Deixar ou não o dente aberto, eis a questão


Bem, o assunto é referente à especialidade de endodontia e atendimento de urgência. Fiz algumas enquetes sobre o assunto, conversei com especialistas na área de Endo e falei com colegas de Pronto Socorro Odontológico.

 

Imaginem a seguinte situação: Um paciente chega ao Pronto Socorro Odontológico com dor e pelo exame clínico e radiografia periapical, podemos perceber um abcesso de origem endodôntica, sem envolvimento periodontal e sem fístula. Como meu colega do Grupo Endodontia Avançada do Facebook bem lembrou: ” Os diagnósticos de abscessos periapicais não envolvem apenas detectar a simples presença do mesmo, mas principalmente a classificação clínica desta séria patologia, que levará a um correto tratamento.” Neste caso específico, este paciente vai ser orientado à procurar um endodontista após o procedimento. Generalizando os casos, qual seria a melhor forma de resolver a urgência: 

1 – Abrir o dente, deixar drenar via canal, DEIXAR O DENTE ABERTO e medicar o paciente – antibiótico e analgésico.

OU

2 – Abrir o dente, deixar drenar via canal, irrigação, colocar medicação intra-canal, FECHAR O DENTE e medicar paciente – antibiótico e analgésico.

Eu sei que existem vários casos de abcesso. Alguns não drenam via canal. Porém, no caso específico descrito acima, que ocorre MUITO em Pronto Socorro, você deixaria o DENTE ABERTO ou FECHADO. Entenda-se que no dente aberto que o paciente será instruído a colocar uma bolinha de algodão quando for comer e trocar esta bolinha e que este dente deve ficar aberto por no máximo, estourando, 3 dias.

Os adeptos da opção 1 – DEIXAR O DENTE ABERTO estão preocupados com a dor do paciente. Dizem que se fechar o dente, a dor retorna, mesmo após toda a drenagem.

Por outro lado, os que optam pela opção 2 – FECHAR O DENTE estão preocupados com o aumento da infecção do dente quando ele fica aberto. A disciplina de endodontia não ensina que o dente deve ficar aberto. 

Lembrem-se que estamos falando de consulta de urgência, realizada por clínico e que tem como objetivo maior TIRAR A DOR e resolver um processo infeccioso ou inflamatório em fase aguda.

Veja as opiniões dos dentistas do Twitter, Facebook e de colegas:

Os profissionais que deixam o dente aberto:

“Na urgência é melhor deixar aberto. Se você quiser fechar, deve pelo menos instrumentar o canal até a lima 20 ou 25 e fazer penetração desinfectante. Aí sim você pode colocar a medicação intra-canal e fechar. Porém, para isso, deve-se fazer procedimentos de odontometria e tudo mais, o que dificultaria o serviço do clínico que trata a urgência. Sem contar o risco de formação de degraus em caso de canais curvos.”

“Deixa aberto e põe uma bolinha de algodão. Instrui o paciente a trocar a bolinha após cada refeição/ higiene bucal ;)”

“Eu deixaria aberto, por experiência própria de emergência, fiz acesso, limpei, disse que era para procurar endo e fechei, (não deu certo)”

Mais uma pessoa votou na opção de deixar o dente aberto

Os profissionais que preconizam fechar o dente (maioria dos que responderam a enquete):

“A base médico-odontológica do tratamento de qualquer abscesso é a drenagem cirúrgica dos tecidos moles, um procedimento simples, rápido e poderoso na resolução do quadro. A grande maioria dos abscessos drenados sequer necessita de antibioticoterapia, pois a mesma só é necessária em casos que apresentem sintomas sistêmicos, como febre, dores de cabeça, náuseas, etc. Hj, a Endodontia não adota protocolos como deixar o dente aberto, o qual promove um aumento da contaminação intracanal, além de não resolver o problema. A antibioticoterapia feita sem necessidade aumenta a taxa de resistência bacteriana na população, tornando-se um problema social, mas ainda é extensamente utilizada pois paralisa o processo, o que não justifica a ausência da drenagem, pois mantém o rosto inchado por dias e até semanas a fio. Resumindo, é extremamente importante entender e aprender a diagnosticar e drenar, se necessário, os abscessos, onde quer que eles estejam, bem como reconhecer as situações que necessitam de cobertura antibiótica.”

” Fecharia e daria medicação sistêmica”

“Como Endodontista, aprendi que não devemos deixar aberto, a indicação seria tentar drenar o máximo, colocar curativo, e medicar”

“Nesses casos “eu” procedo da seguinte forma: medicação (Celestone – 2 mg); abertura do dente em questão; remoção da polpa e limpeza canal, ultrapassando a patência do canal com pasta endo prep (ou similar) + hipoclorito de Na 5 ,25% ; medicação intracanal; fechar o dente com bolinha de algodão com paramono e cimento provisório de óxido de Zn e eugenol; tomar a medicação durante 3 dias (período do processo inflamatório). É isso…..nunca tive um resultado negativo!!!”

“Com certeza a opção 2. (no caso do paciente no pronto socorro). Descordo da colega acima, somente no quesito paramono. Acho dispensável o uso dele. Se um paciente chegasse assim em meu consultório como sou adepto de sessão única terminaria o caso na mesma sessão e manteria as medicações. Também nunca tive resultado negativo! 

“EU JAMAIS DEIXO O DENTE ABERTO,DEIXO DRENAR POR ALGUM TEMPO NO CONSULTORIO MESMO,SEGUINDO DE NEUTRALIZAÇÃO,MEDICAÇÃO INTRACANAL,E MEDICAÇÃO SISTÊMICA…SEMPRE BONS RESULTADOS:))”

“Dente aberto: NÃO”

“Como endo, nunca deixar aberto, mas já peguei dente q drenou por 50 min. Algodão e volte amanhã.”

“Se a drenagem for bem eficaz, vá de opção 2″

“Lá na facul sempre fechamos! =T Na verdade nunca nem tinha pensado nessa possibilidade (de deixar aberto).”

Mais quatro pessoas optam pela opção de fechar o dente, sem outros comentários.

Das 18 pessoas que responderam, 4 ficam com a opção 1 e 14 com a opção 2.

Obrigado a todos que ajudaram com as respostas, o que abrilhantou bastante este Post.

A idéia deste Post não é transformar o assunto em uma briga do certo contra o errado. Apenas acho que podemos ter uma discussão saudável, pois sabemos que nem sempre o que é ensinado na teoria se aplica na prática. Aí também cabem mais pesquisas e estudos com dados clínicos que confrontem a teoria. E aí, endodontistas? Podem soltar o verbo aí embaixo nos comentários!

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Luiz Rodolfo

166 respostas a Deixar ou não o dente aberto, eis a questão

  1. Meu Deus, que gente extremamete teórica da 2ª opção!!!! Minha perguta: quantos anos de experiência em emergências clínicas tem os especialistas? NA MINHA OPINIÃO como dentista da família no PSF há 3 anos tendocasos assim todos os dias, não medicar por causa da resistência bacteriana é “besteira”. Paciente sente dor mesmo após drenagem com o dente fechado. Visando o bem estar, dente com abcesso medica SEMPRE, e em casos muio agudos (daqueles q não é possível nem tocar) deixa aberto com bolinha de algodão. Saliva não vai infeccionar mais um dente que está sendo medicado sistemicamente. Pacientes retornam para colocação do curativo após a fase aguda ( em 2-3 dias) e ficam satisfeios com o tratamento.

    • Caros, fui um dos consultados para o post em questão! Respeito muito a opinião de todos os profissionais que aqui deixaram suas colocações e que trabalham para o bem estar dos pacientes, mas infelizmente alguns podem estar equivocados. Sou professor de cursos de pós graduação em Endodontia há 10 anos, fui estagiário e monitor de plantão desde recém formado, e sempre lido com casos assim. Seja no consultório ou nos cursos. A experiência clinica é importante, mas dizer que eu faço assim e dá certo é um tanto irrelevante como evidência. É preciso entender uma coisa: a grande maioria dos abscessos se acumula na região de mucosa. Uma pequena parcela permanece no periápice. Pequena mesmo. Todos os abscessos DEVEM ser drenados, TODOS. Normalmente via mucosa. Não existe aquele que não pode ser tocado. Drenei um enorme ontem, é simples. Sem antibioticoterapia. Ele voltou hj. Muito melhor. Sem dor. Pq ninguém faz isso? Pq os dentistas ñ foram treinados a fazê-lo. A maioria sequer sabe fazer diagnóstico ou classificar um abscesso, imagine drenar. Em qualquer área medica se drena imediatamente os abscessos, menos na odontologia. E sobre a antibioticoterapia, ñ é “besteira” não. Diversos antibioticos são retirados do mercado porque não mais apresentam efeitos na população. Prescrever pra deixar a consciência tranquila prejudica a sociedade ao longo dos anos. Por isso a Anvisa rastreia as prescrições agora! Para ninguém abusar delas. Precisamos mudar isso. Assim, vou sugerir aqui que leiam os artigos que escrevi no meu site sobre o assunto. Vcs precisam se cadastrar para ter acesso, mas é rápido. Segue o link abaixo, boas leituras e fico à disposição para quem precisar. Abraço a todos.
      http://www.endodontiaavancada.com/site/index.php/artigos

    • Maria Jose´Teixeira Silva disse:

      Concordo . Também como dentista do PSF há 5 anos, não devemos desconsiderar a experiencia. A nossa realidade!!! O q ocorre na prática , realmente!!!

    • Julia disse:

      Como “extremamente teórica”? A teoria é um roteiro da prática. Também trabalho na ESF e não me recordo ter de recorrer à medicação antibiótica em casos que a infecção ainda estivesse circunscrita e me importo como muitos colegas deveriam se importar com a resistência bacteriana. Antibiótico não é analgésico e muito menos antiinflamatório pra em “2-3 dias” o paciente ficar satisfeito. Não me recordo de algum paciente retornar com dor depois de uma eficiente drenagem e neutralização, além da medicação intracanal! Acredito, diante das evidências, que os retornos com dor não passam de condições em que o procedimento não foi concluído, em que o colega não teve paciência ou tempo de drenar… enfim!

  2. Ana Tokus disse:

    Longe de mim opinar com propriedade sobre o assunto, até porque não é muito a minha praia. E, em emergência, só atendi na época da faculdade mesmo (onde, é claro, nem pensar em deixar dente aberto!). Mas eu acho que é mais ou menos o que a Marjo falou: uma briga entre teoria e prática. A teoria é uma linha reta, mas a prática é um parkinsoniano desenhando. Acho que as coisas não são assim tão preto no branco.

    Eu, especificamente na situação descrita pelo Luiz, deixaria o dente aberto.

  3. Eduardo Zardo disse:

    Caro Luiz,
    Parabéns pelo blog e post, é um assunto interessante.
    Sou CD (da turma da @AnaTokus), mestre em microbiologia, e atuo em Unidade de Saúde.
    Sou contra deixar o dente aberto. Apesar de ter aprendido a deixar o dente aberto na graduação, minha formação permite argumentar com fundamentos que a melhor opção é fazer a MIC e fechar o dente com provisório. Inclusive eu atendi um caso na semana passada, no qual a paciente retornou 3 vezes ao consultório (com intervalo de 48h) para troca do curativo e desinfeção, além da medicação sistêmica.
    Concordo com a minha colega Ana Tokus quando ela diz que as coisas não são “preto e branco”, os casos têm que ser avaliados. Mas, via de regra, sou a favor de sempre manter o “dente fechado”.

    • dicasodonto disse:

      Obrigado pela resposta! Eu tenho experiência de 10 anos em Pronto Socorro Odontológico. Muitas vezes que fechei o dente, houve retorno do paciente com mais dor e desconfiança por eu ter feito algo de errado. Hoje em dia, nestes casos específicos, faço como a Dra. Marjo Lanzarin falou e nunca mais tive retornos. Esse técnica é usada inclusive em mais de um lugar em que já trabalhei como plantonista. Por isso coloquei o assunto em discussão e quero muito aprender e tirar o máximo das opiniões dos colegas.

