com retração gengival por aperta muito a escova nesse local ( imagina o estrago q eu posso fazer no dente, força x desgaste). e senti a dorzinha da sensibilidade… não fiz com tivesse escovando mesmo meus dentes, dei um talentinho e escovei normalmente com a escova 0,5cm de pasta de dente e enxaguante bucal … olhaaaaa ficou lisinho…e bem mais claro.
    mas de verdade, se o povo deixar de usar a pasta pra usar carvão vão dançar.. alem de ter a lingua preta e bafo amnhacido por todo o dia .. kkkkk

    resultado final eu curti para fazer ” asveis”.

  8. Brena says:

    Muito bom! Gostei bastante. Estava tentando entender o porque de clarear os dentes. E realmente, abrasivos tiram sim as manchas que podem escurecer os dentes, porém pra poder tirar as manchas, há necessidade de destruir o esmalte. Infelizmente existem pessoas que não aceitam, que não passaram 5 anos em uma faculdade pra poder entender o processo…dizem que de medico e louco, cada um tem um pouco. Enfim. Muito boa explicação. Simples e objetiva.

  9. O cara says:

    Mto mimimi….legal deu a orientaçao blz….acho q quem clarear com carvao clareia quem quer clarear com dentista clareia…nao percam seu tempo com briguinha de influencias….nem vom prepotencias alheias, simplesmente vao fazer oq quiser da vida de voces e vao ser feliz com carvao ou nao…..vao transar que voces ganham mais doq ficar brigando em comentarios

  10. Miguel says:

    Boa Noite a Todos !

    O FLuor foi Proibido em Vários países da Europa, dentista que fala a VERDADE, perde Credibilidade tido como Subversivo !

    Flúor é Veneno e o Brasil ainda Aceita esse Veneno em nossa Água e Pastas

    Carvão Ativado Vegetal de COCO é o Melhor DETOX do Mundo

    • dicasodonto says:

      Carvão ativado é usado sim em filtros modernos para purificar a água. Porém, não é saudável esfregar carvão no dente. O flúor é o nosso maior aliado contra as cáries. Acredite se quiser. Boa sorte.

  11. Adriana Santos says:

    Os dentistas deveriam cobrar mas baratos nos tratamentos de clareamento; ja que estão tão preocupados em ajudar e prevenir a população que o carvão ativado faz mau pra saúde bucal.Eu ja fui ajudante de consultório odontológico, e sei que realmente poucas pessoas tem acesso aos tratamentos caríssimos e a rede pública não oferecem bons tratamentos odontológicos para o povo .E sei tambem que é através do valor cobrado por cada tratamento que vocês precisam para manter e comprar produtos.E para o carvão não arranhar os dentes pessoal é só reduzi-lo a pó. Eu uso assim :Trituro ao extremo, fica fino igual a uma textura de maizena.E não deixar de frequentar os dentistas para fazer avaliações sobre as condições dos dentes, fazer aplicações de flúor de seis em seis meses.

  12. Nair says:

    Oi pessoal usem simmmmm. Carvão ativado clareia sim, e muito

  13. Rafael says:

    “Flúor é nossa maior proteção contra caries”, é triste ler isso, lamentável na verdade. Flúor é basicamente uma questão COMERCIAL. Flúor é um halogênio que desloca o iodo, este sim essencial para saúde, não sou eu quem digo, quem sou eu, ou você para dizer? Quem diz são alguns prêmios nobel em química e medicina. Dizer que flúor tem algum benefício é no minimo um desserviço para quem está tentando se instruir. Sei que não te convencerei do contrario, o que peço é para aqueles que ainda não possuem opinião formada a respeito que busquem os dois lados da moeda, leiam correntes contra e a favor e tirem suas próprias conclusões. Flúor gera mazelas neurológicas graves, mesmo em baixas quantidades. Flúor foi banido na Europa de modo geral, no japão e nem por isso os dentes deste pessoal está caindo, cerca de 97% dos países do globo NÃO fluoretam mais a água com flúor. Flúor é extremamente tóxico, e a medida que é depositado no organismo, gera a supressão da saúde, como por exemplo o hipotiroidismo sistêmico que é presenciado nos dias de hoje.

    • dicasodonto says:

      Balela. Quem sou eu? Sou um cirurgião dentista que estudou e continua estudando o flúor. Os dentistas usam ele diariamente. Se seu uso for consciente ele é seguro e uma das mais valiosas ferramentas da saúde pública dos últimos 50 anos. Por favor, pesquise em fontes sérias e não em sites de teoria da conspiração da Internet. Boa sorte.

  14. Rafael says:

    Honestamente espero que um dia você consiga realmente ver o quão grave é esta questão e consiga reparar o mau que esta fazendo de forma,acredito eu, inconsciente ao mostrar o quão “benéfico” é o flúor no combate às caries. Dentre alguns problemas médicos estão, aumento de risco de osteoporose, redução da fertilidade masculina, fluorose óssea, risco aumentado de câncer, doenças auto-imunes, Hipotiroidismo, disfunções cerebrais, fator de risco de morbidade e mortalidade na população envolvida.
    Os 14 premios nobel que são contrarios ao flúor. http://www.nofluoride.com/presentations/nobel%20prize%20winners.pdf
    Estamos em 2015, nunca é tarde para deixar de lado o que é obsoleto. Você é formador de opinião, tenha cuidado ao publicar certas coisas. Vi você dizer que google academico não é boa fonte, o que seria mais cientifico do que artigos científicos? Mais cientifico que um premio nobel, ou do que 14? “O flúor adicionado na água de abastecimento foi considerado como uma das 10 maiores conquistas da saúde pública do século XX” tenho certeza que o premio nobel Dr. Arvid Carlsson discorda profundamente, porque assim ele disse e prova cientificamente o porque.

      • Felix says:

        Kakaka Sim clareia, sim é abrasivo, sim pode fazer mal, tanto mal qto os consultórioa fazem… a diferença é q acompanham pra ter ctz q esta tudo indo bem.
        E sim fluor tem seus beneficios e maleficios! Mas nosso doutor não vai avisar dessa parte não é mesmo? É tudo seguro e aprovado pelos órgãos competentes. Afinal ele fez uma faculdade e sabe muito bem o q esta fazendo… Dentistas aprendem a repetir o q foi dito, repetir os procedimentos já testados e aprovados. Não criam novos e nem analizam novos métodos. Não dá pra reclamar do nosso doutorzinho. Ele está certp dentro do q ele aprendeu a fazer: reproduzir o q outras pessoas falaram e fizeram. Ele está correto dentro do q lhe foi ensinado 🙂

        • Dicas Odonto says:

          Olá Félix, você está muito equivocado. Aqui mesmo no Blog existem vários artigos que falam do flúor e sobre seus malefícios. Na verdade a gente aprende a consultar o que a ciência nos diz através das evidências científicas. Enquanto estou aqui perdendo meu tempo ao dar esta resposta para você, existem milhares de dentistas realizando novas pesquisas científicas. Todas elas publicadas em Journals e revistas mensalmente sobre os mais variados assuntos para que seja possível darmos o nosso melhor na hora de tratar nossos pacientes. Cuidado, que um dia você pode precisar passar por um “doutorzinho” e aí eu tenho certeza que você vai entrar com o rabo entre as pernas caladinho e fazer tudo o que o médico ou dentista pedir para você fazer para aliviar seu sofrimento. Boa sorte.

  15. Ricardo Alba says:

    Dicasodonto,

    e o método de clareamento com óleo de Côco?

    Já leu algo científico sobre isso?

    obrigado

  16. Mauro says:

    Vc diz que a abrasão destrói o esmalte e causa a sensibilidade. E se usar o regenerate, que promete restauração de total ou quase que total em poucos dias?

    • dicasodonto says:

      A pasta Regenerate consegue formar uma substância que protege o esmalte se você usar a pasta diariamente, para o resto da vida, em conjunto com o Boosting Serum que eles vendem separadamente. Ela vai ajudar na abrasão do dia a dia causada pelos alimentos ácidos que ingerimos. Não sei dizer se ela consegue suprimir o dano de esfregar carvão nos dentes. Eu não me arriscaria. Boa sorte.

