Atender convênio odontológico ou vender hot dog?

Os nossos pacientes, às vezes, desconhecem os preços das tabelas de convênios em geral. Algumas empresas beiram o absurdo e mesmo assim continuam crescendo bastante. A ANS nem deveria liberar uma empresa que sugere tabelas tão baixas e fora da realidade. Mas como que um dentista sobrevive atendendo convênios? Será que tem muita gente pagando para trabalhar?

hot-dog

Hoje em dia, convênios médicos em geral pagam cerca de R$ 30,00 por consulta (os valores podem variar com o passar dos anos). Parece um valor bom, não? Na verdade ele está defasado e não sofre reajustes há muitos anos. Os médicos que protestam bastante contra os planos, ultimamente, pedem um reajuste que elevaria esta valor para cerca de R$ 80,00. Sabem quanto um convênio odontológico quer pagar para uma dentista mestre e especialista por uma consulta inicial? R$ 8,28. Vejam a diferença! Aqui em São Paulo, você paga mais que isso para estacionar seu carro por meia hora.

Quem não trabalha  na área da saúde, talvez não tenha ideia do que significa uma consulta inicial. Parece que o médico só deu uma olhadinha, aferiu pressão, deu umas cutucadinhas aqui e ali e pediu exames laboratoriais. O dentista, por sua vez, olhou, conversou, passou o explorador aqui e ali e pediu radiografias. Nesta hora, os profissionais estão com a cabeça no diagnóstico para posterior planejamento. Tudo que vamos realizar daqui para frente depende desta consulta inicial e dos resultados de exames complementares. Se deixarmos escapar algo nesta consulta inicial, vamos ter problemas lá na frente. Por isso ela não deve ser feita na correria e nem desvalorizada. Leia mais AQUI.

Qual a solução que muitos médicos e dentistas encontraram para não perder os seus pacientes de convênio e ao mesmo tempo conseguir ganhar o suficiente para poder pagar suas contas no final do mês? Diminuir o tempo de consulta. Papá-pum. Por isso vemos consultas sendo marcadas de 15 em 15 minutos e longas esperas nas recepções das clínicas. Não dá tempo. Pressa não combina com medicina e nem com odontologia. O profissional não vai poder dar o melhor de si, vai chegar muito cansado em casa, pode ter mais problemas de saúde relacionados ao estresse e à postura e ainda pode deixar passar algum detalhe que fará diferença lá na frente. Ninguém sai ganhado! Ou melhor, apenas as empresas de convênio saem ganhando. 

odontoprev lucro

Vamos fazer uma pequena simulação. Imaginem que o dentista marca consultas de meia em meia hora e ganha R$ 8,28 por cada uma. São R$ 17,60 por hora. Agora imaginem um vendedor de cachorro quente que vende seu dog por R$ 3,50 e o refrigerante por R$ 2,50, totalizando R$ 6,00. Se ele vender 3 dogs e 3 refrigerantes por hora ele já ganhou mais que você, doutor. Nada contra o vendedor de dog. Só fico pensando o quanto que custou para você virar dentista e quanto que você está tendo de retorno. Leia mais AQUI.

Outra coisa: você que atende convênios odontológicos já viu se houve reajuste nas tabelas? Estamos em 2013 agora, virou o ano já e com isso teremos aumento no combustível, em produtos da cesta básica, na conta de água, gás, materiais odontológicos de consumo e etc. O salário mínimo aumentou 9 %. E os preços da sua tabela de convênio? Aumentaram quanto ? Há quantos anos estão sem aumentar ? Pense nisso e tire um dia para colocar as contas no papel. Ganhando R$ 3,22 por Controle de Placa e R$ 5,06 por uma aplicação tópica de flúor! Melhor atender 1 paciente particular por dia, com tempo e qualidade do que atender 10 com pressa ganhando mixaria e detonando suas costas. Tenho certeza que você vai ganhar mais dinheiro, indicações dos pacientes e qualidade de vida.

Leia mais:   DENTISTA X VENDEDOR DE HOT DOG

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

31 Responses to Atender convênio odontológico ou vender hot dog?

  1. Ricardo says:

    é sinceramente uma comparação ridicula.
    claro, atender convenios é horrivel, mas divulgar noticias com uma comparação desse nivel só piora ainda mais a nossa imagem.

    • dicasodonto says:

      Acho que o que piora nossa imagem são anúncios de procedimentos odontológicos em sites de compras coletivas, empresas vendendo pasta de dente que “curam” gengivite, dentistas fazendo “orçamento grátis”, apresentadores de TV fazendo propaganda de um produto de clareamento e dizendo que não precisa mais ir ao dentista para ter dentes brancos, convênios odontológicos que oferecem dinheiro de pinga para profissionais, entre outras coisas.