  4. Maria Isabel disse:

    De acordo com tudo que eu aprendi na faculdade, se não é possível atender o paciente nos próximos dias após essa emergência, deve-se deixar o dente aberto, para que a drenagem continue, e passar um anti-inflamatório (nimesulida, por exemplo), e pedir para que o paciente bocheche água morna e sal, ajudando assim na drenagem.
    Eu só fecharia o dente se tivesse certeza da drenagem completa, e também, que, caso o paciente sentisse dor novamente, eu iria poder atendê-lo imediatamente.
    Por isso, o ideal seria deixar o dente aberto, e falar para ele usar uma bolinha de algodão quando fosse se alimentar. E também, claro, pedir para que ele procure um profissional para realização do tratamento endodôntico o mais rápido possível.

    Muito interessante a discussão! É bom ver a opinião de outros profissionais!

    • Marconny disse:

      Agora, como o paciente irá trocar uma bolinha de algodão, na palatina de um dente 12 por exemplo? ainda mais se for uma unidade com coroa clínica pequena e que o acesso também ficou pequeno.

  5. @_educosta disse:

    Dividirei meu post em dois atos para melhor compreensão:
    1º. Não faço outro procedimento além de endodontia. Tanto na graduação quanto na especialização a teoria SEMPRE nos disseram para não deixar o dente aberto em virtude da associação entre as bactérias anaeróbias estritas e facultativas provenientes da patologia com o enterococcus faecalis (meio bucal), que tornaria o tratamento mais difícil. Instruíram-nos a abertura, preparo (mesmo que parcial), MIC e sistêmica e restauração provisória.
    Ok, tudo para evitar a contaminação. Lindo na teoria, né? Mais abaixo volto o pensamento para essa parte.

    2º. Abrir o dente + medicação sistêmica + algodão e retorno em até 3 dias. Paciente sem dor. Canal mais contaminado como dito antes, mas devolvido o bem-estar ao paciente. Lindo na prática, né?

    O que não relatam na graduação e pós é que os materiais usados na restauração provisória TAMBÉM infiltram. O coltosol, material de eleição por muitos dentistas, postos de saúde, etc, apresenta grande infiltração, quando não caí entre uma sessão e outra.
    Se infiltra, qual a finalidade deste então? Gerar dor???(sic)

    ‘Ah, mas eu uso ionômero de vidro…” >> infiltra também. Menos, obviamente, mas infiltra.

    Mas o que fazer então?
    Diria uma resposta: bom senso. Explique para o seu paciente. Se fechar o dente, explique a possibilidade de haver dor. Quem explica antes de previne. Quem explica depois, SE explica. E aí gera a dúvida do paciente sobre o profissional, como dito por um colega acima.

    *minha conduta pessoal: abertura + preparo parcial do canal, no mínimo + MIC e sistêmica e restauração provisória. Mas isso não quer dizer que não tenha voltado paciente com dor e eu deixado o dente aberto depois. Acho a tentativa válida.
    Mas não que seja uma regra universal.
    Abraços.

  6. Rivaldo Junior disse:

    Galera, estão todos de parabéns. Eu só Ortodontista, nem vou me meter nessa discussão, embora sempre tenha fechado quando fazia a parte clínica e nunca tive problemas.
    Mas o que me chamou a atenção foi a discussão embasada e com respeito de opiniões de todos. Estão realmente de parabéns! Parabéns pelo tópico!

  7. Adriana Ramos disse:

    Sou endodontista e recebo muitos casos que passaram por emergência. O que vejo no consultório são dentes que passaram por consulta de emergência e que nem foram acessados por completo, muitas vezes nem trepanação ocorreu. Chega o paciente uma ou duas semanas depois (se não mais) alegando ter feito emergência e ter sido encaminhado para endo. No dente tem de tudo, menos algodão. Penso que se for feita a drenagem, colocada medicação e curativo na grande maioria dos casos se resolve a dor do paciente e se evitam problemas futuros. Claro, que o paciente tem que ser orientado sempre.

  8. veronica gomes disse:

    Caros colegas; Eu não vejo porque deixar o dente aberto???
    Se o dente foi aberto; feito à drenagem e limpeza parcial do conduto sem levar material contaminado para o apice do dente + medicação intra canal com tricresol ou mesmo calem sem paramônio é um antibactericida excelente.( prefiro no momento o calem sem paramônio + uma bolinha de algodão na entrada do conduto + curativo ;
    Com 3 dias realizar o procedimento para finalizar o tratamento
    Que tal uma medicação sistêmica com um bom antiflamatorio e analgésico associado.
    Sempre dar certo!

  9. Luciano Gomes disse:

    Boa noite
    Não sou dentista.
    Esta com uma inflamação na gengiva, procurei um dentista hoje e ele abriu o dente para fazer a drenagem e iniciar o tratamento de canal.
    O que eu fiquei grilado foi que ele deixou o dente aberto e não me falou nada sobre colocar algodão nem para fazer as refeições e pediu para eu retornar na quinta feira.
    Minha preocupação é de ter algum problema futuro por o dente ficar tanto tempo aberto e exposto. Será que corro algum risco nesse procedimento?

    • dicasodonto disse:

      Apenas evite comer sobre o dente para evitar possíveis fraturas. Se quiser pode colocar uma bolinha de algodão sobre o buraco quando for comer. Isso evita que o buraco do dente seja entupido com restos de alimento e pare de drenar. Se você tiver tomando antibióticos, acredito que você não terá problemas futuros. Inclusive a discussão deste Post é exatamente sobre isso: Fechar ou deixar aberto. Se você vai ser atendido logo nesta quinta-feira, acredito não haver problemas. Se algum dentista discordar do que estou falando, fique à vontade! Abs

  10. Anônimo disse:

    Pessoal,
    Não sou dentista…
    Estou fazendo tratamento de canal e pelo visto acredito que vou ter q rancar o dente e implantar.
    Há uns 3 meses atrás, comecei o tratamento…. foi feita a drenagem no dente e colocado curativo (algodão com medicamento). Era pra ser o último curativo e logo em seguida fazer a peça.

    Como o dente com o curativo estava doendo muito, mesmo tomando medicamento, resolvi eu mesma tirar o curativo, depois de 2 dias… Aliviou um pouco, mas ainda ficou dolorido nos proximos dias… Depois o dente voltou a normalidade…Não sabia que não podia ficar com o dente aberto, nem que tinha que colocar um algodão para alimentar… Como o dente não doía, demorei retornar ao dentista…

    Após 3 meses resolvi retornar (com o dente aberto)… O procedimento de canal foi feito e foi colocado curativo, a princípio o dente estava normal e já poderia ser feito o procedimento da peça na próxima sessão.

    Porém, não aguentei de dor depois que a anestesia passou o efeito, no mesmo dia senti fortes dores, a noite e no outro dia… até que não aguentei e ranquei novamente o curativo… a dor não ia embora e resolvi ir num dentista de plantão, já que era FDS.
    O dentista tirou radiografia e me mostrou que o canal havia ultrapassado o dente e atingido a geniva ou osso, sei la.
    O dente em volta apresentava várias lesões… o dentista me alertou que provavelmente meu canal vai dar problema e que talvez fosse necessário implantar o dente.

    Eu sei que a dor é horrível e gostaria de saber se há alguma alternativa para tratar o dente (canal) e recuperá-lo sem ser necessário o implante.

    Obrigada.

    • dicasodonto disse:

      Muito obrigado pelo seu comentário. Primeiro de tudo: Você está fazendo canal com um especialista em canal (endodontista)? Segundo: Pode ser que nesses 3 meses que você ficou sem voltar ao dentista que o canal tenha infectado novamente (muito provável). Outra coisa: essa dor poderia ser amenizada com remédios? O seu dentista receitou algo? Se seu dentista não for um especialista, sugiro procurar um para ver sua opinião antes de extrair o dente. Boa Sorte.

  11. Anônimo disse:

    Acredito que o dentista seja especialista, mas não tenho certeza. Estou tomando Nimesulida 100 mg, que aliviou bastante a dor agora. Minha dúvida é quanto ao tratamento de canal ser viável ou não, em razão da perfuração do dente, atingindo o osso no maxilar. Fico preocupada se o dente irá escurecer com o tempo, dando alguma infiltração, ou se poderia causar dores posteriormente à colocação da peça? Obrigada.

    • dicasodonto disse:

      Como não sou especialista em endodontia não sei responder com certeza. Vou jogar sua pergunta num grupo de endodontistas do Facebook e assim que eu tiver uma resposta, publico por aqui. Obrigado!

    • dicasodonto disse:

      É… Fica muito difícil avaliar ou falar algo sem ver uma radiografia. Porém, se o dentista for especialista em canal e tiver certo de que o dente pode dar certo e ainda, você confia nele, pode ir para o próximo passo. Claro, que você pode falar com o seu dentista em chances de salvar o dente, pois 100 % certeza, ninguém pode dar. Boa Sorte.

  12. Priscilla Horta disse:

    Acho que esse assunto cai também na mesma linha de : instrumentação única de canal ou instrumentação em fases. A minha opnião é a mesma nesses casos todos : depende da sua formação , do caso do paciente e da sua experiência clínica. Acho que no final , quando bem executado , o resultado provavelmente será o mesmo : um tratamento com êxito. Maaaaas , euzinha aqui , prefiro fazer acesso e sanitização dos condutos , um pequena instrumentação e/ou drenagem , medicação na bolinha de algodão , fechamento com curativo e prescrição quando necessário. Parabéns pelo tópico. Abraços.

  13. Pingback: Caso Clínico: Dente Aberto no SUS | OdontoDivas

  14. Alexsandra disse:

    Boa Noite, por favor preciso de uma orientacao. Ha um mes atras senti, durante uma semana, muitas dores no dente superior do lado direito antes do ultimo dente. E como eu estava de ferias numa outra cidade, eu entrei na primeira clinica que vi na minha frente. O dentista avaliou e me disse que ele iria comecar um canal e que essas dores que eu estava sentindo seria talvez de uma pressao no dente mas que ele precisaria ver com mais detalhes. Entao ele fez um RX do dente e confirmou que eu precisaria fazer um canal, mas que ele iria fazer naquele momento somente a abertura do canal ( curativo ) e quando eu chegasse na minha cidade eu deveria terminar. Entao ele aplicou-me anestesia e comecou a furar meu dente. No final ele disse que tinha uma boa noticia, me disse que a raiz do meu dente estava viva. E fechou o buraco com massa. Eu nunca havia feito um canal na minha vida. Sai de la e meu dente ja nao doia mais. Ele recomendou anti-inflamatorios tambem. Depois de um mes, hoje, fui ao dentista da minha cidade e ela analisou bem meus dentes e ficou espantada. Ela disse que meus dentes sao perfeitos, nao sao cariados e nao necessitavam de canal. Ela tirou RX do dente que o dentista de outra cidade comecou o canal, e ela me confirmou que o dentista nao deveria ter feito isso, pois meu dente estava bom. E o meu problema nao sao nos dentes, mas sim na gengiva, pois eu tenho periodontite e que eu preciso tratar. Agora eu so posso continuar o canal que este primeiro dentista fez depois que eu o tratamento com o periodonto for concluido para que nao haja infeccao de bacterias no meu futuro canal. A minha pergunta ‘e a seguinte. Esse primeiro dentista que furou meu dente sem necessidade estava certo em iniciar um canal ( furar meu dente. Ele nao tirou a polpa )? Pois meu dente estava bom, assim como todos meus dentes da minha boca. As dores passaram mas agora esta dentista tera que fazer o canal num dente bom que nem precisaria de canal. Eu posso processar esse dentista? Por favor, me responda. Eu agradeceria muito.