  17. Matheus says:

    Qualquer clareamento mais incisivo danifica os dentes, mil vezes escovar com cautela com CARVÃO do que Laser por exemplo. Todos causam sensibilidade e são extremamente agressivos

    • dicasodonto says:

      Isso não é verdade. Porém, cada um tem direito a uma opinião. Clareamento dental seguro com dentista pode sim causar sensibilidade em alguns casos. Por isso é feito com acompanhamento de um dentista. Já o carvão vai causar estrago ao esmalte. Depois vai ficar difícil de recuperar e mesmo assim você vai precisar de um dentista. Boa sorte.

  18. Paula says:

    Defendendo o Flúor! FLùOR! Meu Deus pesquisem artigos científicos sobre os malefícios do flùor! Pesquisem água fluoretada! Pesquisem o porque resolveram colocar flùor em tudo e ganhar rios de dinheiro com isso! Vergonha alheia! Bando de comprados pela grande indústria! Quando criança na escola estadual obrigavam as criancas a fazer gargarejo com flùor, eu passava muito mal!

  19. Sulista says:

    Acham caro o tratamento com dentistas?
    Vocês estão reclamando no lugar errado. Reclamem com o governo sobre os impostos super altos e milhões de novas leis sendo criadas todos os dias.

  20. marcelo tadeu de souza says:

    Prezados boa tarde!
    Sou muito preocupado com a saúde e estética bocal, por questões talvez de vaidade e principalmente por questões de saúde, pois tenho refluxo e o suco gastrico detona com os dentes.
    Temos a sensação que tudo que jogam na internet são soluções mágicas, mentira temos que ter a consciência e a cultura de entender que cada processo tem uma base cientíca (estudo).
    Onde temos o carvão ativado como solução para clareamento dos dentes, o que se tem é uma falsa ilusão de ótica ao deixar a sua boca ( negra ) pela coloração do material e depois a ilusão da tonalidade branca ao lavar os dentes.
    não funciona, não é recomendado e detona com o esmalte dos dentes, talvez mais abrasivo que o bicarbonato de sódio.

  21. Marcos says:

    E para tratamento de tartaro, funciona? O que recomendaria alem de raspagem que é feita pelo dentista e que incomoda muitoooo?

    • dicasodonto says:

      Não. Não se recomenda passar carvão nos dentes em nenhuma circunstância. Confesso que alguns procedimentos odontológicos são chatos, porém necessários. Tomar vacina não é muito bom, né? Porém, é necessário. Boa sorte.

      • Leonardo says:

        A Vacina é necessário para causar estragos ao organismo, isso sim! Tenho 34 anos, nunca tomei vacina na vida e tenho uma saúde de ferro. Não fico sequer gripado em qualquer época no ano. Brinquei descalço nas ruas, na mata, pulei valas e isso permitiu meu organismo desenvolver as defesas naturais do meu corpo. Meu camarada, você tem boas intenções com o seu blog mas você está um pouco equivocado com suas convicções. Sua visão de mundo parece ser baseada nas respostas que o mundo te oferece e não nas suas experiências. Porém o conhecimento sem a experiência é cego. E só pra salientar, você disse muita besteira relacionado ao Flúor. Pense, se o uso do fluor na água fosse tão bom quanto você diz ele não seria proibido de ser colocado na água de 98% países Europeus. Só com isso já seria o suficiente pra você duvidar não acha? Ta faltando um pouco de ceticismo em você amigo. Abs!

  22. L says:

    Se faltava um estudo do carvão ativado e de suas propriedades, aqui esta um. Leiam com bastante atenção. Sim ele é muito bom e util para muitas coisas. Mas como ficará claro não há propriedades para CLAREAR dentes ou qualquer coisa.

    CONCEITOS E APLICAÇÕES DO CARVÃO ATIVADO

    O Carvão Ativado é uma forma de carbono tratado para aumentar significativamente suas propriedades de adsorção, eliminando odores, mau gosto e substâncias orgânicas dissolvidas

    por João Carlos Mucciacito

    Carvão Ativado é um material poroso e de origem natural, importante devido às suas propriedades adsortivas. Sua característica física mais significativa é a enorme área superficial interna, desenvolvida durante o processo de produção. Este produto carbonáceo possui uma estrutura porosa que proporciona uma área superficial interna de, comumente, 600 a 1.200 m²/g. A área é produzida por oxidação e o material carbonáceo desenvolve uma rede porosa que irá reter a substância a ser adsorvida. Os Carbonos Ativados são fornecidos principalmente em duas formas físicas: os pulverizados e os granulados. Os pulverizados possuem tamanho predominantemente menor que a malha 80 mesh (ASTM = 0,18 mm de abertura), e os granulados predominantemente maiores que a mesma malha.
    Muitas separações são obtidas pela habilidade de moléculas, contidas no fluido, aderirem sobre a superfície de um sólido – fenômeno conhecido como adsorção. As aplicações industriais do Carvão Ativado fundamentam-se nesta propriedade, para fase líquida ou gasosa.
    Na adsorção ocorre uma acumulação de moléculas (soluto) sobre a superfície do adsorvente. Quando o Carvão Ativado é colocado em contato com o soluto, há um decréscimo de sua concentração na fase líquida e um aumento correspondente sobre a superfície do Carvão Ativado, até se obter uma condição de equilíbrio. Apesar da superfície e adsorção estarem interligadas, a superfície sozinha não é medida suficiente da capacidade adsorvente de um determinado Carvão. Para cada adsorção específica, a distribuição e volume de poros são também importantes para controlar o acesso das moléculas do adsorbato para a superfície interna do Carvão Ativado. Quando acontece o compartilhamento ou troca de elétrons entre o adsorbarto e o adsorvente, a adsorção é denominada química.
    Na adsorção em fase líquida, as moléculas aderem-se fisicamente sobre o adsorvente através destas forças relativamente fracas, que são as mesmas responsáveis pela liquefação e condensação de vapores, no caso de adsorção em fase gasosa. No caso de adsorção física, a natureza do adsorvente não é alterada.
    Quase sempre a adsorção em Carvão Ativado é o resultado de forças atrativas chamadas “Van der Walls”. Neste caso é chamado de adsorção física, como demonstrado no esquema na figura 1.
    A reversibilidade da adsorção física depende das forças atrativas entre o adsorbato e o adsorvente. Se estas forem fracas, a adsorção ocorre com certa facilidade.
    No caso de adsorção química, as ligações são mais fortes e energia seria necessária para reverter o processo. Além da característica do adsorvente e adsorbato, a natureza da fase líquida, como pH e viscosidade, a temperatura e o tempo de contato podem afetar a adsorção de modo significativo.

    Usos de Carvão Ativado
    Os Carvões Ativados são usados em processos em que se deseja remover determinadas substâncias de um fluido, através do fenômeno da adsorção. Eles atendem ampla e variada gama de aplicações, difíceis de enu-merá-las, são elas:
    1. Alimentício: Na indústria de alimentos é usado, por exemplo, na purificação de óleos, clarificação de glicose, açúcar e gelatinas. É amplamente aplicado na redução de cor, via a adsorção de elementos corantes presentes no produto tratado, ou de compostos orgâ-nicos dissolvidos e indesejáveis.
    2. Bebidas: Quando se deseja purificar vodka, usa-se o Carvão Ativado para remover os ingredientes que comprometeriam a pureza da bebida. Do mesmo modo na clarificação de vinhos e sucos, transformando-os em produtos mais límpidos, padronizando a tonalidade da cor desejada.
    3. Farmacêutico: A indústria farmacêutica não dispensa o seu uso no processo de fabricação de medicamentos, como antibióticos e anestésicos. Seus insumos são purificados por processos de descoramento, descontaminação e separação, através da capacidade adsortiva do Carvão Ativado.
    4. Químico: Os segmentos mais variados da indústria química se beneficiam das propriedades do Carvão Ativado. Em reações químicas diversas, adsorvem sub-produtos que comprometeriam a qualidade do processo, por exemplo: purificam plastificantes, ácidos, álcoois e glicerinas.
    5. Tratamento de ar: O Carvão Ativado adsorve contaminantes nocivos do ar, removendo produtos indesejáveis através de aparatos operacionais, como máscaras de proteção ou filtros industriais. Ar comprimido para finalidades diversas também são purificados desta maneira.
    6. Tratamento de água: Uma ampla utilização do Carvão Ativado é a purificação de água, seja para fins potáveis ou para fins industriais. O Carvão Ativado elimina cor, odor, mau gosto, remove substâncias orgânicas dissolvidas através do mecanismo de adsorção. Águas de fontes naturais podem apresentar casos em que ácidos húmicos estão presentes em concentrações tão altas que afetam o gosto. Águas de rios, mesmo após filtração, podem conter inúmeros compostos orgânicos dos quais, normalmente, apenas uma pequena fração pode ser identificada. Outras vezes, podem estar contaminadas por resíduos de pesticidas, herbicidas ou inseticidas, usados na agricultura. Estes poluentes, além de afetarem o odor e sabor, podem apresentar efeitos tóxicos sobre os seres humanos.
    Em sistemas de tratamento de águas municipais é comum a utilização do Carvão Ativado pulverizado, em dosagens variadas, onde adsorve compostos indesejá-veis e é removido, posteriormente, nos decantadores. Desta forma, a população fica livre da ação destes compostos prejudiciais à saúde.
    Agentes químicos como cloro e hipoclorito, são empregados para desinfetar ou oxidar materiais orgânicos da água. Com esta finalidade, superdosagens são de uso comum na indústria, principalmente na de refrigeran-tes. Nestes casos, o excesso do oxidante permanece na água e deve ser removido. A solução simples e econômica amplamente utilizada para estas situações é a decomposição catalítica do agente oxidante sobre a superfície do Carvão Ativado. O Carvão reduz o cloro livre ao cloreto, como se segue:

