Nunca realize cirurgias sem solicitar exames prévios

Qualquer pessoa pode passar por uma cirurgia odontológica? Qualquer pessoa pode passar por um procedimento de colocação de implantes dentários? Realizar uma cirurgia sem pedir exames prévios é arriscado e se você for “sorteado” pode colocar em risco a vida do seu paciente.

A gente insiste e chega até a ser chato aqui nos artigos do blog. Seus professores foram chatos também, repetitivos e insistentes na faculdade de Odontologia. Você era daqueles que virava os olhos para cima quando um professor tocava no assunto “anamnese”? De novo isso? E não adianta depois colocar a culpa no paciente dizendo “ela não me contou que tomava tal remédio” ou “ele não me disse que tinha problemas de cicatrização”. Você ao menos perguntou? Deu chance para o paciente falar? Tem uma ficha de anamnese? Solicitou exames complementares? 

Recentemente, recebemos uma triste notícia de um paciente que foi a óbito após passar por uma cirurgia de colocação de implantes dentários. Não podemos seguir o que se ouve em propagandas de programas da tarde da TV aberta. “Qualquer um pode fazer implantes dentários”. “É uma cirurgia simples”. Não é. E uma “comida de bola” na hora do pré operatório e da anamnese pode desencadear uma desgraça dessas. O paciente fazia uso de anticoagulantes (Marevan) e depois de realizado o procedimento, alguns hematomas começaram a aparecer e a hemorragia não cessava. Segundo alguns relatos, o paciente foi de SAMU para o Hospital e foi internado na UTI após passar mal e ter dificuldades respiratórias. 

Cirurgia nunca é simples. Ela exige conhecimento avançado de anatomia, fisiologia, biologia, conceitos, instrumentais e técnica. Precisão e destreza manual. Cuidado. Cirurgia é feita devagar, com tempo e com auxiliar. Com planejamento sempre. Com todos materiais a disposição. Acidentes cirúrgicos podem ocorrer? Claro! E o profissional precisa ficar de olho e agir de maneira correta. No caso em questão também foi levantada a hipótese de um erro na perfuração para colocação dos implantes, permitindo que o sangramento ocorresse na região sublingual. Assim como um acidente aéreo, uma cirurgia que deu errado nunca tem apenas um único erro.  

Por que a pressa para realizar uma cirurgia eletiva? Muitos dos nossos pacientes possuem convênio médico para poder realizar exames de sangue pré operatórios. Basta solicitar os exames em um receituário. Basta esgotar a anamnese com perguntas chave. Está tomando algum remédio? Faz algum tratamento médico? Investigue. Anote. Se houver dúvidas, peça ao paciente para trazer as caixinhas dos medicamentos que ele toma. Só entre para operar quando tiver certeza de que aquele paciente pode passar pelo procedimento proposto.

Deixamos também um alerta aos pacientes: nunca esconda nada sobre a sua saúde do seu médico ou do seu dentista. Segurança do paciente é um ponto chave na nossa prática diária. Para isso, o profissional deve estar preparado, atento e ter tempo para diagnosticar, planejar corretamente e mesmo contra indicar um procedimento. 

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*