    • dicasodonto disse:

      É um pouco difícil dizer sem olhar a radiografia tirada pelo primeiro dentista. Primeiro: havia infecção na região desse dente (sensação de inchaço ou rosto inchado)? Este dente tinha alguma obturação? O que você pode fazer é procurar um terceiro dentista para avaliar o caso antes de realizar qualquer tratamento. Se esse outro dentista concordar que o dente foi aberto equivocadamente, você poderia processar o primeiro dentista porque isso é uma relação de consumo e tem obrigação de fim. Para termos 100% de certeza teríamos que ver aquela radiografia tirada antes do primeiro dentista abrir seu dente (essa radiografia é crucial para o deslinde da ação). De qualquer forma, se você resolver processar, por ser relação de consumo, quem tem que provar que fez a coisa corretamente é o primeiro dentista. Se houver outra dúvida, pode nos contactar pelo e-mail odontoduvidas@gmail.com. Boa sorte.

      • IRENE disse:

        Boa noite.
        Sou especialista em Odontologia Legal e membro da Comissão de Ética do Conselho de Odontologia.
        Estou realmente sem palavras para descrever estas “consultas” realizadas através da internet, sem o menor conhecimento do caso concreto discutido.
        Gostaria de esclarecer ao colega acima que, de acordo com o Código de Ética, constitui infração: dar consulta, diagnóstico ou prescrição de tratamento por meio de qualquer veículo de comunicação de massa, bem como permitir que sua participação na divulgação de assuntos odontológicos deixe de ter caráter exclusivo de esclarecimento e educação da coletividade.
        Como você pode deduzir se cabe a um paciente processar ou não o seu dentista sem ao menos conhecer as circunstâncias técnicas do caso?
        Como você pode afirmar que a odontologia tem a obrigação de fim???? Caro colega, a jurisprudência maioritária entende que, principalmente em casos onde não estão envolvidas a estética exclusivamente, a nossa obrigação é de MEIO. Ou seja, tentar fazer o melhor possível para que se alcance o resultado final. Não traga para a nossa classe uma responsabilidade que de fato não é nossa! Principalmente quando envolvemos questões biológicas!
        Fico extremamente desmotivada e preocupada quando percebo que alguns colegas fazem afirmações ou até julgamentos, denegrindo a conduta do outro.
        JAMAIS critique um tratamento sem saber as circunstâncias em que ele foi feito.
        Assim você evita que outros colegas façam o mesmo em relação ao seu trabalho.

        • dicasodonto disse:

          Prezada Dra. Irene, primeiramente, acredito que eu não tenha me expressado com clareza, pois nunca fiz e nem tive intenção de fazer consultas via Internet. Na verdade, o blog serve para educar e esclarecer a coletividade. Em nenhuma postagem ou comentário do blog dei diagnóstico, consulta ou prescrição de medicamentos ou tratamentos. Muito pelo contrário. Como a senhora pode perceber, eu sugeri que a paciente procurasse um terceiro profissional a fim de ouvir uma outra opinião, sem manifestar a minha. Pessoalmente, de acordo com o que a paciente relatou, concordo com o procedimento do primeiro dentista, pois ele resolveu a dor da paciente. Quanto à jurisprudência, no estado de São Paulo, o Tribunal de Justiça, infelizmente, vem entendendo que a obrigação do cirurgião dentista é de fim e que sua relação para com o paciente é de consumo. (Apelação – 0005896-51.2004.8.26.0562, Rel. Des. João Camillo de Almeida Prado Costa, jul. 01/10/12 – https://esaj.tjsp.jus.br/cjsg/getArquivo.do?cdAcordao=6242002&vlCaptcha=mxamx) . Concordo plenamente com o fato de que jamais devemos julgar tratamentos de outros colega. Volto a repetir: em momento algum fiz julgamento dos dentistas, apenas orientei sobre as possibilidades existentes. Agradeço o comentário, pois esta troca de informações enriquece muito o blog Dicas Odonto.

          • Sheila disse:

            Parabéns pelo blog…..Sou um paciente que estou indignada com a conduta de um profissional…fiz um curativo, e a dor piorou, fui novamente ao dentista, do qual me olhou, me fez vários questionamentos sobre a dor que estou sentindo…e disse que para ele eu não estava com dor…meu Deus, como pode dizer isso….sendo que este profissional não foi o que tinha feito o curativo do dia anterior….como julgar a Dor do paciente…disse que não iria fazer o canal…abriu o curativo, disse que havia drenado, porém, esta drenagem não durou
            nem 10 minutos…e a dor continua….mas com certeza não volto neste profissional……Parabéns pela iniciativa, concordo com um dos colegas disse : BOM SENSO…sempre….a Teoria deve ser seguida…porém, na prática muitas vezes pode ser diferente….

            • dicasodonto disse:

              Olá Sheila. Procure um especialista em endodontia (canal). O que a gente quer mostrar com esta discussão é que saúde não é uma ciência exata “preto no branco”. Não é igual para todo mundo e depende de uma dezena de variáveis. É preciso aliar conhecimento clínico, com conhecimento científico e tentar resolver as situações da melhor maneira viável no momento para que a dor do paciente seja controlada. Depois veremos o que fazer para que o problema não volte. Boa sorte.

  15. Pingback: Deixar ou não o dente aberto, eis a questão #2 | DicasOdonto

  16. Gisele disse:

    Entao, eu tb não sou dentista, apenas paciente e leiga, mas já passei pelas duas experiências (deixar aberto e fechado) e tive reações diferentes: aberto com dor e sem dor e fechado com dor e sem dor, ambos com medicação anti-inflamatória e antibiótica. Inclusive hj vou fazer canal em dois dentes, nos dois pré-molares superiores, direito e esquerdo, trocar as restaurações para resina e fazer mais alguma coisa que o meu dentista falou que precisa… acho interessante citar que numa relação entre um profissional de saúde, qualquer um mesmo, até mesmo outros profissionais como da Estética e etc., é preciso haver CONFIANÇA. Vejo muitas pessoas que já saem de casa desconfiadas e aí, qq coisinha q acontece contrário ao esperado PELO PACIENTE já é motivo para processos, brigas e etc. Sempre fui bem atendida por dentistas: já teve desde o mercenário, que antes de abrir minha boca queria saber onde tava meu cheque e teve aquele que, na confiança, me atendeu e deixou o pagamento pra ser resolvido com calma, mais tarde, depois que a pressão do tratamento passasse (pq um tratamento dentário pode ser algo traumatizante, duvidar perdemos até o rumo de casa!!!). Sou do tipo que acredita sempre na boa-vontade dos profissionais e se algo der errado, vou com calma procurar saber o que aconteceu e depois talvez procure outro.
    Acho que processar um profissional da área medica… só em último caso e com comprovação de negligência, imperícia ou imprudência, sabe… esses profissionais de urgência fazem o possível naquele momento para aliviar a dor do paciente. Se for em PS público, coitados, às vezes nem têm material necessário… aqui na minha cidade não tem RX no PS Odontológico…. então vamos dar uma colher de chá e pensar no quanto esses profissionais lutam muitas vezes sem armas para nos confortar….

  17. Gisele disse:

    E outra coisa que eu reparei é que a pessoa vai na urgência, faz o curativo ou procedimento necessário e o dentista fala: vc tem que procurar um endo com urgência… mas, como a dor passou, tá conseguindo comer direitinho… deixa pra procurar um mês depois, três, quatro…. eu sei que em muitos casos a pessoa não tem $ na hora, mas se é urgente não é pra um mês depois: outra vez entra a confiança! Se vc tem um dentista de confiança e explicar pra ele o que aconteceu, duvido que ele não te trate e te dê um prazo necessário para o pagamento! O meu dividiu em 3 vezes e me deu um prazão pra entrada, pq eu tava sem $. Falta confiança, sobram dúvidas e acusações….

    • dicasodonto disse:

      Muito obrigado por relatar suas experiências! A gente tem poucos comentários de pacientes aqui no Blog e fico muito contente quando alguém deixa um comentário tão legal quanto o seu. Concordo plenamente com a parte da confiança. A gente tem que entender que em saúde nada é 100 % certo. A gente faz um procedimento esperando um resultado e às vezes o corpo do paciente responde de outro, totalmente inesperado. Dentistas devem mesmo facilitar o tratamento, pois a gente sabe que tá difícil para todo mundo. Boa sorte em seu tratamento!

  18. Anonimo disse:

    Olá,não sou dentista mas já tem mais ou menos 7 meses que meu dente esta aberto,será que isso é correto?min ha dentista num terminou ainda meus dentes,e o outro canal que ela terminou nem durou mto tempo,quando passei o fio dental saiu TUDO,a resina com as borrachinhas laranja,ela limpou novamente colocou curativo e marcou para um mês ápos,mas quando foi o dia de marcar ela ligou desmarcando dizendo que o dia que podesse me atender ligaria.Eu já quitei tudo já fez um ano,isso é correto que ela esta fazendo?e seria normal sair tudo estas borrachinhas de uma vez?me ajudem ficarei grata

    • dicasodonto disse:

      Deixar o dente aberto por 7 meses não está correto e não é isso que pregamos no Post. O dente fica aberto apenas para deixar a fase aguda da infecção passar, ou pleo menos o tempo necessário para que os antibióticos comecem à fazer seu efeito. Converse com sua dentista para ela explique o porquê de tanta demora. Caso não haja acordo, sugiro que você peça seu dinheiro de volta e procure outro profissional, de preferência um especialista em endodontia (canal). Boa sorte.

  19. guydion disse:

    Boa noite, meu nome é Guydion , sou paciente !
    Já tive experiências traumatizantes com dentistas , e hoje com ~4 canais a fazer , tenho muito medo de ir ao dentista .
    Tenho uma vontade muito grande de tratar todos os meus dentes para voltar a visitar o dentista periodicamente porém “fazer canal” é um carma para mim …
    Tudo começou a uns anos , quando fiz meu primeiro canal .
    Creio que o dente estava inflamado , mas a dentista nem passou anti-inflamatório nem nada
    abriu o dente no dia em que fiz orçamento .
    Nossa ! A dor da anestesia na polpa me consumiu .
    Mas depois dessa dor o tratamento foi tranquilo e eu nunca senti dor após as sessões , nunca precisei fazer uso de analgésicos .
    Então , com medo do maldito canal , eu ainda tinha 2 a fazer , e como nada doia mais , abandonei o tratamento .
    Procurei outro dentista para retomar o tratamento , porém não tive sorte , ele agarrou a broca no meu dente e ficou mexendo pra lá e pra cá tentando puxar , aquilo me deu uma agonia infernal , e eu tomei um medo de dentista que me fez não voltar mais la .
    Hoje , aqui estou eu , querendo tratar meus dentes ,sentindo dores e com medo .
    Por ter tido o maldito azar de encontrar profissionais que não estavam nos seus “melhores dias”
    Queria saber , se é normal essa fobia por essa especifica anestesia – porque todos os outros tratamentos e anestesias eu levo numa boa -, se acontece com muitos pacientes ou se eu sou um caso isolado .
    E se há uma medicação que faça essa coisa doer menos , creio que sou muito sensível a dor .

    • dicasodonto disse:

      Olá Guydion. Ter medo de dentista é muito comum e alguns procedimentos são doloridos mesmo, dependendo do estado do dente. A anestesia está aí para ajudar nestes momentos de dor e quanto mais você esperar, maior a chance de você ter problemas maiores. Tente um outro profissional. Faça uma consulta apenas para conversar e para ele poder avaliar seus dentes. Veja se você pega confiança, pergunte bastante para tirar todas as suas dúvidas, mas faça isso o mais rápido possível. O fim do ano está chegando e muitos dentistas saem de férias. Vença seu medo com confiança e muita conversa. Tenho certeza que você achará um profissional bom que tratará de você com respeito e dignidade. Boa sorte.

  20. vanessa disse:

    Olá!
    Vou colocar um aprótese fixa de um dente, para isso estou fazendo canal nos dois dentes ao lado, os quais não doiam, só eram obturados.
    Depois da primeira sessão do canal, meu dente dói muito, não comer e nem encostar um dente no outro, ou seja fechar a boca direito.
    O que será que deu errado ou é assim mesmo.
    A minha dentista falou que poderia doer um pouco, mas que com um analgésico melhorava, mas estou há três dias tomando dipirona e nada…
    Me ajudem, dói muito,

    Obrigado
    Vanessa

    • dicasodonto disse:

      Você precisa relatar isso para sua dentista – dizer que os remédios não estão fazendo efeito e ela poderá avaliar o que está realmente acontecendo. Normalmente, um tratamento de canal não deve doer tanto. Quem sabe o provisório ou curativo tenha ficado alto? Recorra à sua dentista, que com certeza ela lhe dará suporte para resolver esta dor. Boa Sorte.