    C* representa o Carvão Ativado e CO* representa a forma oxidada da superfície. Para a decloração são utilizados os Carvões Ativados Granulados em leitos fixos, sendo que os Carvões de menores tamanhos de partículas são os mais eficientes.
    Também se faz uso do Carvão Ativado nos sistemas de geração de vapor, anteriormente às colunas de desmineralização, removendo cloro livre e materiais orgânicos da água, bem como nas linhas de retorno de condensado.
    7. Adsorção de gases: A purificação de gases pode ser feita com Carvão Ativado. Quando se usa a adsorção física, os gases podem ser adsorvidos através da condensação capilar. Pode-se fazer a recuperação de solventes na indústria de tintas, adesivos, têxtil, de impressão, ou se fazendo a purificação do gás, como por exemplo, gás carbônico.
    8. Catálise: Como suporte catalítico na produção de fosgênio, acetato de vinila e ácido monocloroacético, o Carvão Ativado se faz presente. Em refinarias, como suporte no processo de tratamento de gasolina, ou na dessulfurização do gás natural. Em muitos casos, suporta o metal que atuará como catalisador de reação.
    9. Tratamento de efluentes: O Carvão Ativado é apli-cado em efluentes líquidos industriais, dos quais se
    quer extrair contaminantes deletéricos ou inconve-nientes. Pode ser usado em fase final de processo biológico em colunas de leito fixo, na fase de polimento, removendo cor ou componentes específicos, como por exemplo, o mercúrio. Também em sistemas tipo lodos ativados, fazendo a remoção de cor e/ou enriquecendo o lodo no número de bactérias por centímetro cúbico. Como suporte para microrganismos em sistemas de filtros biológicos ou processos anaeróbicos.
    10. Outros: Há casos onde o consumidor pode verificar mais diretamente os benefícios do Carvão Ativado, tais como em máscaras de proteção individuais, filtros de água residenciais, adsorção de odores desagradáveis de geladeiras, ou nos casos de uso medicinal, quando ocorrem intoxicações. Pode-se ainda citar diversas outras aplicações, como: Aparelhos de diálise, filtros para cigarros, sistemas para geladeira solar, galvanoplastia, adsorção de gasolina em automóveis (“canisters”), geração de CO, filtros para aquário, purificação de dextrose, recuperação de ouro pelo processo de cianetação.
    Inúmeras são as possibilidades de aplicações do Carvão Ativado, onde para se definir a forma mais adequada, deve-se levar em consideração as condições específicas do uso.

    Seleção de Carvão Ativado
    Existem fatores que devem ser levados em consideração na seleção do tipo mais indicado para o uso do Carvão Ativado. Inicialmente se deve definir quanto à forma física do Carvão, ou seja, se será o pulverizado ou o granulado.
    Em fase gasosa usa-se o granulado, pois se permitem fluxos com quedas de pressão a níveis aceitáveis. Normalmente são preferidos os Carvões Ativados que possuem tamanhos granulométricos maiores, justamente por permitirem menores perdas de carga para o sistema de fase gasosa. Os de menor granulométricos são preferidos para a fase líquida
    por favorecerem a uniformidade do fluxo, ganhan-do-se em eficiência. Os granulados são empregados onde existe a necessidade de produção contínua, em larga escala. A regeneração, quando possível, é um fator de economia, que favorece o uso do granulado, tanto para fase líquida como para fase gasosa.
    Os Carvões Ativados pulverizados, devido à sua versatilidade, podem ser usados na maioria das aplicações em fase líquida, e os equipamentos usados são simples.

    Carvão Ativado Pulverizado (CAP)
    O Carvão Ativado Pulverizado é utilizado nor-malmente para aplicações em fase líquida, em pro-cesso do tipo contínuo ou descontínuo (bateladas).
    São mais indicados para casos em que dosagens variadas são requeridas, há variações no processo, existem dificuldades operacionais para a utilização em colunas, ou a regeneração não é indicada. Quando se trabalha em tanques, a dosagem pode ser feita diretamente neste ou através de mistura prévia com líquido e adição por bombeamento, conforme conveniência. Estes sistemas são providos de agitação para manter o pó em suspensão com o líquido a tratar, de modo a ocorrer contato eficiente e o maior aproveitamento possível do Carvão Ativado. Após a adsorção, o pó é separado do líquido por centrifugação, filtração, decantação, ou a combinação destes. O processo de filtração é largamente utilizado por ser econômico e requerer baixo tempo para a separação. O Carvão Ativado pulverizado também pode ser utilizado diretamente no filtro, formando uma pré-capa de clarificação. O líquido a ser purificado é bombeado através desta camada filtrante, onde ocorre a adsorção. As condições de uso para o processo a que se destina, são determinadas através de testes práticos. São obtidos importantes parâmetros, como dosagem do Carvão Ativado, tempo de contato necessário e temperatura adequada. Para se obter melhor aproveitamento do Carvão Ativado, deve-se evitar a presença de substâncias coloidais, pois podem obstruir os poros ou os canais de passagem, reduzindo a eficiência de adsorção.

    Carvão Ativado Granulado (CAG)
    Os Carvões Ativados Granulados são indicados para aplicações em fase líquida ou gasosa. Produzidas a partir de matérias-primas duras e processo controlado, resultam em um produto de rígida estrutura. Isto proporciona alta dureza, permitindo regenerações sucessivas, tornando econômicos muitos processos que operam em leitos. Quando os Carvões Ativados Granu lados são utilizados em colunas, estas podem ser verti-cais ou horizontais, com operação em série ou paralelo, com fluxo ascendente ou descendente. O leito pode ser fixo ou pulsante (móvel). As combinações de uso serão definidas conforme cada processo. Para aplicações em fase gasosa, é comum utilizar colunas horizontais, pois geralmente grande quantidade de gás passa pelo leito, necessitando baixa perda de carga. Também se utilizam colunas verticais de fluxo ascendente. Em fase líquida é usual utilizar fluxo descendente em colunas verticais, ou com fluxo ascendente quando o líquido apresenta sólidos em suspensão. Quando se quer obter elevado tempo de residência, pode-se colocar mais de uma coluna em série, fazendo-se uso do sistema de troca tipo cascata. Neste modo se prevê a condição de se ter sempre uma coluna em substituição de carga. A última coluna pela qual o fluido passa, sempre conterá o Carvão Ativado mais novo, permitindo-se assim, maior garantia para a purificação. Quando a vazão é muito elevada, pode exigir colunas de tamanhos construtivos e operacionais inadequados. É possível então dividir o fluxo em duas ou mais colunas, fazendo a operação em paralelo. Para sistemas de vazões menores, duas colunas bem dimensionadas atendem perfeitamente às necessidades. Enquanto uma coluna está adsorvendo, a outra está sendo recuperada, de modo a não preju-dicar a continuidade do processo.
    A remoção de materiais em suspensão via filtração pode ocorrer simultaneamente com a adsorção de materiais dissolvidos. Contudo, deve-se ter bem definida a principal finalidade do uso do Carvão Ativado. Nos casos em que a presença de materiais em suspensão é significativa, a adsorção de materiais dissolvidos ficará prejudicada, pois os poros poderão ficar obstruídos, podendo ocorrer a saturação prematura do Carvão Ativado.
    Para se obter máxima eficiência do uso do Carvão Ativado, recomenda-se ao usuário observar as condições de projeto do filtro.
    Deve-se garantir que a coluna não opere com tempo de contato insuficiente, pois a adsorção não ficará completa. Além do mais, a vazão acima do valor especificado pelo projeto, pode acarretar em revolvimento inadequado do leito, favorecendo a formação de caminhos preferenciais. Quando isto ocorre, parte do fluido passa pela coluna de modo não uniforme, sem tempo para adsorção, prejudicando o bom desempenho do sistema.

