As frases que os dentistas mais ouvem

Como dentistas, apesar de tratarmos cada caso diferente e enfrentarmos desafios múltiplos durante nossos dias clínicos, alguns padrões acabam se formando. Muitas dúvidas dos pacientes são parecidas. Seja por uma confusão feita por mitos enraizados em nossa cultura, seja por comerciais de empresas de higiene bucal que dão a entender que seus produtos são milagrosos. Adicione suas dúvidas e as dúvidas dos seus pacientes nos comentários. (Artigo idealizado sobre postagem da colega @odontodepressivos)

– ->  Tomei muito antibiótico, por isso meus dentes estão assim

Essa é clássica. Colocar a culpa no antibiótico é tão fácil, não é? Porém, não cola. O único antibiótico que é capaz de manchar os dentes é a Tetraciclina, hoje praticamente abolido das receitas pediátricas e hospitais. Pessoas que tem essa sensação de que os dentes estragam com facilidade podem ter outros problemas não diagnosticados como má formação do esmalte dental, pouca salivação, bruxismo severo, entre outros. Independente disso tudo, o problema mais comum ainda é a cárie dental. Uma dieta desregrada e muito açucarada vai levar a destruição dental. Neste caso não é culpa dos seus genes (outra tentativa de explicação dos pacientes – “minha mãe também estragou os dentes assim”). Olhe sempre para a alimentação e cuidado com hábitos nocivos.

Leia mais –  CLIQUE AQUI

— > Na gravidez, perdi muito cálcio e meus dentes enfraqueceram.

Outra impressão muito parecida com a que discutimos acima. Na gravidez acontecem duas coisas na boca (acontecem várias coisas, mas vamos resumir com o que é mais comum) que podem explicar muito bem porque alguns dentes podem estragar durante este período: a mudança hormonal que pode levar a mudança de elasticidade das articulações em volta dos dentes e a mudança de hábitos – a gestante come mais vezes ao dia de maneira desregrada.

A transformação do corpo da mulher durante a gestação pode aumentar as chances de problemas bucais, mas não por “perda de cálcio”. Os tecidos reagem de maneira diferente, ficando mais sensíveis e pode ser que qualquer “sujeirinha” no dente – leia-se acúmulo de placa bacteriana ou biofilme dental – cause uma reação ruim mais exacerbada. A gengiva vai sangrar “mais fácil”. Por isso é recomendável que você gestante vá ao seu dentista fazer uma revisão na trimestre do meio da gestação.

Leia mais – CLIQUE AQUI

— > Por que ainda não inventaram um motorzinho sem barulho?

Do jeito que o motorzinho é hoje, não é possível ser silencioso. A tecnologia consegue diminuir o ruído e tenha certeza: os mais incomodados com o barulho das canetas de alta e baixa rotação são os dentistas que passar o dia com essa “melodia” no ouvido. A caneta de alta rotação é uma mini turbina movida a ar. Para atingir a rotação desejada para podermos tratar dos dentes de vocês, essa turbina precisa girar muito rápido. Já ouviu o barulho de uma turbina de avião? Pois é. O comprimido passa e gira a turbina. Esse ar precisa sair por algum lugar e aí ele faz o barulho tão temido. 

Leia mais – CLIQUE AQUI

— > Estou para receber um dinheiro e aí poderei fazer todo tratamento.

Sabemos que a vontade de todo mundo é fazer os tratamentos propostos pelos dentistas. Na esmagadora maioria das vezes essa fala não é por mal. Sabemos também que o tratamento odontológico “compete” com os inúmeros aparelhos sonhos de consumo do brasileiro. “Compro uma TV 4K Oled ou substituo meu dente perdido por um implante?” Não é muito culpa nossa, mas de uma sociedade extremamente consumista que está o tempo todo te vendendo algum produto. A dica é: vá ao seu dentista regularmente, duas vezes ao ano para fazer prevenção. Você evita surpresas desagradáveis e não gasta muito dinheiro. Aí sobre mais para você comprar o Samsung Note 8, trocar de carro ou viajar para o exterior. 

Leia mais – CLIQUE AQUI

Um abraço,

Equipe Dicas Odonto 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*