  21. Ana disse:

    Olá, terminei o tratamento de canal semana passa e a dentista colocou aquele curativo para poder fechar o dente, mas o curativo saiu!! será que vai dar algum problema? não esta doendo, o pior que ela esta de ferias e a minha consulta so vai ser dia 10 de janeiro. Obrigada!!

    • dicasodonto disse:

      Pode dar problema sim! Procure um pronto socorro odontologico para, pelo menos, colocar um novo curativo. O canal pode reinfectar ou o dente pode fraturar! Boa sorte!

  22. Luciane disse:

    Olá, que bom que eu encontrei este espaço.
    Sou paciente e creio que meus dentes são muito fracos, mesmo cuidando da higiene, sempre que vou ao dentista, tem algo para fazer….
    Bom eu estou tratando um dente que já foi feito canal ha muitos anos, mais de 15 anos, ele esta todo amarelo, escuro e feio, e o pior: é o dente da frente, embaixo, o 2º contando a partir do meio, lado direto meu.
    este dente começou a doer, mas eu não liguei muito, passaram-se os meses, e a dor ficou insuportável… parecia que todos os dentes de baixo, do mesmo lado estavam fora do lugar, encavalados, não conseguia nem tocar…
    fui À dentista, que já tratei outra vez, ela fez radiografia e disse que tinha um cisto na raiz do dente teria que abrir o canal e fazer tudo de novo… tomei remédio analgesicos(sou alérgica a penicilina) e depois de fazer o curativo, fechou o dente.
    mas no dia mesmo, a dor estava grande, fui tomando o analgésico ( ibuprofeno a cada 6 horas, e ) a dor não passava, após as 6 horas ela voltava, então voltei lá no dia 3 de janeiro, ela deixou o dente aberto, o que me deu um grande alívio, pois desde então não precisei mais do remedio )já tinha tomado 3 cartelas, uma caixa e meia!!!!!!). pediu para colocar algodão quando fosse comer, empurrar bem com palitinho para não sair.Às vezes, doi e sai uma água azeda, é assim mesmo?
    Mas na gengiva, embaixo está uma bola pequena, dolorida, acho que é o cisto. Vou voltar nela 4{ feira, para tratar, ela disse que se não resolver, vou perder o dente e ter que por implante.
    Eu já perdi outro dente por causa de cisto!!!! Vou perder mais um?
    E porque eu tenho esta facilidade en ter cistos? o outro dente eu não implantei nada, só extraí.é do fundo e não aparece. Agora esse não dá né? Se não der certo, tem que fazer.
    Porque aparece o cisto? como fazer?
    Outra coisa: do lado que eu perdi o dente, que é o mesmo lado deste dente,seria o 4ºdente depois dele, a gengiva está bastante encolhida.e as raizes dos dentes, bem aparecendo…e sensíveis demais..
    Obrigada pelo espaço, nunca vi nada igual e achei muito bom.
    se possível eu for respondida, gostaria muito.
    Se der para responder no email tb, seria bom, tenho medo de não encontrar esta página novamente.
    Muito obrigada pela atenção.

    • dicasodonto disse:

      Bom, primeiro de tudo obrigado pelos elogios ao Blog. Esperamos que você continue acompanhando e compartilhando nossas postagens sempre!
      Sobre um dente com canal feito há muito tempo, pode ser que o dente tenha dado algum problema que infectou novamente ou até mesmo uma fratura. No seu caso, acredito que o que estão aparecendo são abcessos e não cistos. Isso só dá pra saber olhando para as suas radiografias. Nesses casos, pode-se tentar refazer o canal ou optar pela extração do dente e implante. Você ser alérgica à penicilina não é problema. Existem outros antibióticos que não derivam da penicilina como a Clindamicina ou a Azitromicina.
      Não tenho como explicar o porquê dos dois abcessos. Eles podem ser de muitas causas diferentes. Só poderia saber tendo um histórico médico e odontológico mais detalhado, junto com exames como radiografias e exame clínico.
      No seu caso, foi interessante deixar o dente aberto para a saída do pus (“água azeda”). No caso de você não fazer implante no dente de trás porque não aparece: Você não deve pensar assim. O dente de trás não aparece, mas é muito importante para a mastigação e para a estabilidade de sua mordida. Ele DEVE ser reabilitado também! Converse com sua dentista sobre suas dúvidas. Sobre suas retrações nos dentes da frente, não dá para falar sem avaliar. Você pode tentar usar pasta de dente para dentes sensíveis e ver se eles melhoram a sensibilidade. Boa sorte! Salve nossa página nos seus favoritos! Assim, você não perde a gente!

  23. Gustavo disse:

    Olá,boa noite.
    Bom,estou iniciando um tratamento de canal,faz mais de um mês e a minha dentista primeiro fez uma urgência em dois dentes, aplicou a anestesia ,abriu meu dente,limpou e e até ai nao senti dor em um deles no outro dente q ela fez o mesmo procedimento eu senti dor mesmo com a anestesia e ela aplicou uma outra anestesia(creio eu que na polpa) e disse q essa ia encomodar um pouco e doeu bastante.
    Saí do consultorio com dor nesse dente e ela me receitou amoxilina 500mg por 5 dias.
    Passei a tomar a amoxilina e a dor passou,mas depois de uns dias a dor voltou com tudo.
    Voltei na minha dentista e ela disse q estava infectado meu dente e nao poderia fazer o canal naquele momento,ela tirou o curativo e limpou novamente.Hoje voltei nela e ela disse que meu dente já estava pronto pra fazer o canal pois tem um negócio que ela coloca no dente(não sei o nome)já estava seco e nao estava sangrando,mas eu ainda estou sentindo dor,ela limpou mais e colocou outro curativo nomavente.

    Gostaria de saber o que pode ter acontecido,pois a dor não para

    Obrigado.

    • dicasodonto disse:

      Olá Gustavo. Infelizmente, fica difícil de falar o que está acontecendo apenas pelo seu relato. Quem melhor pode explicar o que está acontecendo com seus dentes é a sua dentista. Tem casos onde a dor do canal é meio chata de controlar por questões de diagnóstico ou tempo de inflamação ou infecção. Ás vezes, mudando a medicação, a dor pode ser controlada de uma maneira mais eficaz. Tire todas suas dúvidas com sua dentista. Tenho certeza que ela poderá explicar o que está havendo. Boa sorte.

  24. Paul disse:

    Boa tarde,

    gostaria de parabenizá-lo pela inciativa de manter este espaço de ‘tira-dúvidas’,realmente muito interessante.
    Bem meu problema é o seguinte mina filha de 6 anos reclamou de dor no dente se não me engano 65 levei-a a uma clínica onde uma jovem dentista a atendeu e deu anestesia limpou o dente e restaurou, mas a menina continuou a reclamar de dor no dia seguinte a levei de novo e me disseram que a dor por ter mexido no dente duraria 3 dias+-,porém começo a inchar a gengiva e a bochecha me apavorei e levei de novo receitaram um antibiótico Eritrex(é alérgica a penicilina) já na quarta dose mais de um dia de medicação e o inchaço não regredia portanto levei de novo outra jovem dentista a atendeu abriu o dente e constatou que o problema não era no de leite mas sim se não me engano no folículo do permanente (algo assim) e resolveu drenar o pus cortou a gengiva e colocou um dreno, só que no dia seguinte ao ‘buchechar’ Deriogard o dreno caiu junto com o ponto dado e a menina está sem febre e já um pouco desinchada, pergunto os procedimentos que foram muito doloridos foram corretos, será que o antibiótico está fazendo efeito,levo-a novamente a fim de colocar novamente o dreno(medo) a dentista me recomendou aguardar a resposta do sistema linfático da minha filha mas confesso que estou assustada até porque a dentista estava tão assustada quanto eu, me recomendou até ir a emergência, mas no fim não fomos pois ela conseguiu falar com uma especialista em odonto pediatria que falou que o procedimento foi correto, será que está tudo certo?

    Obrigado, e aguardo resposta!

    • dicasodonto disse:

      Olá Paula. O melhor que a senhora pode fazer, na minha opinião, é ir direto em um(a) odontopediatra, especialista em crianças. Casos como esses abcessos, às vezes, são chatos de resolver. Sobre avaliar se os procedimentos feitos pelas dentistas foram corretos ou não, eu não poderia dizer por dois motivos – um por causa da ética profissional e outro – porque eu não estava lá, no momento em que elas atenderam sua filha. Certas vezes, o diagnóstico desses problemas são difíceis, mas toda sequência de tratamentos e antibióticos está levando à cura dessa fase mais aguda do problema do dente – que é a mais dolorida. Agora que a dor está amenizada e o inchaço está diminuindo, acho melhor achar mesmo um(a) especialista em crianças ou mesmo especialista em canal (endodontista) para ver quais seriam os melhores passos à partir de agora. Boa sorte e muito obrigado pelo seu comentário.

  25. Lanna Duarte disse:

    Sou endodontista e atendo urgências em uma unidade básica (PSF), mas não urgência plantonista, ok??
    Sabe o que eu vejo: os procedimentos endodônticos não são realizados adequadamente nas unidades de urgência, não se remove tecido cariado, não se faz abertura coronária adequada, não se faz drenagem. Aí “abrem” os dentes colocam uma pelota de algodão, entopem o paciente de antibiótico e antiinflamatório e mandam pra casa…na segunda estão lá na unidade básica com a mesma dor.
    Como endodontista meu procedimento consiste na desinfecção possível (pq convenhamos que existem muuuuitas unidades onde sequer existem cânulas endodônticas ou brocas adequadas para abertura coronária), MIC e vedamento da cavidade com cimento de oxido de zinco e eugenol (não gosto muito desses tipo coltosol, expandem demais!). Acredito que melhorando as condições de trabalho, com material mais adequado e atendendo SEM pressa (pq urgência não é sinônimo de pressa, né?), os problemas podem ser, em sua maioria, sanados…existem casos e casos, mas minha taxa de sucesso é alta.

  26. Melissa disse:

    Fechar, PELO AMOR DE DEUS!

  27. Sylvio disse:

    estou a mais de 5 ou 7 anos com meu dente que tinha um pino e caiu só que tinha feito canal a muitos anos nele , não doia mais de um tempo pra cá começou a doer quando vou comer alguma coisa o que vocês acham

    • dicasodonto disse:

      Acho que você precisa CORRER e PROCURAR um dentista. Pode ser que o canal tenha reinfectado ou pode ser que o dente tenha cariado. Ele está há 5 ou 7 anos sem o pino? Ele pode ter fraturado ou pode estar tendo um abcesso. Vá ao dentista para ele(a) fazer avaliação e tirar uma radiografia e ver o que está acontecendo. Coisa boa não vai ser, infelizmente. Boa sorte.

  28. andressa disse:

    Olá, estou morrendo de medo, eu estava com canal já no dente, fui ao dentista e ele fez um curativo, mas deixou meu dente aberto. Morro de medo de dentista, talvez seja porque tenho um trauma com dentistas pelo fato de que a minha seja muito estúpida, então fiquei enrolando para terminar o procedimento do canal, fiquei uns 2 meses de curativo, meu curativo caiu, fiquei 2 dias com ele aberto e no outro dia acordei com aquela dorzinha enjoada, a noite foi piorando e no outro dia já não estava mais aguentando, passei na emergência e minha dentista limpou um pouco e colocou curativo, mesmo anestesiada quando ela tava limpando não estava mais aguentando de dor, doeu muito mesmo, ela colocou o curativo e marcou minha consulta só dia 27 de março sendo que fui ao dentista dia 26 de fevereiro agora, ela me receitou dois antibióticos que mesmo assim não resolveu o problema da dor então estou tomando paracetamol que me ajuda muito por conta própria, fora os 2 antibióticos de oito em oito horas, não sei o que fazer até minha gengiva estava inchada e vermelha bem perto aonde imagino que acabe a raiz do dente, não sei o que fazer estou com muito medo de doer pois tomei 2 anestesias e ainda assim doeu só para limpar me ajudem tenho 17 anos e é meu primeiro canal e é no ultimo dente :((

    • dicasodonto disse:

      Ligue para a sua dentista imediatamente e volte lá antes do dia marcado. Alguns casos de canal são chatos de tratar, mas vc não pode ficar sentindo dor assim. Peça para q sua dentista receite um remédio para a dor também. Não se desespere, que alguns casos são complicados mesmo. Caso não resolva, sugiro q vc peça para sua dentista indicar um especialista em canal, se ela já não for. Boa sorte!

  29. Fernanda Soares disse:

    Pessoal! Nunca havia visto esse site… é uma maravilha!
    Vocês estão de parabéns! Neste momento, estou atrasada para ir a um curso mas os comentários feitos por outras pessoas não me deixam sair… são muitas dicas boas e não consigo parar de ler.
    Mais uma vez, gostaria de parabenizá-los! Ah, e o site já está adicionado em meus favoritos.

    • dicasodonto disse:

      Muito Obrigado Fernanda. Fico muito contente que nosso site está agradando. A idéia é justamente essa: abrir espaço para comentarmos diversos assuntos da odontologia, seja você paciente ou dentista. Continue sempre compartilhando a gente!

  30. Adolfo, o descuidado disse:

    Bom, tenho 43 anos e confesso que tenho realmente medo da dor nos dentes. Outras eu suporto bem, mas a de dentes… enfim. Fui à dentista hoje pela manhã com uma radiografia panorâmica e ela disse que tenho que fazer um canal no penúltimo dente do lado inferior esquerdo (acho que é o molar), uma remoção cirúrgica, entre outras coisinhas menores. Este dente tem 4 raizes não é isso? Tenho um “travamento” em relação à tratamento de canal. Já fiz um num dente com uma única raiz e jurei pra mim mesmo que não faria isso de novo.
    Quase tive um infarto quando tive as duas notícias: O valor e a Dor. Estou quase decidido a extraí-lo, pois além de ser muito caro o tratamento do canal, o processo de dor, pela minha experiência anterior, deve ser insuportável (4 raizes!!!!). É o preço que pago por não ter cuidado dos meus dentes quando devia. Fica a dica, crianças e jovens. Prevenção é a palavra. Evita gastos e dores futuras.
    É realmente uma pena que ainda não exista um processo menos dolorido para tratamentos nos dentes. Se pudesse, eu tomava uma anestesia geral e fazia tranquilo.. Parabéns pelo blog e abraços a todos

    • dicasodonto disse:

      Há quanto tempo o senhor fez tratamento de canal, Adolfo? A odontologia evoluiu. Um tratamento de canal hoje não pode ser dolorido assim. Se o dente for um molar ele tem 2 raízes e 3 ou 4 canais, geralmente, mas não precisa pensar assim:”Um canal doeu, 4 canais via doer 4 vezes mais”. A odontologia evoluiu muito nos últimos 10, 15 anos. A anestesia local é mais do que suficiente para amortecer a região durante o tratamento de canal. Se doer, reclame, avise ao dentista que com certeza ele dará mais anestesia até que o paciente fique bem anestesiado. Vai com fé e trata este canal. Este dente é importante para sua mastigação. Extraí-lo vai causar mais mal à longo prazo do que fazer o canal e a coroa. Assim sua mordida será restabelecida e você vai evitar novos procedimentos na região. Boa sorte.

  31. Edimara disse:

    Olá Boa tarde!
    Meu dente estava obturado, quando começou a doer muito, ao consultar o dentista passou nissulide e ouve um inchaço e apareceu um cisto no Dente, e tive q recorrer a outro dentista, pois a mesma só se encontra uma vez por semana em seu consultório, esse outro dentista me passou amoxicilina para tomar junto com o outro medicamento, e abriu o dente, faz 13 dias que o dente se encontra aberto somente trocando o algodão com medicamento e lavando com aguá oxigenada, hoje ele colocou remédio e disse q segunda ira fechar e também gostaria de saber se e normal não sentir dor durante o tratamento nem na abertura nem ele tirando a poupa, onde ele so fez o procedimento 2 veses e já vai fechar segunda sera q esta mesmo tudo em ordem

    • dicasodonto disse:

      Olá Edimara. Você não está sentindo dor porque a polpa do dente já está necrosada. Nestes casos que acontece inchaço e o dentista entra com antibiótico. Pelo seu relato me parece que está tudo nos conformes. Agora o dentista só precisa finalizar o tratamento de canal. Mais um caso onde o dente ficou aberto para que o momento mais agudo passasse para depois obturá-lo. Boa Sorte.

  32. Edimara disse:

    Olá fico muito grata pela informação.

  33. Erika disse:

    Boa tarde, fiz um tratamento de canal hoje, (25/04/2012), durou uma hora, o dentista é especialista em canal, fez o curativo, não senti dor alguma durante o procedimento, nem sequer no momento da anestesia. Aliás, quando fui para o consultório, nem estava sentindo dor. Foi tudo perfeito. Estava tão feliz…Mas quando cheguei em casa, mais ou menos duas horas depois, quando passou o efeito da anestesia, comecei a sentir uma dor violenta na gengiva (não nela toda, apenas perto da área do dente em que fiz o canal, era nesse local que eu sentia a dor antes de fazer o canal). É claro que tomei os remédios que o dentista prescreveu, mas ainda está doendo muito. Isto é normal? Neste momento, faz quase três horas que já fiz o tratamento.
    O dentista, como eu disse, é especialista em canal, altamente qualificado.

    • dicasodonto disse:

      Olá Erika. Mesmo o melhor especialista do mundo não tem como prever se o seu procedimento vai doer ou não. Neste caso, sugiro ligar para o dentista para que ele possa orientá-la sobre medicações mais potentes contra a dor. Isso acontece em alguns casos, infelizmente, não temos como ter controle de tudo. Boa sorte.

      • Erika disse:

        Obrigada. Já se passaram quase 5 dias e a dor amenizou bastante, mas sempre há uma parte da minha gengiva que continua doendo, para ser mais específica, a área bem próxima ao dente em que foi feito o canal. E eu não sei se devo voltar lá para que o dentista me diga o que está acontecendo ou se essa dor é normal e passará em algumas semanas. Eu só estou comendo com um dos lados da boca, pois nem tenho coragem de comer com o dente do canal.

        • dicasodonto disse:

          Você deve voltar ao dentista para que ele esclareça suas dúvidas. Após os primeiros 7 dias, pode haver dor após tratamento de canal, mas ela é bem controlada com medicamentos. Você deve voltar, devagar, a mastigar sobre o dente do canal. Ele deve ser um dente como qualquer outro. Apenas tome cuidado com coisas muito duras como caroço de azeitona, por exemplo, pois depois de restaurado, o dente fica um pouco mais fraco do que antes. Fora isso, deve voltar ao normal, sem medo de mastigar em cima e sem dor. Boa Sorte.

  34. Bruna Marc disse:

    Bom Dia, Hoje é dia 27-04-12. certo. Ontem a noite meu canal caiu, fiquei desesperada não sabia o que fazer, Fiz esse canal quando tinha 14 anos de idade e nunca mas voltei ao dentista até porque ele disse que não havia mas necessidade de revisão, nada. Enfim Meu dente tem dois furinhos enormes, quando o bloco caiu levou todo o meu dente, então ficou mas ou menos assim, uma parte ainda, um pedaço ainda na gengiva, com aquele buraquinho profundo, e sangra um pouco. Não dentro, mas sim a gengiva. Enfim só posso ir ao dentista dia 28-04 porque hoje não tenho condições financeiras, como eu ia saber, certo?! Sou leiga no assunto, vejo profissionais discutindo sobre deixar aberto ou fechado e vou fazer a mesma pergunta que eu fiz ao meu dentista a 3 meses atras, quando fui fazer uma obturação, perguntei: Dr José o senhor já fez tratamento de canal ? Ele respondeu: Não- Meus dentes são perfeitos, nunca fiz. Então olhei assim pra ele e disse então de graças a Deus, porque é uma dor tão insuportável, que lateja a todo momento, a cada segundo, e quando você pensa que tá passando a dor é quando ele volta com mais intensidade e a vontade que você tem além de tacar sua cabeça na parede e desmaiar só pra não sentir a dor por um milésimo de segundo e de extrair. Ele olhou pra minha cara e riu. Enfim eu particularmente vou da minha opinião, Esse meu dente que acabou caindo, antes ele estava super inflamado e tomei cefalexina foi o que o dentista receitou, e outros que esqueci o nome e fazer bochecho com Malvona enfim, fechado e inflamado com abcesso é a pior dor do mundo. Ele esta aberto agora e meu maxilar esta doendo, tenho medo dessa dor se agravar. Vai muito do paciente também, Conheço pessoas que nem precisam de anestesia pra fazer uma obturação, ou até extrair, eu sou totalmente ao contrário tive que levar duas anestesias no local pra poder obturar. Vai de caso em caso, Mas uma dica, independentemente da gravidade do canal, deixe ABERTO. Uma coisa é você ser Dentista e outra coisa é você está na pele do Paciente. Beijos e me responda, Ok.

    • dicasodonto disse:

      Olá Bruna. Entendo sua chateação. O problema é que nada em saúde é 100% certo, infelizmente. Todos nós gostaríamos que fosse assim. Nosso trabalho seria bem mais fácil. A nossa discussão entre deixar o dente aberto ou fechado é para antes de fazer os canais – quando os canais não estão obturados. Quando o canal já está feito, deixar ou não o dente aberto não faz diferença na dor do paciente. Nesse casos é melhor fechar para proteger o tratamento realizado e evitar que o dente se quebre mais. Pretende-se que o canal dure a vida toda, mas em alguns casos não é assim. Usamos nossos dentes com muita frequência e restaurações são passíveis de fratura, assim como o próprio dente que nunca foi obturado pode quebrar se mordermos algo muito duro. Em saúde sempre há necessidade de revisão. Todos os dentistas e pacientes devem entender isso. Boa sorte.

  35. Eduardo jose disse:

    Boa noite
    Não sou dentista
    Eu tenho um dente infeccionado, porque sai pus na gengiva perto dele, mas eu não quero fazer o tratamento de canal se este for prescrevido pra mim, eu queria saber se eu posso optar pela extração desse dente, que uma vez estava perfeito a não ser pela incompetência de um “profissional” da área odontológica , aguardo a resposta e obg pela atenção

    • dicasodonto disse:

      Boa noite. Você pode optar pelo tratamento que você quiser. Cabe aos profissionais da área orientar que fazer um canal é melhor do que extrair o dente. Se você tiver uma infecção no dedo, você vai optar por tratar a infecção ou vai arrancar o dedo? Você resolve seu problema de um jeito ou de outro. O que vai mudar é o tipo de sequela. O que foi que o dentista fez neste dente para que ele ficasse assim?

      • Eduardo jose disse:

        Mais uma vez obrigado pela atenção, quando eu fiz uma obturação, esse dentista tinha furado o meu dente mais do que devia, daí passou um tempo a resina caiu, e como eu não senti nenhuma incomodação deixei esse problema de lado, passou mais um tempo e eu fui em outro profissional que me inspirou muita confiança , o mesmo me disse pra tratar o canal , mas eu tenho muito medo de dentista

  36. eny pires disse:

    Estou com uma amiga há 06 meses com um problema nos dentes, ou gengiva, ou não temos mais noção do que seja. Começou com uma dor insuportável nos dentes após uma limpeza nos mesmos. Voltou ao dentista que não viu nada nos dentes. Indicou um otorrino, pois para ele estava parecendo uma sinusite. Feito todos os exames, o otorrino indicou a volta ao dentista. Foram feitas radiografias e houve a tentativa de resolver a situação fazendo o canal. Continuou não adiantando nada. A dor é mais insuportável na madrugada. Optou-se então por extrair dois dentes, pois um do cizo parecia estar ficando mole. Os denters foram extraídos, porém a dor continua. Não sabemos mais a quem recorrer. Alguém pode nos dar uma idéia?

