Projeto de Lei pretende alterar prerrogativas do Cirurgião Dentista – Radiologia


O projeto de lei 3661/12 – LEIA AQUI – de autoria do senador Paulo Paim do PT está sendo apreciado pela Câmara dos Deputados. Ele estabelece um novo marco regulatório para Técnicos e Tecnólogos em Radiologia e ao mesmo tempo fere prerrogativas do Cirurgião Dentista e do Técnico em Saúde Bucal. Entenda a seguir.

Aproveite e assine e o ABAIXO ASSINADO CONTRA O PL 3661/12 AQUI

A radiografia odontológica é um dos exames complementares mais utilizados pelo cirurgião dentista. Desde os primórdios da faculdade aprendemos a lidar com filmes radiográficos, revelação, radiação, aparelhos de raio X, cuidados, proteção dos pacientes e profissionais. Para diagnóstico de problemas ósseos na boca, lesões de cárie que não são visíveis clinicamente, fases do tratamento de canal, erupção dentária, decisão sobre extrair ou não um dente, entre muitos outros. Qualquer dentista está apto a realizar tomadas de exames de imagem. Sempre foi assim. Aquelas as quais o maquinário é muito caro para se ter no consultório são tiradas em centros radiológicos, para onde encaminhamos nossos pacientes.  

Continue reading

Harmonização facial, preenchimento, médicos e dentistas


Uma triste notícia está sendo usada como munição por algumas pessoas para atingir seus objetivos em relação a procedimentos estéticos faciais realizados por cirurgiões dentistas. Um conselho regional e alguns profissionais de saúde vêm usando uma tragédia para fazer campanha contra uma resolução do CFO de 2016 que permite ao cirurgião dentista atuar na face utilizando toxina botulínica e preenchedores faciais.  

A empresária Graziela Cavalli, 38 anos, sofreu um Acidente Vascular Isquêmico e faleceu alguns dias depois de realizar um procedimento de preenchimento labial com ácido hialurônico realizado por um cirurgião dentista. A triste notícia se espalhou pelas mídias sociais, grupos de Facebook , Whatsapp e foi se modificando como aquela antiga brincadeira popular do telefone sem fio. No Instagram, alguns médicos condenaram o dentista levando a crer que o procedimento estético foi o responsável direto pelo AVC da empresária, justamente para novamente levantar a bandeira de que apenas médicos estão aptos a realizar este tipo de procedimento.

Por um lado, não se pode afirmar a relação direta entre o preenchimento labial e o AVC sem um laudo definitivo que ainda não apareceu e nem sei se vai aparecer. A história chegou a pessoas diferentes de maneiras diferentes. Alguns falam que o material utilizado pelo dentista não foi ácido hialorônico e sim hidrogel. Outros falam que o preenchimento foi feito também na glabela (região do início do nariz entre as sobrancelhas logo abaixo da testa), local que tem uma maior chance de complicações. Outros afirmam que a substância foi injetada em uma artéria e isso poderia ter causado um AVC. São todas suposições baseadas em achismos e fatos desencontrados. Será que é assim que esse pessoal realiza seus diagnósticos?

Por outro lado, na minha singela opinião (os colegas dentistas podem até ficar irritados comigo aqui) eu acho que está havendo um exagero tremendo nessa nova área de atuação da harmonização facial. Os dentistas deveriam se ater ao terço facial inferior, do nariz para baixo, sempre como complementação aos tratamentos dentários realizados. A divulgação esdrúxula de procedimentos via redes sociais, a notícia de que um convênio odontológico vai começar a oferecer Botox, dentista que largou de tratar dente e gengiva e só realiza botox, bichectomia e preenchimentos, mil cursos de final de semana que nem sempre são suficientes para capacitar um profissional a realizar esses novos procedimentos.

Uma especialização deveria ser obrigatória. Aí só teriam acesso às substâncias os profissionais inscritos e registrados no Conselho Federal com este curso finalizado. Algo que acontece, por exemplo, com as solicitações aos Bancos de Ossos – apenas especialistas em Periodontia, Implantodontia e em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilo facial podem fazer esta solicitação e a sua utilização. Virou bagunça e tem gente queimando o filme da profissão. Eu entendo a indignação dos médicos. Do mesmo jeito que vimos um bando de dentistas se indignando na Internet porque o agora enfermeiros foram liberados para utilizar o Laser em pacientes com mucosites. Tem muita gente pensando em reserva de mercado e não nos pacientes.

Ainda somos um país com muitos desdentados, sofremos com perdas dentais precoces, com periodontites e com tantos males na saúde bucal. Talvez o problema esteja muito mais aprofundado, porque somos também um país que sofre com excesso de dentistas pela abertura desenfreada de faculdades e muitos podem ter enxergado na harmonização facial uma maneira de se diferenciar da concorrência esmagadora. Não estou aqui para julgar ninguém. Apenas alertando que não se pode usar uma tragédia para forçar a barra de uma situação que já está em pé de guerra e que é preciso prudência na hora de atuar e fazer o marketing da Harmonização facial.