    Produção de Carvão Ativado
    Matéria-Prima: De uma forma geral, qualquer matéria-prima carbonácea poderia ser utilizada para a fabricação de Carvão Ativado, contudo, nem todas são econo-micamente viáveis. As mais uti-lizadas no Brasil são as de origem vegetal, como madeiras de pinus, acácia e as cascas de coco. Ossos de animais também são utilizados para a produção de um tipo es-pecífico de Carvão Ativado. Pode-se utilizar o carvão mineral como a hulha e o antracito, embora não seja prática usual no Brasil.
    Processo: Os processos de ativaçãode Carvões Ativados são comumente definidos em químicos e físicos. Nos processos físicos de ativação, o material carbonáceo é submetido a um estágio denomina-do Carbonização. Neste estágio, a umidade e materiais voláteis são removidos através da elevação da temperatura sob condições atmosféricas controladas. Na etapa seguinte, de Ativação, são injetados no material os agentes ativantes, normalmente ar, vapor ou gás carbônico, à temperatura de 800 a 1.000 °C. Nesta fase ocorrem reações e uma mistura de gases, composta principalmente de mo-nóxido de carbono, e o hidrogênio é liberado. Os gases são produzi-dos como consequência da reação do agente ativante com o material carbonáceo, sendo que o consumo do carvão resultante produz a estrutura porosa.
    Após a Ativação, o Carvão Ativado é submetido a etapas subseqüentes, como resfriamento, peneiramento, lavagem, secagem, moagem, polimento, separação granulométrica até a embalagem. No processo químico de ativação, o material a ser ativado é colocado em contato com um agente ativante químico, como ácido fosfórico ou cloreto de zinco. A mistura é submetida ao aquecimento sob condições controladas para ocorrer a ativação. O agente ativante deve ser removido posteriormente pela lavagem do material.

    Parâmetros para avaliações dos carvões ativados
    Os Carvões Ativados são avaliados por suas propriedades físicas e através de testes empíricos da sua capacidade de adsorção. Esses são os parâmetros mais comuns:
    • Teor de Cinzas: as cinzas são dependentes do tipo de matéria-prima e do processo de fabricação. Compreende o resíduo após a ignição da substância, sob condições específicas.
    • Umidade ou Perda por Secagem: é determinada com o propósito de
    produção e embarque. É o resultado da redução do peso quando a substância é aquecida, sob condições específicas.
    • pH: depende da matéria-prima e processo de fabrica-ção. É obtido pela análise do extrato aquoso.
    • Granulométrica: é uma forma de expressar o tamanho dos grãos do Carvão Ativado. Deve possuir tama-nho de partícula que permita o melhor desempenho de adsorção e, ao mesmo tempo, boas condições de filtração. Nos Carvões Pulverizados normalmente é expresso como percentual em peso passante, por uma malha pré-determinada (como malha 325 ou 400 ASTM). Nos Carvões Granulados, define-se normalmente o tamanho nominal quando se demonstra as duas malhas limitantes da distribuição granulométrica, ou se de-monstra diretamente a distribuição percentual em peso retida, ou passante em cada malha daquela distribuição.
    • Número de Dureza: é um termo referente à resistên-cia mecânica à decomposição das partículas medidas
    por testes específicos. É uma forma de avaliar a resistência do Carvão quando submetido ao desgaste de bolas de aço por atrito, sob agitação em um aparelho vibratório denominado Ro-Tap. Permite comparar lotes de Carvões Ativados entre si, e admite-se que o maior valor de dureza expressa um material mais resistente sob aquelas condições à que foram submetidas.
    • Peso Específico (Densidade) Aparente: é a relação de massa por unidade de volume do Carvão Ativado,
    incluindo o seu volume de poros e espaços interpartículas.
    • Número de Iodo: é definido como as miligramas de Iodo de uma solução aquosa, adsorvidas por 1 grama de Carvão Ativado, sob condições específicas determinadas pelo método. Fornece um índice de porosidade relativo a pequenos poros.
    • Eficiência Relativa ao Melaço: é a avaliação da capacidade adsortiva de um adsorvente, baseada na comparação dos desempenhos com o adsorvente de referência num teste definido. É um índice de descoloração medido em relação a uma solução de melaço e se expressa em percentual de descoramento relativo a um Carbono padrão. Refere-se à habilidade do Carvão adsorver moléculas de maior tamanho.
    • Índice (ou Número) de Fenol: conceitua-se como a quantidade em gramas de Carvão Ativado necessária para reduzir a concentração de fenol, em solução de 200 para 20 ppm. É um parâmetro utilizado para avaliar a remoção de gosto e cheiro de águas. Quanto menor o Índice de Fenol, menor será a necessidade de Carvão Ativado.
    • Número de Azul de Metileno: indica a capacidade de adsorção do Carvão Ativado em relação às moléculas de tamanho semelhante às de azul de metileno.
    • Área Superficial: é a área superficial total do Carvão Ativado, calculada pela equação B.E.T. (Brunauer, Emmett, Teller), pelos dados de adsorção e dessorção de nitrogênio, sob condições específicas. É expressa, comumente, em m²/g C.A..
    • Volume de Poros: é o volume de poros na unidade de peso do adsorvente. Pode ser obtido através da adsorção de mercúrio nos poros sob alta pressão. É expresso, comumente, em cm³/g C.A..
    • Capacidade de Adsorção: é a quantidade de um determinado componente adsorvido de um fluido. Pode
    ser medida através de testes com o fluido a puri ficar, obtendo-se curvas de adsorção para aquelas condições específicas.