    • dicasodonto disse:

      Isso é um caso típico de falta de diagnóstico. Infelizmente, fica difícil ajudar sem olhar, fazer exame clínico e analisar os exames radiográficos. Procure um Pronto Socorro Odontológico especializado. Nestes locais os dentistas estão acostumados a lidar com casos de dor. Ela precisa fazer uma avaliação completa, não apenas olhadas e “chutes” em relação a tratamentos. Boa Sorte.

    • dicasodonto disse:

      O tratamento de canal é feito com anestesia e não deve doer. Pode haver alguma dor após o procedimento, totalmente controlada com medicação. O que dói é quando o paciente deixa uma cárie virar canal. Aí pode dar uma coisa chamada pulpite e vem com uma dor desgraçada!

  37. Gostaria de falar um pouco sobre o tratamento de urgência como foi proposto.
    O correto diagnóstico é que vai orientar o tratamento, o problema é que isso não é tão simples e na urgência onde temos que tomar decisões rápidas estamos mais sujeitos ao erro.

    1- pulpite.
    Se vc tem tempo na agenda- abertura, instrumentação e obturação.
    Se vc não tem tempo- Abertura, não instrumentar todo o canal( vc pode piorar) medicação e rest. provisória.
    2- pericementite. ( essa é dura viu!! )
    Se vc tem tempo_ abertura, instrumentação, obturação( se o canal secar)
    Se vc não tem tempo- Abetura, instrum. ( com patência) medicação e rest. provis.
    3- Abscesso.
    Esqueça o dente!!! drene o abscesso e deixe um dreno por 48 hs.

    obs. se vc tratar uma pericementite como um abscesso ou vice e versa as coisas se complicaram. portanto o segredo é o DIAGNÓSTICO.
    procurem estudar Marshall.

    forte abraço à todos
    em especial ao prof. Nilton.

  38. Julian disse:

    ME lembrou muito um video de meu professor da graduação.
    Grande Harry

    http://www.youtube.com/watch?v=brA-l2_BS0Q

    • dicasodonto disse:

      Volte ao seu dentista, pois o dente não pode ficar doendo dessa maneira após um tratamento de canal. Alguns tratamentos são um pouco sofridos devido a gravidade da infecção. Tenho certeza que ele poder resolver. Boa Sorte.

  39. jaciara guerra disse:

    olá boa noite semana passada comecei a fazer um tratamento de canal,onde o dentista mexeu acho que limpou disse até que ja tinha chegado no nervinho no começo a anestesia não queria pegar ai ele me disse que teria que da a anestesia dentro do dente e que doi muito mas ele deu ao seu redor a anestesia pegou então ele fez um curativo me passou antibiotico,.hoje voltei ao consultorio ele fez um rx e disse que estava um pouco inflamado e por isso nao ia mexer pq eu nao ia aguentar ador prescreveu nimesulida e disse pra voltar semana que vem e normal isso por o dente esta inflamado não mexer.

    • dicasodonto disse:

      Isso depende da conduta do cirurgião dentista. Às vezes, ele quer que a medicação intra-canal fique por mais alguns dias. Boa sorte.

  40. Gi disse:

    Boa noite.
    Gostaria de uma informação, se possível, e desde já lhe agradeço.
    Comecei um tratamento de canal ontem (segunda-feira), e devo voltar na próxima semana (também segunda-feira).
    Estou com um curativo, porém, agora pouco ao mastigar, notei que parte do curativo entrou um pouco dentro do dente. O curativo não caiu, apenas foi “empurrado” um pouco.
    Não tenho como entrar em contato com a minha dentista, pois ela falou que vai viajar ainda nesta quarta-feira em virtude do feriado de quinta-feira, pois se não fosse por isso, ela continuaria com o tratamento ainda nesta quarta.
    Existe algum perigo em estar com o curativo desta forma?
    Desde já agradeço.

    • dicasodonto disse:

      Se ele apenas “afundou”, não existe problema. É que fica difícil para a gente ver na própria boca se o curativo está selando bem o dente. Se ele não tiver caído ou soltado um pedaço, teoricamente, não tem problema. Boa Sorte.

      • Gi disse:

        Olá, tudo bom?
        Vim lhe agradecer o seu comentário. Graças a ele pude passar o último feriado com tranquilidade rsrs.
        Realmente só havia “afundado” o curativo, segundo a dentista.
        Tudo de bom!
        Abraços

  41. jake disse:

    Eu já tinha um canal no pré molar há mais de 5 anos, o bloco caiu com tudo e fui no consultório fazer raio x e a dentista disse q entre as raízes tinha uma pequena parte meio escura parecendo lesão de furca e que achava que o dente estava condenado e que não daria para fazer o retratamento do canal, daí me encaminhou para outra odonto especializada em canal que analisou o raio x e disse que a princípio daria para fazer o retratamento e após limpar o dente com o motorzinho e analisar o dente disse que realmente daria para retratar o canal, ela só limpou o dente, colocou curativo e receitou anti-inflamatório caso doesse e pediu para eu voltar na outra semana, só que o dente está doendo, uma dor latejante…o procedimento que ela fez está correto???
    obrigada

    • dicasodonto disse:

      Olá Jake. Não tenho como avaliar se o procedimento feito no seu dente está correto, apenas com seu relato. Em saúde, as coisas não são “preto no branco”. Existem várias abordagens para um mesmo tipo de problema. O melhor que você pode fazer é ligar para sua dentista, avisar da dor para ela, quem sabe, mudar sua medicação e confiar no tratamento. Ainda mais se você está passando com uma profissional que é especialista nesta área. Alguns casos são chatos de resolver mesmo. É preciso um pouco de paciência. Boa Sorte.

  42. jake disse:

    Esse precedimento foi ontem e só hoje começou a doer, já tomei o anti-inflamatório e a dor começou a cessar…
    É que andei lendo pela net, por curiosidade, sobre lesão de furca e por isso estava com dúvida se dente com lesão de furca poderia ser feito retratamento de canal…
    Mas na próxima consulta vou expor minhas dúvidas para a odonto.
    Obrigada pela resposta e gostei muito do site.

    • dicasodonto disse:

      Entendo sua desconfiança. Lesões de furca podem ser tratadas sim. O problema é que elas são de difícil resolução e geralmente tem um mau prognóstico. Isso não quer dizer que “não se trata lesão de furca”. Hoje, com o advento dos implantes, muita gente prefere partir para a extração ao invés de tratar. Tomara que dê tudo certo! Boa sorte.

  43. jose jorge disse:

    BOA TARDE.
    é verdade que o dente do siso nao tem funçao nenhuma se nao tem funçao por que meu dentista prefere fazer canal do que extraí-lo.

    • dicasodonto disse:

      Tudo depende, José Jorge. Se você tem ele saudável na boca e tem o siso de cima mordendo direitinho, por que você vai extrair um dente bom que serve bem na sua mastigação? Essa éa verdadeira pergunta que você deve fazer a você mesmo e ao seu dentista. Se fosse na minha boca, eu trataria o canal e deixaria ele na minha boca. Boa sorte.

  44. Thiago Nicacio disse:

    Olá… tenho uma dúvida… eu passei por uns dois dentista desde o ano passado até este…. fui para fazer limpeza e acabou que minhas obturação foram trocadas sem a minha consulta… o dente 23 tinha uma obturação de amalgamo, e foi abalado… tive que passar por processo de drenagem…. e por ai vai… fui recomendado a procurar outro dentista (obs: não recebi indicação, por parte do primeiro dentista)… o segundo que eu procurei, ele fez o processo de limpeza de 3 canal, e fez procedimento… e colocou uma massinha branca tipo um cal molhado que secou… mas atualmente quase não tem nada… ficou faltando colocar a coroa do dente…. bem qual o risco que eu corro se eu não colocar logo essa coroa…. visto que as vezes eu noto um gosto meio estranho e uma gastura…???????
    aguardo resposta… obrigado

    • dicasodonto disse:

      Nossa, que estranho. As obturações foram trocadas e você nem pagou por isso? Nem foi avisado? Quem fez isso não pode ser um profissional sério. Amálgama no 23? Estranho também, pois, o 23 é o canino superior esquerdo. Quem coloca amálgama em canino??? Ele ficou abalado por causa do dentista ou por falta dele? Pelo que parece, você deve ter feito um canal em algum dos molares, dente do fundo e foi colocado um curativo. Aí terminou? O dentista colocou o tal massinha e disse o que? Ele não pediu para que você voltasse ao 1º dentista e fizesse obturação (restauração) do dente? Se está com a massinha branca ainda, falta terminar e fazer a restauração definitiva. Procure seu 1º dentista ou qualquer outro para resolver seu problema. Isto se o canal não tiver reinfectado. Boa sorte.

  45. Rosania disse:

    Oi tudo bem?
    Bom me chamo Sara mihha mãe esta com obsseso no dente inferior o dente 23.Ela esta com muitas dores de cabeça,febre e dor no dente.O dentista fez todo o procedimento possivel e ainda não obteve um bom resultado,talvez ela precisa fezer extração lembrando que ela confia em seu dentista pois ela fez 10 iimplanes de uma so vez e não ouve nem um problema mais o dente 23 esta causando muitas dores.O que minha Mãe deve fazer?
    Bom espero sua resposta obrigado por tudo!

    • dicasodonto disse:

      Não tenho como dizer o que o dentista da sua mãe deve fazer… Existem casos de abcesso que são ruins de resolver. Pode ser até que o dente tenha uma micro-fratura e em certos casos, precisa extrair o dente. Lembrando que o dente 23 é canino superior esquerdo. Precisa investigar mais, quem sabe pedir uma tomografia deste dente e ver se a fratura aparece. Aí vai ficar a cargo do dentista dela pensar em outros diagnósticos e soluções para o problema. Tomara que dê tudo certo, Sara. Boa sorte.

  46. Nani disse:

    Gostaria de saber se posso tomar Celestone comp. apos o tratamento de canal concluido. Ja faz 20 horas que tratei e tenho dor, estou tomando Ibuprofen 600 mg a cada 4 horas, mas e se continuar…so posso ver dentista /endo novamente daqui 5 dias. Obrigada.

    • dicasodonto disse:

      Não é possível receitar via Internet. Não tenho como dizer se este remédio é indicado para você, até porque não a conheço, Nani e você não é minha paciente. Tente dar uma passadinha de urgência no seu dentista para que ele possa avaliá-la e prescrever a medicação que ele achar prudente. NUNCA SE AUTO MEDIQUE. Boa sorte.

  47. Serway disse:

    Boa tarde. Vo fazer um retratamento de canal e estou com bastante medo. Gostava de saber se e doloroso e se necessitade anestesia diretamente no nervo?obrigado

  48. Serway disse:

    Ok obrigado. O meu dente infetou e criou absesso por isso e k vo fazer retratamento. Agora to a tomar antibiotico que o dentista receitou mas to com medo que o retramento seja doloroso. É doloroso? Obrigado.

    • dicasodonto disse:

      Assim que a fase aguda passar com o antibiótico, o tratamento fica mais fácil. Todo tratamento de canal é feito com anestesia, portanto sem dor. Fique tranquilo e siga as orientações do seu(sua) dentista direitinho que tudo vai dar certo. Boa sorte.

