A estética do sorriso, Fibonacci e Leonardo Da Vinci – Mito ou Realidade?

Com certeza você já ouviu falar na proporção áurea, número “mágico” que traduziria a proporção perfeita da natureza. O número representado pela letra grega Phi, de valor aproximado igual a 1,618 seria a chamada proporção de ouro, presente em inúmeros elementos da natureza, inclusive nos dentes, no sorriso e no rosto. Supostamente usada por Leonardo DaVinci em suas pinturas e trabalhos. Será?

Analisar um sorriso é uma tarefa complexa. Existem muito elementos, curvas, proporções, texturas, cores e detalhes a serem observados. Muito dificilmente vamos encontrar sorrisos perfeitos, sem nenhuma falha. Isso porque a natureza é assimétrica, assim como nossas faces não são simétricas. Percebam este Checklist estético na imagem à seguir:

Checklist estético Dicas Odonto Correto

  1. Linha Mediana – linha vertical reta que divide a face em 2 metades. Na medida do possível esta linha deve coincidir com a linha que separa os incisivos centrais.
  2. Inclinação dos dentes
  3. Margem Gengival – Linha da gengiva de extrema importância para o sorriso
  4. Zênite Gengival – pontos em lilás na imagem – ponto mais alto da gengiva nos dentes.
  5. Proporção entre os dentes. Nesse cálculo pode-se usar a proporção áurea
  6. Morfologia dental – cada elemento dental tem uma forma anatômica diferente
  7. Os dentes superiores devem ter essa curva em azul escuro que imita a curva do lábio inferior para que o sorriso seja mais harmônico
  8. A linha das papilas gengivais é importante, vista em verde
  9. Os ângulos inter-incisais vão ficando maiores conforme vão se distanciando da linha mediana, vistos em amarelo
  10. O volume labial é importante
  11. A linha do sorriso – quanto de dente o sorriso mostra e quanto de gengiva
  12. Pontos de contato dos dentes também formam uma linha ascendente em sorrisos harmônicos.
  13. Cor dos dentes – o canino é naturalmente e levemente mais amarelado que os outros dentes. Isso é natural e anatômico. Tudo branco e da mesma cor acaba deixando o sorriso artificial.
  14. Corredor bucal – seguindo a proporção áurea, as linhas azuis claras mostram que os dentes formam um corredor 

Vejam quantos detalhes! Sem contar que tudo isso deve se relacionar com o rosto da pessoa, com a idade, com o formato da cabeça, entre outras medidas. A cor da pele também é um determinante para a cor da gengiva e para a escolha da cor dos dentes. E mesmo nesse sorriso que pegamos de exemplo acima, perceba que ele tem uma pequena falha. Descubra qual é no final desse texto. (***)

Reconstruir um sorriso do “zero”, requer uma habilidade quase que artística do cirurgião dentista. A análise precisa avaliar inúmeros elementos como a estética gengival, posição labial, tamanho, formato e cor dos dentes, além da sua posição tridimensional na arcada, oclusão (encaixe), proporções e etc. Existem várias medições, linhas, pontos craniofaciais e proporções que podem ser utilizadas como guias para uma reconstrução de um sorriso. 

Perfect smile 4

Para resumir, a proporção áurea como conhecemos hoje foi descrita pela primeira vez por Euclides, na Grécia antiga e veio sendo estudada e revisitada por matemáticos ao longo dos séculos. Tem íntima relação com a série de Fibonacci, uma sequência de números onde a divisão de um número pelo anterior da série chega próximo do número 1,618. A proporção é encontrada na arquitetura, na pintura, na música e na própria natureza, como em algumas flores, em algumas conchas do caramujo Nautilus, em medidas corporais e até nos dentes. 

sorriso perfeito mulher

Então quer dizer que da para basear todos os sorrisos na proporção áurea? Aí é que é preciso ter muito cuidado. Proporção áurea é uma ferramenta e não uma regra. Se o seu sorriso não está na proporção áurea, não quer dizer que ele não vai ser um sorriso harmônico. Outra confusão muito comum é com a simetria. Simetria não é harmonia. Simetria nem sempre é sinônimo de beleza. Se não, estaremos produzindo “sorrisos em série”, todos iguais, com a mesma cor e artificiais. E a Odontologia deve prezar por imitar o natural. Eu não posso pegar este sorriso da imagem abaixo e colocar ele na sua boca. Não vai ficar natural. Vai ficar artificial e as pessoas percebem isso.

Perfect smile dicas odonto 2 certo

A importância dada à proporção de ouro é muito exagerada. Eu não diria que ela é um mito, mas você não pode sempre se basear apenas nela para reconstruir dentes e sorrisos. Ela pode servir de guia em alguns casos. Apesar de ser muito difundida, a proporção não está em todos os lugares da natureza e não é o número mágico da beleza. Muitos estudos científicos recentes provaram isso. Além disso, ter a proporção áurea não significa que aquele objeto ou pessoa é bonito ou bonita. 

dali-e-proporcao-aurea

Esse quadro de Salvador Dali foi pintado com base na proporção áurea

Tem bastante lenda urbana misturada com Leonardo Da Vinci e a Proporção de Ouro. Muito do que se lê por aí pertence apenas à ficção, como o escritor Dan Brown fez em O Código Da Vinci. Não há provas científicas concretas de que Da Vinci tenha usado esse número para pintar a Monalisa ou qualquer outro quadro. Imagens de internet podem até enganar você e fazer a proporção se encaixar. 

Na hora de devolver sorrisos para as pessoas os cirurgiões dentistas devem ter em mente que a expectativa do paciente deve ser alinhada ao trabalho de análise do sorriso. Às vezes o que é bonito para você, não é bonito para ele e vice-versa. A maestria está em chegar a um consenso que produza um resultado estético natural e saudável, com segurança e durabilidade, respeitando os tecidos da boca e todas as medidas do sorriso.

(***) No lado esquerdo do paciente (direito da imagem) podemos ver que ele não mostra o 1º molar e parece que está faltando um dente. 

Opinião do Blog VIDA DE DENTISTA

Opinião do Blog MEDO DE DENTISTA

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

4 Responses to A estética do sorriso, Fibonacci e Leonardo Da Vinci – Mito ou Realidade?

  1. Pingback: Dentes brancos: cuidado com o exagero! | Medo de Dentista

  2. Pingback: Sobre Carol Nakamura, sorrisos excessivamente brancos e paletas mexicanas

  3. Pingback: Lentes de contato dentais em foco - Veja São Paulo - DicasOdontoDicasOdonto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*