    TERMOS TÉCNICOS RELATIVOS À CARVÃO ATIVADO
    Citamos a seguir, alguns termos técnicos utilizados em assuntos relacionados com Carvão Ativado e seus significativos, segundo a A.S.T.M..
    • Adsorção : um processo em que moléculas fluidas são concentradas na superfície por forças químicas ou físicas ou por ambas.
    • Adsorção em contra-corrente : um processo de adsorção no qual o fluxo do fluído está em direção opsta ao movimento do adsorvente.
    • Adsorção preferencial : adsorção na qual um certo componente ou componentes são adsorvidos em maior quantidade do que outros.
    • Adsorção física : ou adsorção de van der Walls, é a ligação de um adsorbato com a superfície sólida, pelas forças cujos níveis de energia são próximos daquelas de condensação.
    • Adsorção química : é a ligação de um adsorbato com a superfície do sólido, pelas forças cujos níveis de energia se aproximan aos da própria ligação química.
    • Absorção : processo no qual moléculas fluídas são levadas pelo líquido ou sólido, e distribuídas através do corpo líquido ou sólido.
    • Adsorbato : alguma substância que pode ou é adsorvida.
    • Adsorvente : substância com habilidade de concentrar quantidades significativas de outras substâncias na superfície.
    • Atividade : termo genérico usado para descrever a capacidade de adsorver em geral. É também capacidade adsortiva de um adsorvente medido por um teste padrão.
    • Carvão Ativado : uma família de substâncias carbonáceas manufaturadas por processo que nela desenvolve propriedades adsortivas.
    • Coadsorção : adsorção de dois ou mais componentes sobre um adsorvente, cada um afetando a adsortibilidade do outro.
    • Calor de adsorção : o calor desenvolvido durante a adsorção
    • Camada monomolecular : um filme adsorvido, uma molécula densa.
    • Canada multimolecular : um filme adsorvido, mais de uma molécula densa.
    • Canal : maior fluxo do fluído através da passagem pelo local de baixa resistência , que pode ocorrer em leitos fixos ou em colunas de partículas , devido à acomodações desuniformes, tamanhos e formas de partículas irregulares, etc.
    • Desorção : a separação do adsorbato do adsorvente.
    • Divisão de carga : um processo de adsorção em fase líquida, no qual um adsorvente pó é adicionado à solução para ser tratada em duas ou mais etapas, com ou sem separação intermediária do adsorvente.
    • Equilíbrio da capacidade adsortiva : a quantidade de um dado componente adsorvido por unidade de adsorvente de um fluído ou mistura de fluídos, em equilíbrio de temperatura, concentração ou pressão.
    • Filtrabilidade : a razão pela qual as partículas podem ser separadas de uma pasta, por um meio permeável, sob condições específicas.
    • Finos : partículas menores do que a menor especificação nominal de tamanho de partícula.
    • Isóbara: um diagrama da quantidade adsorvida por unidade de adsorvente, contra o equilíbrio da temperatura, quando a pressão é mantida constante.
    • Isoterma : um diagrama da quantidade adsorvida por unidade de adsorvente, contra o equilíbrio da concentração ou pressão, quando a temperatura é mantida constante.
    • Isoterma de Adsorção de Freundlich : um diagrama logarítimico do componente adsorvido por unidade de adsorvente, versus concentração daquele componente em equilíbrio , a uma temperatura constante, o qual se aproxima da linha reta postulada pela equação de adsorção de Freundlich : x/m = k.c n onde:
    x = quantidade adsorvida
    m = quantidade do adsorvente
    c = concentração
    k, n = constantes de Freundlich
    • Leito Expandido : um leito de partículas granulares, através do qual um fluído com fluxo ascendente, com uma velocidade suficiênte para elevar levemente o leito e separar as partículas, sem mudar suas porções.
    • Leito Fixo : um leito de partículas granulares, no qual o fluxo flui sem produzir movimento substancial.
    • Leito Fluidizado : um leito de partículas granulares, no qual o fluído ascende a uma razão suficiente para suspender as partículas completa e fortuitamente na fase fluída.
    • Leito Móvel Contínuo : um processo de adsorção caracterizado pelo fluxo do fluído, através do leito móvel contínuo do adsorvente granular, com retirada contínua do adsorbato e adição contínua do adsorvente, reprocessado ou virgem.
    • Leito Móvel Intermitente : um processo de adsorção caracterizado pelo fluído de fluxo ascendente, através do leito fixo do adsorvente granular, com retiradas periódicas do adsorvente gasto no fundo do leito e adição do adsorvente reprocessado ou virgem no topo do leito.
    • Macroporo : no Carvão Ativado é um poro tendo diâmetro maior que 5.000 Angstrons.
    • Microporo : no Carvão Ativado é um poro tendo diâmetro menor que 40 Angstrons.
    • Pó : um termo impreciso, referindo-se à partículas capazes de suspensão temporária no ar ou nos outros gases; também partículas menores que um tamanho arbitrariamente selecionado.
    • Ponto de Ruptura : o primeiro surgimento do adsorbato de interesse no efluente , sob condições específicas.
    • Ponto Final : a ocorrência da concentração máxima permissível de um adsorbato de interesse no efluente.
    • Poros : a complexa rede de canais no interior da partícula do adsorvente.
    • Poro Transitivo : no Carvão Ativado, um poro tendo um diâmetro entre 40 e 5.000 Angstrons.
    • Profundidade do Leito Crítico : a profundidade mínima de leito adsorvente necessária para conter a zona de transferência de massa.
    • Reativação : processo de oxidação para restaurar propriedades adsortivas de um adsorvente gasto.
    • Regeneração : destilação ou processo de eluição, para restaurar as propriedades adsortivas de um adsorvente gasto.
    • Retentividade : a habilidade de um adsorvente de resistir à desorção de um adsorbato.
    • Sorção : um processo onde moléculas fluídas são tomadas pela absorção e adsorção.
    • Tempo de Serviço : o tempo decorrido até que o ponto final seja atingido, no processo de adsorção.

    João Carlos Mucciacito é Químico da CETESB de Santo André, Mestre em Tecnologia Ambiental pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, Professor no SENAC, no Centro Universitário Santo André – UNI-A e na FAENG da Fundação Santo André.
    E-mail: joaocarlos@fsa.br

  23. Visitante says:

    Carvão ativado clareia os dentes? Clareia sim!

    Diabo Verde também;
    Água sanitária também;
    KAOL também;
    Lixa d’água também;
    Esmeril também;
    Areia também, mas a de praia é melhor!;
    Vidro moído também;
    Escova de aço também;

    Se não funcionar é porque não teve fé!

    Aguardemos os próximos tutoriais na Internet!

    (Morrendo de pena dos dentistas obrigados a ler essas doideiras e ainda por cima a responder com a maior educação, motorzinho no canal já!!!)

  24. carvao says:

    Usso carvao bem moido..
    E acho que os dentistas numca vao admiti que essa tequinica que custa barratinho funciona
    Porque eles nao sao bobos de perde clientes

  25. claudio says:

    Se um dia um dentista admiti que carvao clarea os dentes

    Vai se um carvao com mil e um produtos pra cobrarem mais caro

    • dicasodonto says:

      Hahahahahahahahaha. Não é questão de “admitir”. É ciência, Claudio. Na verdade, você pode ir brigar com a física e com a química! Maldita fricção de um composto químico abrasivo ser capaz de estragar o tecido mais duro do corpo humano! Não recomendamos carvão, mas fique à vontade para usar. Quando os sintomas de sensibilidade ou enfraquecimento de esmalte começarem a aparecer, procure um dentista. Já aviso: custa caro para arrumar esmalte estragado. Boa sorte.

      • Andresa says:

        Grande novidade, o quê vocês fazem que não custa caro? Dentista cobra até o peido que dá dentro do consultório.

  26. Paulo Brasil says:

    DicasOdonto meu amigo, fiquei com pena de você ao ver o que uma simples postagem lhe causou, aposto que não pensou que dimensão isso lhe proporcionaria.
    Não precisa de muito pra entender que de fato o carvão prejudica os dentes, você ainda chega provar tecnicamente que tal procedimento danifica o esmalte dos dentes…
    Não tenho o hábito de ir ao dentista pois acreditava que a limpeza que eu realizo no dia a dia era suficiente mas recentemente me deparei com uma mancha estranha em meu dente e cá estou eu, como disse alguém acima, pesquisando os dois lados da moeda.
    Com os 14 Nobel sobre o flúor e mais algumas pesquisas sobre sua proibição, tenho que admitir que não deva fazer bem realmente, mas também concordo que vocês dentistas estudaram 5 anos(fora a experiência de vários profissionais) e se o método de vocês fosse prejudicial já teriam o trocado por outro mais eficaz.
    Enfim concordo em relação ao Carvão ser prejudicial aos dentes mas vou tentar realizar o procedimento uma vez para ver o que acontece no Tártaro, não serei usuário adepto do carvão, testarei apenas uma vez por curiosidade, ainda assim, irei quando puder a um dentista pois fiquei surpreso ao saber que um problema bucal poderia afetar a saúde no geral.

    P.S.: Nem esquenta com esse pessoal com comentário ofensivo, cara. Cada um tem sua opinião mesmo, tentar enfiar outro pensamento na cabeça de outra pessoa… ao tentarmos fazer isso normalmente perdemos a paciência e juntamente com ela a razão. Isso profissionalmente não bom pra você.
    Muito bom o post…
    Sucesso

    • dicasodonto says:

      Muito obrigado pelo seu comentário. O nosso papel como agentes de saúde que somos, é o de orientar da melhor maneira possível, usando do nosso conhecimento, embasado com evidência científica. Testar para ver o que acontece não vai fazer grande mal. A gente se preocupa com o uso contínuo e a “febre” de muitas pessoas em seguir hábitos de certas celebridades ou pessoas que chegam a se destacar na grande mídia. Mais uma vez agradeço seu comentário muito sensato que me deixou muito contente depois de tanto ferro que levei aí por causa de uma orientação que se preocupa com a saúde das pessoas. Abraços!

  27. Lidiane says:

    Gente usem o que quizerem a vida é de cada um .Deus deu a vida pra cada um cuidarem da sua .certo se os dentistas dizem pra não usarem e usam ótimo assim vai tem mais banquelos no mundo kkkkkk se aparelho virou moda pra quem não precisa ,ficar banquelos também .que pena de vocês .nao escovam os dentes e de uma hora pra outra quem ficar com os dentes branco .gente acorda o barato custa caro .ta mais muitos falaram que foram no dentista e pagam caro e estragaram os dentes .sera que era um profissional.afinal tem muitos que trabalham pelo dinheiro e não pelo amor à profissão então pesquisem perguntem pá quem já foi até aquele profissional .beijinho e pensem ah vai ter muito contra mais a verdade dói

  28. Virginia says:

    Eu estava até interessada nesse “processo” caseiro, mas depois que li a publicação e especialmente os comentários desisti. Interessante a quantidade dos comentários criticando o alerta. Mas nenhum provou a eficácia!!!

  29. diogo says:

    Quanto ao uso de carvão ativado, etc você está certíssimo:
    https://www.youtube.com/watch?v=vDk7qxf2ZvM

  30. Peg says:

    Por Favor, preciso ajudar meu irmão…
    Ele é fumante, tem tártaro “grau 10”, gengivite e dentes extremamente manchados. Vejo que ele faz um acompanhamento com dentista todo mês, fazendo limpeza para o tártaro, até consigo ver um pequeno resultado mas nada absurdo. Ele me disse que tem dentes frágeis e por isso o desgaste nos dentes foi bem maior. Acontece que acho que esse dentista dele poderia ajudar mais, não indica nenhum outro tratamento, um clareamento sei lá… o Cara é super jovem e se conforma com o nada a ser feito do dentista! O que pode ser indicado para ele acabar com isso!

    • dicasodonto says:

      Bom, Peg, seu irmão precisa solicitar o que quer ao dentista. Muitas vezes oferecemos tratamentos e os pacientes não aceitam. Você pode pedir para seu irmão para acompanhá-lo na consulta e sugerir tratamentos ao dentista. Aí o seu irmão precisa ter consciência da escovação dos dentes, uso de fio dental para evitar o acúmulo de tártaro. Boa sorte.

    • Lourdes says:

      Existe uma grande possibilidade dele estar com alteração no pH, peça para ele pedir um exame especifico e tratamento para controlar o pH do corpo.
      o cigarro é um fator de alteração, mesmo assim, procure outros profissionais para ajudar.
      nosso corpo é uma coisa só, muitas vezes não é um dentista q vai descobrir o causa. pois descobrindo a causa em parceria o do dentista, tudo fica em harmonia.
      e é claro, seu irmão fazendo a parte dele.

    • Ana Luiza says:

      Tem tanto o clareamento de consultorio quanto o caseiro, o mas seguro é o caseiro que a o paciente pode fazer sozinho, porém é sempre bom o acompanhamento de um profissional, até porque o paciente que não estudou pode ter lesões em tecido mole e o líquido que clareia pode levar a problemas maiores, entre outras coisas….por isso seja qual for a substância que você esteja usando no seu corpo é sempre bom um acompanhamento profissional.

  31. Renata says:

    Gente, todos deviam ler essa matéria antes de usar, pesquisei os prós e contras antes de usar e infelizmente não encontrei essa matéria. Usei essa droga e aconteceu exatamente o que foi explicado aí, estragou o esmalte dos meus dentes, a ponto de acordar de manhã e o dente quebrar sozinho. Já tinha os dentes brancos e saudáveis, me arrependo profundament3 de ter usado isso. Quebrei outro dente hoje.

  32. Jocimarasilva says:

    Nossa,eu já ia fazer a besteira de usar,mas graças a Deus encontrei essa matéria, já não vou fazer mesmo,eu acredito no dentista,li muitos comentários arrogantes e ignorantes,mas eu não acredito que um dentista que estudou e entende do assunto iria dizer tudo isso só por interesse particular,sei que tratamentos custam caros, mas hoje tudo é facilitado,eu a nove anos atrás precisava colocar aparelho nos dentes e não conseguia por falta de condições, hoje coloquei com um ótimo dentista,fiz tudo parcelado e ainda melhor apenas na promissória, sem cartão ou cheque,estou muito agradecida ao meu dentista que me possibilitou realizar esse sonho,pois tenho dentes horríveis tortos e desnivelados,sofri muito com apelidos desagradáveis, eu pretendo fazer clareamento depois q tirar o aparelho e vou fazer no dentista,rsrsrs eu ate ia usar essa dica do carvão,mas eu não sou boba nem nada,fiquei na duvida ate encontrar a resposta definitiva pra não usar.obrigado e parabéns pela iniciativa ,apesar das duras criticas de algumas pessoas,eu tenho orgulho de ver alguem dar a cara a tapa pra ajudar pessoas ,pra mim foi de grande ajuda…abraços…

  33. Rodrigo says:

    Obrigado Dr pela dica, estava preste a usar esse carvão ativado nos meus dentes. Ainda bem que antes de usar resolvi procurar por malefícios causados pelo carvão ativado e encontrei as suas recomendações. Não quero perder o esmalte dos meus dentes. Além do mais eles nem são tão amarelo assim, acredito que um dentista profissional pode me ajuda. Fica com Deus e não deixe de compartilhar o seu conhecimento por causa da ignorância de alguns.

  34. Larissa says:

    Ja uso a 2 anos . E so vcs nao exagerar q nao estraga os dentes. No consultorio tbm estraga um pouco delendenso do metodo de clareamento. E so saber usar. Super funciona e daqui uns tempos o dentistas nao vao ter clientes mais kk

  35. Renato says:

    Estão se sentindo ameaçados, por isto do poste negativo! Inventam efeitos colaterais para amedrontar as pessoas (clientes). Hoje quem quiser informação, a internet esta cheia, lógico que devemos ter cautela e pesquisar com quem entende de verdade! A medicina e a industria farmacêutica hoje em dia é uma mafia para nos deixar doentes e dependentes de remédios paliativos que não resolve nada e ainda piora outros órgãos no nosso corpo! Sem contar dos alimentos industrializados que adoecem, hoje existe crianças diabéticas, onde se viu isto? pesquisem melhor a respeito! abs

    • dicasodonto says:

      Exatamente, Renato. Existe muita informação ruim na Internet. Não nos sentimos ameaçados de maneira alguma. Se as pessoas querem esfregar pedaços sólidos de carbono que servem para fazer churrasco nos dentes, só posso orientar contra, lamentar e aguardar que venham pedir ajuda profissional quando os problemas aparecerem. Boa sorte.

  36. Ana Luiza says:

    Gente, não precisa de tanta agressividade, todos tem direito a informação e de filtrar as tais.
    Vi comentários falando que pastas são abrasivas e por isso tudo bem usar o carvão, lógico que não…tem grau de abrasividade, é como se você tivesse comparando a acidez da uva com a do HCl, fora que a alta abrasividade do carvão assim como pastas clareadoras só tiram esmalte dos dentes, e aquele efeito branco vem disso ….tirar camadas externas com pigmentos dos alimentos do dia a dia, enquanto produtos utilizados por dentistas tiram o pigmento de dentro para fora, também causando sensibilidade e deixando os dentes mais fracos, porém em nenhum momento removendo uma estrutura tão importante dos dentes.

  37. Ricardo Cesar says:

    Bem mais sensato não usar carvão para clarear os dentes.

  38. Paulo Cruz says:

    Ouvi falar q bosta de galinha é excelente pra clarear os dentes…e o resultado é fenomenal!

  39. Talita says:

    Vc diz q as empresas q vendem carvão ativado não o indicam o limpeza dos dentes, mas indicam, sim. Aqui um exemplo, mas vc pode encontrar vários: https://www.amazon.com/Activated-Charcoal-Rejuvenates-Detoxifies-Poisoning/dp/B01JSZ734S/ref=sr_1_10_a_it?ie=UTF8&qid=1476714232&sr=8-10&keywords=activated+charcoal
    É claro q se vc procurar por cápsulas, não faz sentido ter essa indicação na embalagem. E esta prática não é “modinha” . Moro nos EUA e aqui ela é considerada uma maneira mais natural e tradicional de branqueamento dos dentes, principalmente entre os mais velhos. E perfeitamente permitida. Não sei se vc já teve acesso a pó. Ele é finíssimo, muito mais fino q o bicarbonato, por exemplo, e extremamente leve. E funciona. Se destrói o esmalte dos dentes, por favor apresente estudos. Não pude encontrar nenhum dizendo que sim, ou q não. Aqueles q falam em nome da ciência não deveriam divulgar achismos.

    • Dicas Odonto says:

      Eu desejo toda sorte do mundo para quem usa este “modo mais natural” de clarear os dentes. Não indico. Não precisa ir muito a fundo nos estudos quando falamos de erosão ácida, por exemplo e perda de esmalte dental por fricção mecânica. Todos os dentistas estão percebendo que por causa de uma dieta mais ácida, muitos adolescentes já estão apresentando perdas de esmalte e olha que o esmalte não se regenera. Seria melhor se esse tecido nobre ficasse em nossos dentes até o resto de nossas cada vez mais longas vidas. Perdemos o esmalte ao longo dos anos com desgastes, sejam eles causados pelos alimentos,escovação traumática ou pela nossa mastigação e hábitos nocivos. Fique a vontade para procurar estudos à respeito. Como já devo ter comentado acima, algumas empresas estão pesquisando as quantidades seguras desse produto e já podemos ver algumas pastas de dente no mercado com o carvão ativado em concentrações “seguras” embutidos em sua fórmula. Mais uma vez, é uma indicação apenas, porque vemos os danos causados ao esmalte dental clinicamente, na nossa prática diária. Está bem longe de ser achismo. Agora lembre-se que nem tudo que é dito natural faz bem. E uma última coisa, você fala dos Estados Unidos? Aquele país que recentemente aboliu a indicação de usar o fio dental? Que belo exemplo a ser seguido. Boa sorte.

  40. Laninha says:

    Agradeço pelo artigo. Pretendo procurar um dentista ao invés de arriscar.
    Mas deixo um crítica, li todos os comentários e respostas, e sinto muito que só haja respostas para os pontos de vista totalmente leigos. Para as observações postadas que continham links para estudos ou para lista de países que aboliram o uso do flúor, por exemplo, e que eram os que realmente me interessaram, não houve respostas claras e objetivas (na minha opnião). Esperava ler algo como, foram proibidas nestes países por essa e esta razão, mas aqui não compensa por isso, isso e isso ou está informação é falsa, etc.
    Ainda assim, deixo meu agradecimento sincero.

  41. Marcelo says:

    nem uma dica é boa quando o uso do flur, veneno para ser humano, dentista que se pressa deveria saber e informar isso aos usuários…e principalmente não deixar seus filhos usar, assim como está ajudando as pessoas com sua informação também continua a prejudicar e muito indicando o uso de pastas com flur, por favor se informe busque a informação correta ira ajudar a todos com seu blogs ou site…obrigado

  42. Samara says:

    E o que você acha dos clareadores em tira que vende em supermercados e farmácias tipo o Oral B 3D White? Por favor me responda. Grata desde já.

    • Dicas Odonto says:

      Olá Samara. Também não gosto das tiras 3D Strips. Elas tem uma concentração pequena de substância clareadora e não dão resultados muito interessantes se o paciente tiver próteses ou restaurações. O clareamento que o dentista realiza no consultório é muito mais eficaz. Boa sorte.

  43. RSM says:

    Eu não usaria carvão pelo simples fato que não sou índio, e posso comprar dental whiteness perfect 22% no mercado livre por 120 reais, clareou os dentes de verdade, inclusive dentes com canal… tudo com segurança*. Aliás, eu não usaria qualquer abrasivo em meus dentes, a idéia é muito de gente sem senso crítico. Aliás, clareador de verdade penetram no seu dente liberando oxigênio, e clareiam de dentro para fora, para aqueles que querem lixar o dente, deveriam tentar um esmeril também.

    • Dicas Odonto says:

      Concordo RSM. Apenas lembrando que a ANVISA proíbe venda de clareadores com essa porcentagem ao paciente porque podem ter efeitos colaterais complicados, mesmo com uso correto. Sugiro o acompanhamento de um dentista sempre que resolver clarear seus dentes e não fomentar um mercado de venda ilegal sem prescrição odontológica. Boa sorte.

  44. Pingback: É verdade que carvão vegetal pode clarear os dentes? | Diário de Biologia

  45. Pingback: É verdade que carvão vegetal pode clarear os dentes? | Bom Jardim Notícias.com

  46. Alexandre Guglielmi says:

    Com certeza é muito cômodo um odontologista dizer que carvão detona os dentes.
    Em primeiro lugar, é um uso “temporário”. Se por acaso houver alguma perda de esmalte o mesmo normalizará tempos depois.
    Um tratamento de clareamento não é barato. Infelizmente com a renda que o brasileiro tem ele não pode se dar ao luxo de ter essa futilidade de pagar dentista para deixar os dentes brancos.
    Outra coisa: eu acho que qualquer clareamento não é para qualquer dente. Há esmaltes que originalmente tem tom quase amarelado.

    • Dicas Odonto says:

      Oi Alexandre. O nome é cirurgião dentista e não “odontologista”. Tem gente usando carvão com frequência sim, achando que faz bem. Se caso houver perda de esmalte, tenho notícias para você: ele não volta! Esmalte não regenera. Realmente, um tratamento de clareamento não é barato, assim como um iphone, um apartamento, um carro, um sorvete ou um número 1 no Mc Donald´s. Está tudo tão caro, não? Pagar o dentista ou desejar dentes brancos não é uma futilidade. Saúde também engloba bem estar emocional e psicológico. Esmalte não tem tom amarelado. O que dá o tom amarelado dos dentes é a dentina, tecido que fica abaixo do esmalte. Parabéns amigo. Conseguiu falar besteira em todas frases do seu comentário! Um abraço!

    • Carlos says:

      Irmão, você vai gastar grana com clareamento? Usa o carvão, bicho e seja feliz. Depois que gastar todo seu esmalte que não regenera nunca mais, faço para você umas facetas que custam muito mais caro e me dão muito mais lucro. Teu barato vai sair caro, bem caro. Mas aí, depois que o barato sair bem caro, você pode contar vantagem que gastou uma nota preta e abateu do imposto de renda. Abraço!

      • Julia says:

        Meoo Deus!😨
        Ao pensar que parei pra ler isto?!

        Quanta perca de tempo.

        Usem QM quiser e não use quem não quer.

        E se Respeitem “Por Favor.”

  47. Luiz Felipe says:

    Sinceramente é triste ver como o cirurgião dentista é tratado, não sou profissional da área mas vendo os comentários é realmente decepcionante acreditar que as pessoas pensam assim. De fato acreditei que o carvão poderia clarear, mas lendo as informações que foram passadas por um profissional realmente não usarei, tratamento realmente é caro, li em um comentário alguém citando ” Eles cobram R$ 700, sendo que o valor do kit é R$ 80″ olhando dessa forma realmente parece um absurdo, mas sempre leve em consideração, que você não está comprando o KIT e sim o serviço, alias o profissional que lhe atende gastou em média 5 anos estudando e pagando caro por isso pra poder te tratar, ele tem gastos com aluguel do consultório, equipamentos, energia elétrica, água, descartáveis e um concorrente de igual pra igual que são os convênios e após retirar todas os seus custos com trabalho, ele ainda deve lucrar pra poder se sustentar manter-se no mercado e continuar te atendendo quando você precisar.
    Antes tinha um sorriso que derrubava minha auto estima, vergonha das pessoas, e nunca em 20 anos tirei uma foto sorrindo e foi graças a um bom dentista que isso não acontece mais, devemos ser gratos aos nossos profissionais, seja de qualquer área, tratar com dignidade e respeito. E se após ler tudo isso e achar que estou errado, é um direito seu e respeito, mas faça o mesmo com quem pensa diferente de você.

  48. Luzia says:

    Ola. Boa noite.
    Eu estava pesquisando sobre o carvao ativado para clarear meus dentes, pq enfim… começou essa modinha de falarem q clareia principalmente por essas blogueira q tem não sei quantos mil seguidore. Só pra constar.. odeiooo essas blogueiras se metem em areas q não tem conhecimento e levam mais um monte de alienados junto. Depois de muito pesquisar , ler diversos comentários fiquei muito feliz ao encontrar esse site! O dr. Conseguiu tirar as minhas duvidas. Eu vou optar por fazer clareamento no consultorio supervisionado por um bom profissional. É caro? É! Mas é melhor economizar e fazer com segurança do q depois ficar sem dente.
    Agora não havia a necessidade de tanta agressividade em certos comentários… o dr foi muito paciente respondendo a todos praticamente.
    Obrigada pelas informações preciosas que consegui atraves da sua postagem dr.
    Abraço.

    • Dicas Odonto says:

      Obrigado mesmo Luzia. A gente vive em uma era digital onde muita gente acha que pode ser mal educada apenas por estar atrás da tela de um computador ou Smartphone. A minha orientação e a dos meus colegas dentistas é para o bem da saúde de todos. E escrevo novamente: é apenas uma recomendação. Segue quem quiser. Quem não quiser depois marca consulta para a gente arrumar! Beijos Luzia e muito obrigado pelo carinho no comentário.

  49. Fabiana Taleikis says:

    Me diga qual tratamento de clareamento dental que não estraga o esmalte do dente ?? ôw, pelo amor !! já fiz clareamento com dentista, tanto as caseiras para usar a noite, qto a laser ( PIOR COISA QUE FIZ NA MINHA VIDAAAA ). Fiquei duas semanas quase sem sorrir, pq meus dentes ficaram extremamente sensíveis. Nunca mais faço !! Carvão ativado eu uso sim, não para clareamento, e sim limpeza de tártaro. Funciona sim que é uma beleza.
    Entendo que os profissionais devem ganhar seu dinheiro, mas prestar desinformação a sociedade !!! Como por exemplo, flúor é nosso maios aliado contra cáries ?? Por favor, fala a verdade !!! Só por esse comentário, percebe-se que a importância aqui não é a sáude .. mas os meios alternativos que as pessoas procuram por não terem condições de pagar esses absurdos que os consultórios cobram. Perdeu credibilidade ..se quiser posso te passar INÚMEROS estudos sobre o Flúor. Faz isso não … não mente para as pessoas !! é feio !!! Anti ético e nada profissional.

    • Dicas Odonto says:

      Olá Fabiana. Não precisa me passar esses estudos sobre flúor. Eu estudei e continuo estudando sobre flúor, assim como qualquer dentista que se preza. Não estou mentindo em momento algum. Estou apenas dando informação da verdade científica atual da Odontologia e uma recomendação sobre o uso de carvão no clareamento dental. Recomendação esta que você pode seguir ou não. A boca e os dentes são seus. Pode conferir no site da Associação Brasileira de Odontopediatria, da Sociedade Brasileira de Cariologia, da Associação Paulista dos Cirurgiões Dentistas, do Conselho Regional e Federal de Odontologia e muitos outros a informação sobre uso de flúor. O Blog Dicas Odonto não inventa informação. Levamos a saúde muito à sério sim com ética e profissionalismo. Sugiro moderar os seus adjetivos por aí. Com esta, você atitude aumenta muito suas chances de levar um processo por calúnia e difamação. Fique em paz. Boa sorte.

  50. eden says:

    Ai cara. Eles nunca vão te ouvir pelo simples fato de que você também não os ouve. És tão ignorante quanto os que passam bônus nos dentes após ouvirem qualquer um dizer que é bom.
    Quando argumento algo… pode ter certeza que já considerei seu argumento e estudei sua verdade. Sim eu sei o que toda comunidade de ortodontia considera sobre o flúor. A questão é o que eles não consideram. Ponto. Não sou um seguidor de médicos do YouTube. Sou pesquisador, jovem… e graduado(apesar disso só fazer diferença pros retardados).
    Eu sei como o fluor substitui quimicamente, elementos do esmalte, tornando mais resistente contra a corrosão ácida das bactérias. Logo dentes mais resistentes. No entanto, eu também sei, e você não, como o flúor entra na corrente sanguínea, causando direta e indiretamente varios transtornos e comodidades. Coisas sutis, de fato, mas que ao longo do tempo vem cobrar sua conta.

    Mas não vim pra te encher novamente sobre o que você não quer saber.
    Vim só pra te dar uma dica… se você quiser ser considerado no que diz… você precisará por o orgulho de lado e também considerar o que os outros dizem.

    ps…sobre flúor… basta pesquisar no google academics os artigos sobre osteoporose, Alzheimer(atua indiretamente), chemical tda, artrite etc. pesquise tb gerald judy cox e descubra quem foi ele.

    ps2: o tratamento com flúor não é barato. a fluoretacao da água tb não é economicamente viável. seria mais barato instruir a pop para uma boa escovação. Mas é claro… estamos falando do Brasil. A secretaria de saúde, da educação, meio ambiente… do caralhoaquatro… nenhuma dessa pohas funciona de fato em nosso benefício. você acredita mesmo que tudo que é ‘comprovado cientificamente’ se trata da verdade? Talvez você simplesmente não se importe.

    • Dicas Odonto says:

      Só uma pergunta em cima desse textão aí: falei na postagem sobre pasta de dentes com flúor, aquela que a gente cospe e não engole. Me explica como este flúor da pasta que a gente cospe na pia entra na corrente sanguínea. Google Academics? Essa geração de hoje já ouviu falar em uma coisa chamada biblioteca? Assim como o Google, o Google Academics vai ter dar os artigos mais acessados e não os que tiveram os métodos mais corretos ou os que apresentam mesmo evidência científica. Mas por que estamos falando de flúor se o assunto do artigo é carvão ativado?

  51. Leandro Peixoto Chinelato says:

    É um assunto interessante, leio aqui, leio ali, e não chego a uma conclusão, a gente só vai saber mesmo é na prática, aí fica algumas dúvidas, você doutor, já teve algum caso de algum paciente que os esmaltes dos dentes danificados devido ao uso de carvão ativado? O carvão ativado bem fino em pó misturado em água danifica tanto assim os esmaltes? Encontrei pastas de dentes em um site de compra com o carvão em sua composição, essa pasta também faz mal? São só algumas dúvidas, se puder me orientar fico agradecido.

    • Dicas Odonto says:

      Olá Leandro. Existe um problema para identificar a perda de esmalte, porque ela acontece a longo prazo e por vários motivos, não só pela escovação com algo abrasivo como o carvão. Quem quiser realmente correr o risco, pode correr. Esse artigo é apenas um aviso sobre riscos a longo prazo. Já vi e játestei inclusive uma pasta de dentes que tem carvão em sua composição. Acredita-se que a empresa responsável colocou a quantidade correta de carvão na pasta, tentando diminuir o risco do desgaste do esmalte. Agora, é inevitável pensar: será que a pasta foi feita com carvão porque ele é realmente bom ou porque a modinha pegou e eles apenas estão pegando carona para seu marketing e vender mais pasta? Numa coisa você tem razão: só o tempo dirá. E precisamos de mais pesquisas científicas nesse sentido. Aí fica na vontade de cada um de correr o risco. Eu prefiro não arriscar. Boa sorte.

      • Leandro Peixoto Chinelato says:

        Eu também prefiro não arriscar, costumo fazer as coisas na certeza depois de pesquisar muito, até foi por esse motivo que resolvi tirar minhas dúvidas com você, agradeço pela sua atenção.

  52. Pingback: Dentistas: como lidar com os "Haters" na Internet - Dicas OdontoDicas Odonto

  53. Ana Paula says:

    Cara, eu tiro o chapéu para você, responder tantas asneiras de gente que não sabe nem quando ta com fome, você é foda!
    Eu tenho preguiça, dessas conspirações de flúor, segunda guerra mundial, Preta Gil e seu açafrão, carvão ativado, tem que deixar mesmo, acabar com o esmalte, sofrer com sensibilidade.
    Estudamos, nos especializamos, curso de atualização, aperfeiçoamento, mestrado, doutorado, me fala para que? Os curiosos é que estão certos! E depois a gente é que cobra até por peido que solta dentro do consultório, se não chegasse com merda na boca não ia acontecer nada disso! PQP!

    • Dicas Odonto says:

      Hahahahahaha, eu realmente me divirto Ana Paula. A gente como dentista tem uma certa obrigação de orientar a população sobre assuntos relativos a saúde bucal. Esse é o grande objetivo desse Blog. Então estamos aí com muito bom humor para responder até às perguntas mais cabeludas. As pessoas lêem o texto e os comentários e são inteligentes o suficiente para tomarem suas próprias conclusões sobre o carvão. Obrigado pelo seu comentário! Ri alto aqui. Bjos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*