Cabe agora também ao CFO – Conselho Federal de Odontologia – dar uma repensada sobre uma maior fiscalização sobre essa sua resolução porque a situação só tende a piorar. 

Veja aqui a Opinião das ODONTODIVAS sobre o assunto

Um Abraço

Luiz Rodolfo 

Equipe Dicas Odonto

Tabletes dentais para escovar os dentes

Como profissional da área da saúde, sou extremamente cético em relação a novos produtos que aparecem no mercado. Já discutimos bastante aqui no blog sobre o uso indiscriminado de substitutos para as pastas de dente que encontramos no mercado e pessoas que utilizam bicarbonato de sódio, cúrcuma, carvão ativado ou outras “mandingas” para obter clareamento dental de forma “caseira”. Nossa preocupação, como dentistas, é com uso desses produtos abrasivos em longo prazo e com a falta de flúor na escovação. E aí? Eu devo substituir a pasta de dentes pelos tabletes dentais?

Alguns ingredientes dos Tabletes. “Esfoliante” – O dente não é como a pele que se beneficia da esfoliação.

Continue reading

Tomografia Computadorizada para diagnosticar fraturas dentais

A tomografia computadorizada tem se consolidado como exame de extrema importância antes do cirurgião dentista realizar planejamentos reabilitadores com implantes dentários. Outro uso muito comum desse exame é na hora de diagnosticar fraturas dentais, reabsorções ou perfurações. Muitas vezes escondidas e difíceis de ver em uma radiografia periapical, as tomografias podem ser o exame que vai definir o futuro do dente em questão. 

Continue reading

Por que o implante dentário pode não dar certo?


É possível que você já tenha ouvido por aí que o implante foi “rejeitado” ou que houve “rejeição” do parafuso do implante. Nada disso. O nosso corpo não rejeita o titânio. Quando perdemos um implante a osseointegração – formação óssea intrincada com as espiras do implante – não acontece e o parafuso fica amolecido, sem fixação. Nestes casos, temos a falha do tratamento de implantes. Por que isso acontece?

Continue reading

Nunca realize cirurgias sem solicitar exames prévios

Qualquer pessoa pode passar por uma cirurgia odontológica? Qualquer pessoa pode passar por um procedimento de colocação de implantes dentários? Realizar uma cirurgia sem pedir exames prévios é arriscado e se você for “sorteado” pode colocar em risco a vida do seu paciente.

A gente insiste e chega até a ser chato aqui nos artigos do blog. Seus professores foram chatos também, repetitivos e insistentes na faculdade de Odontologia. Você era daqueles que virava os olhos para cima quando um professor tocava no assunto “anamnese”? De novo isso? E não adianta depois colocar a culpa no paciente dizendo “ela não me contou que tomava tal remédio” ou “ele não me disse que tinha problemas de cicatrização”. Você ao menos perguntou? Deu chance para o paciente falar? Tem uma ficha de anamnese? Solicitou exames complementares? 

Recentemente, recebemos uma triste notícia de um paciente que foi a óbito após passar por uma cirurgia de colocação de implantes dentários. Não podemos seguir o que se ouve em propagandas de programas da tarde da TV aberta. “Qualquer um pode fazer implantes dentários”. “É uma cirurgia simples”. Não é. E uma “comida de bola” na hora do pré operatório e da anamnese pode desencadear uma desgraça dessas. O paciente fazia uso de anticoagulantes (Marevan) e depois de realizado o procedimento, alguns hematomas começaram a aparecer e a hemorragia não cessava. Segundo alguns relatos, o paciente foi de SAMU para o Hospital e foi internado na UTI após passar mal e ter dificuldades respiratórias. 

Cirurgia nunca é simples. Ela exige conhecimento avançado de anatomia, fisiologia, biologia, conceitos, instrumentais e técnica. Precisão e destreza manual. Cuidado. Cirurgia é feita devagar, com tempo e com auxiliar. Com planejamento sempre. Com todos materiais a disposição. Acidentes cirúrgicos podem ocorrer? Claro! E o profissional precisa ficar de olho e agir de maneira correta. No caso em questão também foi levantada a hipótese de um erro na perfuração para colocação dos implantes, permitindo que o sangramento ocorresse na região sublingual. Assim como um acidente aéreo, uma cirurgia que deu errado nunca tem apenas um único erro.  

Por que a pressa para realizar uma cirurgia eletiva? Muitos dos nossos pacientes possuem convênio médico para poder realizar exames de sangue pré operatórios. Basta solicitar os exames em um receituário. Basta esgotar a anamnese com perguntas chave. Está tomando algum remédio? Faz algum tratamento médico? Investigue. Anote. Se houver dúvidas, peça ao paciente para trazer as caixinhas dos medicamentos que ele toma. Só entre para operar quando tiver certeza de que aquele paciente pode passar pelo procedimento proposto.