  49. Serway disse:

    Ok. Muito obrigado. Mas a anestesia é anestesia normal certo?Pensava mesmo que como inferou tinha de levar aneatesia no nervi Nao percebo é se ja nao tenho nervo como pode o dente infetar. Desculpe tar a ser chato mas eu tenho mesmo medo .Obrigado

    • dicasodonto disse:

      Não é chato, não! A anestesia é a mesma que se usa em qualquer procedimento odontológico. Normal. O dente pode infectar sem nervo sim. Pode infectar durante o procedimento ou por alguma infiltração na restauração ou na obturação do canal. Vai numa boa e não precisa ter medo. Abs

  50. Serway disse:

    Mas eu ja fiz o tratamento de canal a muitos anos atras. E normal so agora ter a infecao?obrigado

  51. Serway disse:

    Pois. So perguntei porque o dente nao tem buraco nem nada. O dente ta bom por isso é que fiquei sem perceber. Mas ja percebi que mesmo com o dente sem tar partido pode acontecer certo? Obrigado

    • dicasodonto disse:

      Não precisa ter buraco para haver infiltração. A infiltração pode ocorrer pelas bordas da restauração do dente. Micro infiltração de bactérias. Não é possível ver isso a olho nu. Pode acontecer mesmo sem o dente ter partido. :)

  52. Sophia disse:

    Fazem 28h que realizaram um canal, mas a dentista deixou para outra fechar, pois necessita de uma leve restauração. É normal o dente ficar dolorido após o tratamento por 2-3 dias? sinto sensibilidade, n consigo morder e a sensação é como se o dente estivesse amolecido. Como o canal foi uma continuação ela n tem a radiografia e solicitou periapical e panorâmica que ainda vou realizar p prox. consulta.

  53. Sophia disse:

    So corrigindo foi efetuado o fechamento apenas com o curativo. Vai necessitar algum bloco?

    • dicasodonto disse:

      Se está com curativo, tem que fazer a restauração definitiva. Se vai ser “bloco”, coroa, coroa com núcleo (pino), aí vai depender do planejamento da sua dentista. Uma leve dor é comum nos primeiros dias depois do fechamento do canal. Eu costumo medicar meus pacientes nesses casos. Boa sorte e não deixe ele com curativo por muito tempo. Boa Sorte.

  54. GESSICA BOECHAT disse:

    ontem fui ao dentista com meu filho q desde de sabado estava com dor ela abriu o dente fez alimpeza pos um remedio e fechou ai eu perguntei se era cana l ela disse q ja tinha começado q na outra semana era pra voltar á noite meu filho reclamou um pouco ai eu dei dipirona qdo foi de manhã levei um susto pois tva inchado eu liguei pra ela e ela disse q não poderia atende lo pq estava em sao paulo mas ia desinchar q era normal ai começou dar febre e inchou mas ainda ate o olho ficou meio inchaddo liguei denovo a secretaria disse q nada poderia fazer nada mandou eu levar ele no posto insisti com ela pq no posto não tem dentista ai ele ficou de falar com a dentista logo em seguida ela me ligou e mandou eu leva lo as 16 horas q ela ia dar uma olhada ,ela abriu e disse q não i dar anestecia pois não tava doendo e sim o inchaço doia ela enfiou uma brocaele gritava mas ela disse q ele não estava sentindo dor e deixou aberto e mandou dar amoxilina por 10dias logo no meio do caminho ele começou a vomitar isso me preocupou pois não ha outra dentista pra atende lo na região pois meu filho é autista e não fala ele tem5 anos não cofio nesta dentista mas não encontro outra quero saber se o q elaa fez esta certo

  55. dicasodonto disse:

    Olá Géssica. Fica muito difícil julgar o tratamento de outro profissional. Ainda mais assim, contado por uma pessoa que estava observando. Existem casos em que o dente incha logo depois do dentista mexer para tratamento de canal. Parece mesmo que: “Só inchou porque o dentista mexeu”. Essa conclusão é equivocada. Ele iria inchar de qualquer maneira – com o dentista mexendo ou não. Isso é uma reação do organismo contra a infecção do local. Em casos de grandes abscessos, como o do seu filho, a anestesia não pega mesmo e o nervo está morto – por isso ela não anestesiou. O que dói é o inchaço. Se você perdeu a confiança nesta dentista, acredito que a senhora poderia procurar um especialista em pacientes especiais ou um odontopediatra que tenha experiência com pacientes autistas. À partir de agora, a senhora deve cuidar muito dos dentes dele para que as cáries não virem canal tão cedo assim. Boa sorte.

  56. Serway disse:

    Ola novamemte doutor. Eu a cinco anos tratei de uma carie que tinha num dente. Essa carie encontravase entre os dentes e nao ppr baixo do dente. No dia seguinte a ter feito o tramemto voltei la porque eu via la um buraco mas o dentista disse pa eu tar descansado porque eu ja nao tinha carie nenhuma. Hj ainda vejo esse buraco e ta dame a sensacao que aonda ta do mesmo tamanho. Ate agora nunca tive dores nem sensibilidade Ao frio e ao quente. Ach que se fosse alguma coisa eu ja teria tido dores visto que ja passaram seis anos. Desculpe estas pwrguntas mas como ja lhe disse mesmo indo regularmente ao dentista eu tenho pavor de la ir.Obrigado

    • dicasodonto disse:

      Você deveria procurar um dentista imediatamente. Não ter sintoma nenhum não quer dizer que está tudo bem. Vença seu medo! Lembre-se que quando mais demorar, mais problemas podem ocorrer, mais caro vai ficar e mais chato de resolver. Não me sinto incomodado pelas perguntas, muito pelo contrário! Fique à vontade para fazer quantos comentários você quiser! Abs e boa sorte

  57. Serway disse:

    Acha k sera algo grave. Obrigado

  58. Serway disse:

    Qundo digo grave e se axa k sera necessario tramento de canal. Eu tenho medo apenas dos tratamentos de canal. Isto porque tenhonpavor da anestesi diretamente no nervo. Obrigado.

  59. Serway disse:

    Ola doutor. Fui hj a um dentista devido ao tal buraco que lhe falei e ele tb que nao tenho nada. Disse que eu tenho um dente com uma grande carie e que nao sabe se vai dar para chumbar secalhar vai ter que ser desvitalizado. O dente numca me doeu. Queria saber se neste caso vo precisar de anestesia diretamnete no nervo? Euvtenho pavor dessas anestesias. Eu tive um dente que tb foi desvitalizado pk tinha una grande carie e tb nunca me tinha doido e nesse dente nao levei anestesia diretamente no nervo, apenas levei anestesia normal.Obrigado

  60. Patricia Ribeiro disse:

    Ola,
    Estou gravida de 4 meses e no PS odontologico o dentista tentou aplicar anestesia no para tirar o minimo de carie do canal, porem a dor da aplicacao da anestesia foi tao grande que eu gritava e chorava no consultorio. O dentista optou por deixar o dente aberto e receitou amoxicilina 500mg por 7 dias, voltando apenas ao consultorio apos o parto. Seria indicado deixar um dente com canal aberto por tanto tempo?

    • dicasodonto disse:

      Cada profissional indica um tipo de tratamento diferente e não cabe a mim julgá-lo. Eu não aconselharia ficar tanto tempo (6 meses) com o dente aberto por causa da infecção em potencial que isso representa. Entre em contato com seu dentista e veja se ele pode fechar o dente assim que a fase mais aguda passar. Boa sorte.

  61. Serway disse:

    Boa tarde doutor. Eu chumbei un dente em que a carie nao era profunda mas o meu dentista disse que foi de dificil acesso. Agora to com um pouco de sensibilidade no dente mas nao muito.. É normal? Pode durar quanto tempo? Obrigado

    • dicasodonto disse:

      Ficar com um pouco de sensibilidade logo após uma restauração é comum, mas você deve avisar seu dentista e fazer estas perguntas para ele. Como apenas ele viu o tamanho da restauração, só ele pode responder suas perguntas. Boa sorte.

  62. amanda disse:

    Boa tarde
    Queria um esclarecimento, comecei a fazer um canal, meu dentes sao fracos mesmo e este molar emabixo começou a doer, fui há 15 dias no dentista e ele começou o canal, o dente doeu um pouco por 2 dias e parou a dor, hj retornei nele para continuar o tratamento, la ele enfiou aquelas agulas e tal sem anestesia, mas tudo bem, ele me disse que 2 canais, raizes, bom estava ja terminadas mas a 4ª ainda nao, ele mexeu um pouco doeu levemente na hora, colocou algodao com remedio e a massa por cima, cheguei em casa sem dor, agora tem 2 hs q sai de lá e veio uma baita dor horrivel de dente, nao consigo nem falar, tomei 1 nisulid mas ainda nao resolveu a dor, queria saber se isso é normal…nao estou aguentando de dor. Obrigada

  63. Fernando disse:

    com o dente aberto, caso a infecção não cesse, o que o paciente teria de fazer?
    não há dor no dente porem continua saindo pus, na radiografia mostra que a infecção esta até o nervo, o dente esta aberto mas ficou uma semana fechado e ficava doendo muito, estou com o dente aberto á 4 semanas. passo no dentista 1x por semana no dentista do posto de saúde.

    • dicasodonto disse:

      Isso precisa ser tratado, Fernando. Não adianta deixar aberto tanto tempo. Quando falamos no texto sobre “deixar o dente aberto” é apenas para drenar o pus. Depois ele deve ser tratado, com medicamentos intra canais, limagem e irrigação para que a infecção pare de uma vez por todas. O dentista do posto está tratando ou apenas trocando o curativo? Ele encaminhou você para um especialista em algum CEO? Converse com ele sobre isso. Boa sorte.

  64. Mateus disse:

    entao , meu dente estava furado e doendo muito então fui na minha dentista i ela mexeu no meu dente onde diz ela que estava inflamado entao colocou uma massa no dente i fexou .. mais quando cheguei em casa a dor era grande e so parava quando eu punha agua
    gelada em cima da massa . oque devo fazer?

    • dicasodonto disse:

      Então, Mateus, precisa fazer o tratamento deste canal. Sua dentista vai saber o que fazer. Marque uma nova consulta e explique o que aconteceu. Depois da melhora desta fase mais dolorida e infecciosa, será possível fazer o canal do dente e ele não vai mais incomodar. Boa sorte.

  65. Guilherme disse:

    Olá, meu nome é Guilherme, e tenho 20 anos.

    Fui fazer uma avaliação hoje com uma endodontista para tratamento de dois canais (um no primeiro pré-molar e outro no segundo pré-molar, ambos inferiores). Conforme ela constatou, havia uma espécie de inchaço, bolha, ou coisa parecida dentro dos dois dentes, não me lembro muito bem o termo que ela usou, mas é mais ou menos isso. O primeiro pré-molar está com um buraco enorme, a cárie está em estágio bem avançada, fez um estrago danado no meu dente (Se bem que o culpado sou eu por deixar chegar a esse ponto). Já o segundo pré-molar não possui uma cárie tão visível se comparado ao primeiro. Mas mesmo assim também é caso de canal… Enfim, ela me disse que eu precisaria ir o mais rápido possível a uma clínica de emergência, dizer que eu estou com muita dor, e “pedir” para o dentista fazer uma espécie de drenagem, depois um curativo, e posteriormente fechar ambos os dentes (creio eu com restaurações provisórias), pois ela mencionou que não adiantaria somente drenar e fazer o curativo, tinha que fechar os dentes para não correr o riso de infeccionar novamente. Feito isso, eu deveria aguardar um período de 3 à 5 dias e só então retornar a clínica dela para realizar o tratamento de canal dos dois dentes.

    Eis que surge a minha pergunta: O procedimento que ela me indicou foi o correto? Depois que ela terminou a avaliação (ela chegou a tirar uma radiografia ou raio-x, não sei o termo correto), mencionou que não poderia fazer nada naquele momento, pois os meus dentes estavam abertos e que havia uma inflamação avançada na gengiva que acabou “entrando” nos dentes, e que era preciso resolver isso primeiro, para depois realizar o tratamento dos canais…

    Se vale eu citar, é a primeira vez que vou passar por tratamento de canal e não me lembro de ter feito algum tipo de restauração nesses dois dentes anteriormente…

    • dicasodonto disse:

      Olá Guilherme. Bom, não cabe a mim julgar se sua dentista fez o procedimento correto ou não. Isso seria anti-ético da minha parte em primeiro lugar e eu só tenho seu relato como base para entender o que aconteceu. Você precisa mesmo passar por uma consulta de urgência para resolver a infecção que deve estar na fase aguda para depois começar o tratamento de canal. Isso é fato. Pode ser em uma clínica de urgência ou com um dentista clínico geral. Existem profissionais que escolhem por fazer apenas uma parte bem específica dos tratamentos dentários e não fazem outras. Eu, particularmente, faria a consulta de urgência, entraria com medicação para a infecção e encaminharia, por escrito, para um especialista endodontista, pois não faço canal na maioria dos casos. Você está passando em dentista de convênio? Pode ser que por ser convênio, sua dentista indicou este caminho de tratamento para você. Boa sorte.