      • Ricardo says:

        sinceramente, o profissional que aceita essas condições merece estar lá onde ele est[a, o mesmo para os pacientes que valorizam esse tipo de serviço.
        eu faço minha parte, nao trabalho dessa maneira, e luto por uma odontologia de qualidade para nós e para os pacientes.
        mas SIM, a sua comparação é ridicula, e no meu ver, apenas denigre a nossa imagem.

        att

        • cid cordeiro says:

          Comparação ridícula? !
          É uma comparação perfeita meu caro colega. É por causa de dentistas com essa sensibilidade à metáforas e mas cegos à realidade que nossa odontologia está nesse purgatório. Você é do tipo que teria vergonha de cobrar 15,00 numa restauração, mas aceitaria na boa 7,00 do plano pelo mesmo procedimento, ainda que só receba um mês após e com os riscos de glosa! Kkkk

        • Sandro says:

          Ridícula é a sua falta de educação com o colega de profissão q expressou, sabiamente, seu ponto de vista!

    • Ana Tokus says:

      A comparação é TÃO absurda que eu acho que por isso mesmo faz muito sentido fazê-la. É uma forma de demonstrar, através de uma analogia simples, a maneira como os convênios odontológicos, de forma geral, tratam os dentistas: como mão de obra barata.

  2. Leandro Zavaloni says:

    Sem falar no nível de responsabilidade. Hoje as operadoras exigem a criação de um CNPJ para credenciamento. Isto pois a lei de defesa do consumidor exige que o ônus the prova (ou seja evidências) sejam apresentadas pelo paciente em caso de processo contra Dentistas pessoa física.

    Tal fato se inverte quando você se torna Pessoa jurídica, ou seja, portador de um CNPJ (lê se Clínica). Deste modo, qualquer paciente atendido que se sinta prejudicado ou não bem atendido, entra com uma ação de danos morais sem gastar nada para isso, com advogado fornecido pelo governo e pior… o coitado do dono the clinica é que terá de arrumar meios para se defender…

    Sabe o que mais… As operadoras sequer fornecem auxílio jurídico ou instruções ao dentista ou Clinica prestadora do serviço.

    Imagine sofrer um processo de danos morais com indenização de R$ 12.000,00 por uma restauração que a clinica ganhou R$ 12,00. Maravilha não é mesmo?

    Portanto… Muito… Muito cuidado nestas consultas iniciais e tudo devidamente assinado e esclarecido.

    Precaução nunca é demais.

    Espero ter ajudado com as informações.

    Abs.

    • dicasodonto says:

      Muito bom, Leandro! Isso é outro assunto importantíssimo, pois por valores ínfimos alguns dentistas estão se responsabilizando pela saúde bucal das pessoas. Sem contar que está na moda processar dentista, né? Abs

  3. celia barral says:

    Não atendo convênios por principio.
    Concordo com a comparação, e acredito que os valores é que denigrem e não os fatos.
    O protético entregou a lista nova com 8% de aumento logo no dia 10.
    O salário minimo subiu, o que impactará nos custos.
    A situação está muito dificil, mas se for pra receber 12,00 por uma restauração, vou vender cachorro quente.

  4. FABIO PADOAN says:

    Acho que poderíamos testar as restaurações que o convênio 12,00 oferecendo um delicioso hot dog ao paciente.

  5. Sérgio Almeida says:

    É como disse antes num fórum de dentistas no facebook: ” o problema da odontologia, são os odontólogos”. No dia em que nos conscientizarmos que somos extremamente desvalorizados, por nós mesmos ( aliás, não me incluo nisso, afinal, sei o esforço que faço para aprender mais e atender melhor) e pelas instituições como por exemplo, o próprio CFO e os CRO estaduais, que dizem cuidar dos nossos interesses e vizam um bem maior para nós, permitem a vigência dessas tabelas. Acordemos e vejamos que a solução para esse problema está em nossas mãos. Falta à muitos, a coragem de dar o primeiro passo. Falo nesse tom, apontando o dedo porque, minha parte etou fazendo. Me recuso a virar escravo e a ser capacho deaae ou daquele plano de saúde. A bem da verdade, não me faz falta alguma.

  6. Bruno says:

    Dica:
    O Fato é: convênios odontológicos “pegaram” a grande maioria dos pacientes que poderiam ser pacientes particulares. Os méritos da questão prefiro não comentar porque estamos em um país que não é sério. Então saiba “usá-los” assim como eles “acham” que nos usam.
    Use-os apenas para “atrair” pacientes. Faça uma boa consulta e uma boa limpeza (pelo convênio).
    O paciente vai te valorizar por isso. Depois passe seu preço para fazer o tratamento e diga que você não faz mais nenhum procedimento por convênio. Se o paciente não quiser, sinal que ele não valoriza seu trabalho. Se ele aceitar é pq ele gostou, confiou no que você disse, te respeitou e te valorizou. A partir disso você como dentista passou a valorizar e respeitar mais seu paciente. Se 1 em cada 10 pacientes fizer o tratamento, pra você já valeu a pena “atender pelo convênio”. Lembre-se que quando o paciente está na sua cadeira é sua profissão e seu nome que estão em jogo e se acontecer alguma coisa quem vai responder é você e não o convênio. Faça sua parte como um bom profissional que você é!