Deixamos também um alerta aos pacientes: nunca esconda nada sobre a sua saúde do seu médico ou do seu dentista. Segurança do paciente é um ponto chave na nossa prática diária. Para isso, o profissional deve estar preparado, atento e ter tempo para diagnosticar, planejar corretamente e mesmo contra indicar um procedimento. 

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Maxillo Facial Tips – Entrevista com Dr. Filipe Jaeger


O Dr. Filipe Jaeger do Instagram @maxillofacialtips é cirurgião dentista Bucomaxilofacial e professor de Universidade. Recentemente, lançou um projeto social para ajudar a reinserção na sociedade de pacientes que ficaram com sequelas e deformidades faciais após tratamentos oncológicos. Uma maneira ímpar de valorizar a Odontologia, demonstrando que dentista não mexe apenas com buracos nos dentes. Leia a entrevista do Blog Dicas Odonto:


Continue reading

Você pretende ser dentista? Tire suas dúvidas sobre a Odontologia

Antes de efetivamente viver o dia a dia de uma profissão, a gente só consegue imaginar como vai ser a rotina diária. Cada profissão tem as suas peculiaridades e ao pedir conselhos para pessoas já formadas, você sempre vai encontrar gente muito feliz com o que faz e gente frustrada que vai te aconselhar a fazer outra coisa. Normal. Veja à seguir o que esperar da Odontologia. 

A Odontologia é uma profissão que exige muita dedicação, desde a faculdade. Você vai precisar estudar a vida toda se quiser ser um bom dentista. Coloque isso na cabeça. Especialização é quase que uma obrigação nos dias de hoje, como um complemento importante e os cursos de atualização e palestras são de suma importância para acompanhar as novas técnicas e tecnologias. Sempre tem coisa nova aparecendo e a gente precisa entender como as coisas funcionam e não sair comprando qualquer bugiganga nova que aparece por aí.  
Continue reading

Katy Perry está usando PPR ?

A linda cantora Katy Perry tem deixado seus fãs encucados desde setembro de 2015, quando foi possível notar um pequeno metalzinho em seu 1º pré molar superior esquerdo. O que será que isso pode ser?

Ontem quando joguei esta imagem acima no Instagram do Dicas Odonto (VEJA AQUI), muitos leitores e seguidores brincaram com o metal. Prótese parcial removível (PPR) alguns comentaram, outros acharam que poderia ser um coroa metalocerâmica desgastada. O metal na verdade é uma jóia – que deve costar uma pequena fortuna – e tem o formato do símbolo da Nike. Um piercing dental colado ao dente. Óbvio que a popstar não ficaria com uma coroa antiga por tanto tempo na boca, não é?

No início, seus fãs estranharam porque sabe-se que a cantora aprecia usar roupas da Adidas. Porém, nem tudo nessa vida é “preto no branco” ou “ouro no branco do dente”. Muitos artistas de grande sucesso e alcance nas mídias usam aparatos diferentes nos dentes ou na boca, como os antigos “Grills“. Nada mais do que um lance publicitário que deixa os fãs mais ferrenhos brincarem com suas teorias conspiratórias.  

Nesta imagem a gente consegue ver melhor. Fonte – Cosmopolitan

O piercing dental é muito conhecido e difundido. Consiste em um aparato, que pode ser uma jóia, colado na parte da frente de dentes anteriores com resina composta (como se fosse um bráquete de aparelho fixo) sem trazer prejuízo para a estrutura dental ou para a boca, a não ser que seja pontiagudo. Alguns dentistas alegam que ele pode ser um local de acúmulo de placa e alimento, podendo aumentar o risco de cáries em volta dele. Então, se você quiser ter um piercing dental, saiba que deverá escovar e limpar a área muito bem para que o enfeite não traga prejuízos futuros aos dentes.

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Desdentadito – Paródia Dicas Odonto – Despacito


Despacito … Quer dizer, com você mais um paródia especial odontológica do Blog Dicas Odonto – Desdentadito. Ritmo dançante que brinca com a música mais grudenta e tocada dos últimos meses em todo o mundo – Despacito de Luís Fonsi. Quem não quer ficar desdentadito, basta ter bons hábitos de alimentares, de higiene bucal e visitar seu dentista regularmente – 2 vezes ao ano.

Uma mistura de português com sotaque espanhol da música Despacito adaptada para a vida eugenólica por Luiz Rodolfo e Nana Batista com cenas filmadas em HD 1080 e 60 Hz. Um modo bem humorado, usando uma música de sucesso, para lembrar que as visitas regulares ao dentista são de suma importância, além de todos os cuidados caseiros de higiene e alimentação do dia-a-dia.

Vem cantar e compartilhar o Desdentadito!

A música vai grudar na sua cabeça mais do que bolacha no dente do fundo. Uma compilação bem humorada e um alerta para você não ficar Desdentadito. 

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto