Biossegurança – Óculos de proteção para pacientes


Recentemente, um link bastante interessante da empresa Cristófoli tem circulado pelas redes sociais alertando para um cuidado muito simples e especial: o uso do óculos de proteção pelos pacientes em todas as consultas odontológicas. Prática que já é de praxe em muitas clínicas e consultórios previne acidentes e problemas sérios. Com os olhos não dá para brincar, não é?

                          

A ação é simples e não custa muito dinheiro. Claro que você não precisa comprar dez óculos de proteção, contando um para cada paciente do dia. Eles podem ser higienizados após cada uso com sabão neutro, água e sua limpeza deve ser complementada com uma solução quartenária de clorexidina (borrifando por cerca de um minuto). Então com uma auxiliar de saúde bucal bem treinada, basta inserir esse rito no meio do dia a dia clínico e também evitar infecções cruzadas.

Um dos nossos principais objetivos é proteger nossos pacientes. Lembra que quando você terminou a faculdade e fez aquele famoso juramento? A gente começa prometendo não fazer mal. Você tem noção de quanta coisa passa por cima dos olhos dos pacientes? Agulhas, limas, medicamentos, líquidos de dakin e milton, soda clorada, bicarbonato, cimentos, lâminas, materiais cirúrgicos e etc. E prevenir é sempre melhor e muito mais barato do que remediar depois.

Acidentes que podem ser prevenidos. Outra observação: os próprios dentistas precisam se acostumar com uso de óculos de proteção. É algo que a gente pode estranhar no início, mas logo a gente se acostuma. Comece desde cedo. Desde a universidade é importante usar para evitar que qualquer coisa que bata na boca volte no seu olho. Tive um colega que na clínica de Periodontia teve o olho ferido por um pedacinho de tártaro que voou durante a raspagem. Muito desagradável, mas que não trouxe problemas sérios no futuro, felizmente.

Não é para botar medo, mas sugiro ler o artigo da Cristófoli AQUI e ler também no Blog Vida de Dentista AQUI.  

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*