      • Guilherme disse:

        Primeiramente muito obrigado pela atenção e pela resposta.

        Acabei de chegar da clínica de emergência, e tive uma experiência um tanto desagradável no atendimento, não sei se hoje não era o dia da doutora que me atendeu ou se é política da clínica atender os pacientes de convênio assim… Muito mal humorada, realizava o atendimento como se quisesse acabar logo, jogava os aparelhos de trabalho dela pro lado, como se fossem meros objetos inúteis, não pedia nada, ela mandava mesmo, com um alto e bom tom autoritário. Enfim, mas vamos deixar isso de lado e ir ao diagnóstico do atendimento em si. Ela abriu um pouco mais os dois dentes, “limou”, fez uma rápida limpeza, e colocou vários pedaços de algodão (creio eu que com curativo) dentro de ambos os dentes. Só que ela se recusou a fechar o dente com uma restauração provisória, pois segundo ela, isso só iria me causar mais dor, já que a gengiva estava inflamada dentro do buraco dos dentes. Aí já existe uma divergência entre ela e a endodontista que havia consultado anteriormente, pois a mesma disse que deveria fechar o dente, pois não adiantaria colocar só o curativo e deixar aberto. Então eu pergunto, será que a endodontista está certa? Estou com medo de que a inflamação demore a sumir pelo fato dos dentes estarem abertos… Ela (da clínica de urgência) receitou dois remédios, sequer falou o nome, só anotou na receita, não sei quais são pois ainda não fui a farmácia para comprá-los e não tenho experiência para entender essas caligrafias… Além disso, me recomendou fazer gargarejo 3 vezes ao dia com água morna. Mais algumas perguntas, não tem perigo do curativo sair e eu ficar com o dente totalmente aberto? Há alguma restrição quanto ao que comer e quando comer? Devo trocar os curativos ou deixar os que ela colocou? Ela não disse nada sobre isso… Ela me disse que eu já poderia marcar o tratamento dos canais hoje. Quanto tempo em média leva para a inflamação cessar? Pois segundo a endodontista, eu deveria ficar com o curativo no dente por pelo menos 3 dias, para só aí iniciar o tratamento dos canais…

        Mais uma vez muito obrigado pela atenção.

        • dicasodonto disse:

          Essa é a grande discussão deste post. Seu caso se encaixa exatamente na dúvida levantada no título – “Deixar o dente aberto ou fechar?” São filosofias diferentes de trabalho. Os especialistas em canal afirmam que é melhor fechar o dente, como você pôde ver na postagem e nos comentários. Se o dente ficar aberto, como no seu caso, seria apenas para drenar o pus inicial. Eu recomendaria deixar assim por no máximo 3 dias. Tome os medicamentos corretamente, pois eles serão importantes para a melhora do quadro. Minha sugestão: contacte a dentista especialista em canal hoje mesmo e explique para ela que você passou em consulta de urgência, como ela sugeriu e que o seu dente está aberto. Veja se consegue marcar uma consulta logo na semana que vem para dar início ao canal. A endodontista pode colocar esse curativo para você, já que a dentista da urgência optou por deixar aberto. Veja que, infelizmente, não tem certo ou errado e sim alternativas de tratamento, sejam elas baseadas em fatos científicos ou em experiência profissional. O primeiro passo foi dado e você já está medicada e seu canal já foi mexido. Agora seria a vez da endodontista, a meu ver. Lembre-se que isso é apenas minha opinião baseado nos fatos que você escreve. Se quiser pode contar aqui o final dessa história, para sabermos como ela terminou. Boa sorte.

          • Guilherme disse:

            Segundo a minha endodontista, depois que eu passasse na clínica de emergência e fizesse os procedimentos que ela havia sugerido, eu deveria aguardar um período de 3 dias com o curativo nos dentes. Após esses 3 dias, eu deveria ligar lá na clínica dela e agendar 1 hora para realizar o tratamento dos dois canais, o cronograma de atendimento lá é bastante rápido e flexível, geralmente eles marcam o procedimento para no máximo 48 horas.

            Segundo ela, daria para fazer os dois em uma única sessão. Mas como você me sugeriu, vou ligar para ela e relatar o procedimento tomado na clínica de urgência.

            E pode deixar, assim que todo o tratamento estiver finalizado eu venho aqui deixar o meu relato.

            Grande abraço!

  66. Eduardo disse:

    Meu caso é bastante semelhante com o do Guilherme, que comentou aqui nesse artigo.

    Passei por uma consulta odontológica dia 18/02, e a minha suspeita se confirmou, será preciso realizar o tratamento de dois canais. A cárie dos dois dentes em questão estão em um estágio bem avançado, praticamente uma cratera. Estava inflamado, criou-se uma bolha na gengiva que invadiu o interior dos dentes, obstruiu os canais, e já estava ficando exposta no buraco da cárie. O mais estranho de tudo isso é que apesar da inflamação ser bem visível, eu não sentia nenhuma dor. Até mesmo se “tocasse” com o dedo ou com a língua na bolha que se criou… De vez em quando eu sentia uma leve fisgada dentro dos dentes, mas era algo tão insignificante que eu nem ligava.

    A dentista deu uma anestesia, drenou a inflamação gengival que estava dentro dos dentes, e cortou o excesso da gengiva com um bisturi. Só de imaginar a quantidade de sangue que saiu, aquele gosto horrível na boca, Deus me livre…

    Em seguida ela colocou curativos com medicamentos dentro do buraco dos dentes, e fez uma restauração provisória. Pelo que ela me disse, era para evitar que uma nova infecção atingisse o local no intervalo para a próxima consulta, onde será iniciado o tratamento dos canais. Ela também me disse para tomar cuidado na hora da mastigação de qualquer alimento, pois a restauração provisória poderia cair facilmente.

    Minha próxima consulta será dia 04/03, será que a restauração provisória aguenta até lá?

    Há alguma outra contra-indicação para evitar que ela caia, tipo beber água gelada, utilizar enxaguante bucal, não forçar a escovação nos dois dentes, etc?

  67. angelica r matheus disse:

    Boa noite dr;
    Há menos de 1 mês, fiz um implante c enxerto, e hoje o pino caiu e não consigo contato com o dentista, em quais situações isso pode ocorrer? qto tempo posso esperar pelo meu dentista que volta atender dia 13/1? devo procurar um PS odontológico? obrigada

  68. bianca disse:

    o meu tende esta doento de mais por que eu comi dose eu tenho 10 anos eu nuca fui no tendista e ja vaz 10 anos de eu nao vou no tendista

  69. bianca disse:

    ja melhor e te mais eu estol vento um filme é muito legal esse saite é muito sato nao tem nada para vazer a qui neste saite de coisa sata isso esta me ritando vou sair ruiiiiiiiiiiii deeeeeeeeee raivaaaaaaaaaaa

  70. Antonio disse:

    Boa tarde. esta e a primeira vez que venho aqui participar do canal.
    meu problema e o seguinte. ja faz mais de 10 anos que tenho 1 dente aberto. fica atras embaixo. como sempre tive pavor de dentista nunca fui me tratar. e nesse periodo a gengiva inflamou se abriu um furo microscopio do lado que nao se pode ver mas nunca fecha (sicatriza). e todo dia se eu espremer a gengiva sai um pouco de pus. ja venho com isso ate hoje. vcs podem me indicar o que devo fazer. se e grave etc…
    serei grato quem poder me auxiliar

    • dicasodonto disse:

      Olá Antonio. Olha, o melhor a fazer é procurar um dentista imediatamente para ele poder avaliar como está este dente. Um dente aberto há 1 ano ou mais pode estar fraturado, cariado, com infecção e com problemas ao redor dele, na gengiva. Muitas vezes um dente assim pode estar perdido e tem que ser extraído. Fica realmente impossível de dizer sem uma avaliação correta na cadeira do dentista. Vá sem medo, antes que ele comece a doer. Boa sorte e obrigado pela sua participação.

  71. Stella disse:

    Estava fazendo uma pesquisa na internet sobre “deixar o dente aberto ou não num tratamento de canal” e me deparei com este blog muito interessante.
    Sou uma paciente, e comecei o tratamento do canal do 1º pré molar inferior, o qual foi restaurado recentemente, mas estava sensível com água gelada. Depois de um tempo começou a doer também com quente e eu nem podia tocar um dente no outro pq doía.
    Procurei este endodontista , bem conceituado e com bastante experiência, alias muito educado e atencioso. Ele abriu o canal sem anestesia pq segundo meus relatos o nervo já estaria necrosado, e realmente não senti dor. Ele fez toda a assepsia, desgastou o dente pq estava alto, o fechou e disse que eu não deveria sentir dor depois e se isso acontecesse deveria procurá-lo.
    Senti um pouco de dor e meu rosto inchou e no outro dia ele disse que iria deixar meu dente aberto e que eu fizesse bochecho com água morna e colocasse um algodão no buraquinho do dente sempre que fosse comer e que mantivesse uma boa higiene e que poderia comer normalmente. Voltei lá depois de um dia e ele fez a lavagem do canal e disse que estava tudo certinho e o inchaço já regredira. Mas como ainda continuava com algum incomodo que parece dor ele me pediu para ficar o final de semana ainda com o dente aberto e com o algodão quando fosse comer. Perguntei sobre contaminação e me disse que não tinha perigo, que minha saliva não provocaria isso.
    Perguntei se seria necessário tomar algum antibiótico ou anti-inflamatório e ele foi muito incisivo ao dizer que não precisava.
    Ainda estou sentindo algum incômodo, mas em vista de antes está bem melhor.
    Confiei nele, pois me parece um profissional muito competente e entendedor do que faz.
    Mas mesmo assim ainda estou pasma, pois nunca tinha ouvido falar que um dente pudesse ficar aberto, principalmente um canal, que dá a impressão que pode se infeccionar facilmente.
    No total ficarei 6 dias com o dente aberto e se estiver bom e sem dor, ele vai fechá-lo.
    Gostaria de sua opinião, pois este procedimento foi contra tudo o que eu pessoalmente já vi.
    Fiz esse relato porque achei interessante a maneira dele conduzir a situação e queria levar ao seu conhecimento, pois tb ao meu ver ele deve estar evitando me entupir de remédio sendo que posso resolver com tratamento muito menos invasivo. Estou certa ?
    Muito obrigada pela atenção que puder me dar.

    • dicasodonto disse:

      Olá Stella. Seu caso relata exatamente a discussão que eu gostaria de gerar com esta postagem. São diferentes filosofias de trabalho. Na Odontologia e mesmo na Medicina nem todos os profissionais tratam as doenças do mesmo jeito. Não tenho como opinar contra a conduta do colega endodontista. Continue seguindo as recomendações do dentista para resolver o problema do seu canal. Sendo ele um dentista especialista em endodontia, tenho certeza que ele sabe muito bem o que está fazendo. Depois nos conte a resolução do caso, se quiser. Boa sorte.

  72. Silas Rodrigues disse:

    Oi, estou com um problema a alguns tempos atras eu fiz um canal tratei e depois fecharam o canal mas passou menos de 1 semana soltou um pedaço da massinha e ficava entrando sujeira mas era um pedaço muito pequeno agora uns 2 dias atras fui comer e soltou a massinha por completo !!, meu irmão deu uma olhada e parece que tem carie no dente aberto por conta de quando deu aquela abridinha e ficava entrando comida, o dente esta cinza, o que devo fazer ?? será que deu carie mesmo ?? e tem algum risco o canal ficar aberto entrando comida, mesmo com o canal já retirado ? posso pegar alguma doença na arcada dentaria ?, brigado esperando resposta

    • dicasodonto disse:

      Você precisa correr para um dentista o mais rápido possível! O risco está na infecção do canal deste dente que já foi feito. Se isso acontecer pode ser que tenha que fazer o canal de novo. Não deixe esse dente aberto de jeito nenhum! Boa sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>