    • dicasodonto says:

      Perfeito! Obrigado pelos comentários pessoal! Continuem dando opinião! Abs

    • Camila says:

      Concordo, Bruno!
      Sou recém formada e infelizmente preciso dos convênios para “atrair” os pacientes. Mas optei por fazer apenas limpeza e restaurações simples, outros procedimentos cobro particular e muitos topam fazer. E é nessa primeira consulta que acontece a troca de confiança, é nela que você ganha os pacientes do convênio. Infelizmente ainda tem que ser assim, ganhando 8 reais pra lá na frente conseguir cobrar um preço digno.
      E agora inicio de ano chega anuidade do CRO! Lembro que ano passado na campanha aqui em SP, a chapa vencedora prometeu resolver estes problemas com os convênios mas, pelo visto vamos esperar sentados.

    • MAURICIO says:

      Perfeito seu comentário. Fiz isso e deu certo!!!

  7. Gustavo says:

    (Visão de alguém que não é da área de saúde, ok?)

    Olha, eu li o texto e concordo que o valor pago para vocês é baixo quando se fala desses pagamentos por volta de R$8, porém preciso falar dessa parte:

    “Hoje em dia, convênios médicos em geral pagam cerca de R$ 30,00 por consulta. Parece um valor bom, não? Na verdade ele está defasado e não sofre reajustes há muitos anos.”

    Pode não ser o valor dos sonhos, mas para o padrão de mercado, é excelente.
    O melhor que consigo fazer é comparar isso a outras profissões do mercado. Usando o próprio conceito de vocês, um profissional realiza até 2 consultas por hora certo? Vou até considerar como mínimo 1 consulta por hora, e no máx 2 consultas por hora.
    Em termos de folha de pagamento, o padrão CLT de quantidade de horas trabalhadas é 220 horas/mês. Considerando que o profissional realize entre 1 a 2 consultas por hora, no padrão de 220 horas/mês isso significaria de R$6.600 a R$13.200 por mês.

    Para referência, o Engenheiro (independente da especialidade, civil, mecânico, etc…), que é uma das profissões mais valorizadas do mercado atual e que também tem decisões de alta responsabilidade nas mãos, tem um salário inicial de R$6100 ou R$6500 (varia por estado), que é menos do que o mínimo segundo o cálculo anterior.

    Conclusão: Sim, esse pagamento de R$8 é realmente muito baixo, porém os R$30 que vocês também criticaram está perfeitamente encaixado entre as profissões mais valorizadas do país. Pode melhorar? Pode… mas não é situação isolada de vocês, é crescimento do mercado todo que precisamos.

    • dicasodonto says:

      Olá Gustavo. Gostei bastante da sua conta. Só faltou considerar as faltas, glosas, retornos (que em alguns casos não são contabilizados) e outros problemas burocráticos que os convênios colocam sobre tudo isso. O que acontece que o preço de tabela de R$ 30,00 é igual há muitos anos no caso dos médicos e essas tabelas não sofrem reajustes. Tudo sobe de preço menos a tabela de convênios? Isso que acaba sendo triste e cansativo, muitas vezes. Há tabelas de convênios odontológicos com valores menores que R$ 8,00 e essas empresas saem impunes todos os dias. O negócio é o seguinte: tem que se valorizar e PARAR de atender convênios que tenham tabelas com valores muito baixos.

  8. Pedro Sarau says:

    Concordo que os valores pagos pelos convênios aos odontólogos competentes estão baixos. Mas os preços cobrados pelo tratamento particular, via de regra, chegam a ser dezenas de vezes maiores. Isso empurra os clientes que poderiam pagar um preço justo para os convênios. Médicos competentes (hoje são raros) e que se disponham a oferecer um mínimo de 30 minutos de seu tempo para uma consulta honesta merecem mais que 30 reais. Alguns que tenho consultado ultimamente usam 10 minutos de seu tempo na consulta, são muito triviais e/ou vis em seus supostos diagnósticos, e deveriam ter o diploma cassado. Embora nas duas áreas temos excelentes e responsáveis profissionais, o consumidor não tem com sabê-lo a não ser pelo processo de tentativa e erro, o que nos custa a saúde, tempo e dinheiro com medição equivocada.

  9. Rodrigo Queirós says:

    Boa Tarde,

    Obviamente sou dentista e tão menos um profissional da área da saúde, e também acho lamentável que este seja o retorno de anos de estudo…
    Enquanto cliente, sou conveniado ao Porto Seguro Odontológico e após 03 consultas em uma clinica selecionada aleatoriamente, resolvi trocar de dentista já que havia um certo “descaso” durante o atendimento. NÃO estou aqui para criticar o profissional, LONGE DISSO!!! Estou aqui porque agora é possível entender o outro lado da moeda. Não há como trabalhar só por amor a profissão, pois independente da área, todos esperam a recompensa, o reconhecimento, a satisfação.
    Ainda estou a procura de um novo dentista mas pelo que percebi, talvez pagar o valor normal da consulta me trará mais conforto e segurança de um trabalho bem feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*