Odontologia – 5 segredos da profissão

Elenquei 5 segredos da Odontologia de uma maneira simples e bem humorada para aqueles que têm vontade de seguir suas correiras por esta linda profissão. São características simples, porém importantes. 

Antes da gente escolher uma profissão a gente fica pensando: “será que eu vou gostar do dia a dia?”. “Será que é isto mesmo que eu quero?”. “Vou poder me sustentar?”. “Por onde começo?”. São muitas dúvidas e anseios. Até porque somos muito novos e inexperientes quando somos obrigados a escolher o que vamos fazer para o resto de nossas vidas,  não é?

É claro que a Odontologia tem muito mais detalhes do que os cinco explorados no vídeo. Porém, se você estiver disposto a aceitar esses cinco ou a maioria deles, já está no caminho certo. Depois não vá dizer que eu não avisei, hein?

Veja o artigo completo com os 5 segredos no BLOG DA DENTAL CREMER

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

As frases que os dentistas mais ouvem

Como dentistas, apesar de tratarmos cada caso diferente e enfrentarmos desafios múltiplos durante nossos dias clínicos, alguns padrões acabam se formando. Muitas dúvidas dos pacientes são parecidas. Seja por uma confusão feita por mitos enraizados em nossa cultura, seja por comerciais de empresas de higiene bucal que dão a entender que seus produtos são milagrosos. Adicione suas dúvidas e as dúvidas dos seus pacientes nos comentários. (Artigo idealizado sobre postagem da colega @odontodepressivos)

– ->  Tomei muito antibiótico, por isso meus dentes estão assim

Essa é clássica. Colocar a culpa no antibiótico é tão fácil, não é? Porém, não cola. O único antibiótico que é capaz de manchar os dentes é a Tetraciclina, hoje praticamente abolido das receitas pediátricas e hospitais. Pessoas que tem essa sensação de que os dentes estragam com facilidade podem ter outros problemas não diagnosticados como má formação do esmalte dental, pouca salivação, bruxismo severo, entre outros. Independente disso tudo, o problema mais comum ainda é a cárie dental. Uma dieta desregrada e muito açucarada vai levar a destruição dental. Neste caso não é culpa dos seus genes (outra tentativa de explicação dos pacientes – “minha mãe também estragou os dentes assim”). Olhe sempre para a alimentação e cuidado com hábitos nocivos.

Leia mais –  CLIQUE AQUI

— > Na gravidez, perdi muito cálcio e meus dentes enfraqueceram.

Outra impressão muito parecida com a que discutimos acima. Na gravidez acontecem duas coisas na boca (acontecem várias coisas, mas vamos resumir com o que é mais comum) que podem explicar muito bem porque alguns dentes podem estragar durante este período: a mudança hormonal que pode levar a mudança de elasticidade das articulações em volta dos dentes e a mudança de hábitos – a gestante come mais vezes ao dia de maneira desregrada.

A transformação do corpo da mulher durante a gestação pode aumentar as chances de problemas bucais, mas não por “perda de cálcio”. Os tecidos reagem de maneira diferente, ficando mais sensíveis e pode ser que qualquer “sujeirinha” no dente – leia-se acúmulo de placa bacteriana ou biofilme dental – cause uma reação ruim mais exacerbada. A gengiva vai sangrar “mais fácil”. Por isso é recomendável que você gestante vá ao seu dentista fazer uma revisão na trimestre do meio da gestação.

Leia mais – CLIQUE AQUI

— > Por que ainda não inventaram um motorzinho sem barulho?

Do jeito que o motorzinho é hoje, não é possível ser silencioso. A tecnologia consegue diminuir o ruído e tenha certeza: os mais incomodados com o barulho das canetas de alta e baixa rotação são os dentistas que passar o dia com essa “melodia” no ouvido. A caneta de alta rotação é uma mini turbina movida a ar. Para atingir a rotação desejada para podermos tratar dos dentes de vocês, essa turbina precisa girar muito rápido. Já ouviu o barulho de uma turbina de avião? Pois é. O comprimido passa e gira a turbina. Esse ar precisa sair por algum lugar e aí ele faz o barulho tão temido. 

Leia mais – CLIQUE AQUI

— > Estou para receber um dinheiro e aí poderei fazer todo tratamento.

Sabemos que a vontade de todo mundo é fazer os tratamentos propostos pelos dentistas. Na esmagadora maioria das vezes essa fala não é por mal. Sabemos também que o tratamento odontológico “compete” com os inúmeros aparelhos sonhos de consumo do brasileiro. “Compro uma TV 4K Oled ou substituo meu dente perdido por um implante?” Não é muito culpa nossa, mas de uma sociedade extremamente consumista que está o tempo todo te vendendo algum produto. A dica é: vá ao seu dentista regularmente, duas vezes ao ano para fazer prevenção. Você evita surpresas desagradáveis e não gasta muito dinheiro. Aí sobre mais para você comprar o Samsung Note 8, trocar de carro ou viajar para o exterior. 

Leia mais – CLIQUE AQUI

Um abraço,

Equipe Dicas Odonto 

Manual de Orientação de Medicamentos e Manifesto nas Redes Sociais

O CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) junto com o CRFSP (Conselho Regional de Farmácia de São Paulo) elaboraram um manual de orientação de prescrição e dispensação de medicamentos utilizados em Odontologia. O problema é que mesmo antes de seu lançamento, um alerta está sendo replicado pelas redes sociais desmoralizando o trabalho dos conselhos e desvirtuando o real objetivo do Manual. Entenda lendo o artigo completo.

Clique na imagem para ler o Manual completo

Em primeiro lugar: o Manual não é uma lista fixa e restritiva. Não quer dizer que os medicamentos que não estejam lá, sejam proibidos ao cirurgião dentista. Já começa por aí. Conversei com algumas pessoas envolvidas na formulação desse material e os principais objetivos desse trabalho foram mostrar aos farmacêuticos como a área de atuação da Odontologia é complexa e vasta e mostrar que dentista não receita apenas antibiótico, anti-inflamatório e analgésico. Tudo isso veio de uma demanda gigante de reclamações, tanto de dentistas como de farmacêuticos, enviadas aos seus respectivos conselhos ao longo desses anos. O Manual busca o melhor relacionamento entre as profissões, que um dia, em um passado distante, já foram uma profissão só.   

Reclamar nas redes sociais é tão fácil, não é? Basta clicar em um botão para compartilhar qualquer baboseira. Não precisa nem ler. Basta ler a manchete, não é mesmo? Vivemos tempos estranhos. Temos uma gama absurda de informação na ponta dos nossos dedos, mas temos preguiça de ler. Quem replicou esse tal manifesto ou alerta (que vou deixar colado lá no final do artigo), teve o tempo de fazer a sua leitura? Ou já leu ali as primeiras linhas e compartilhou acreditando nessa história de que o CROSP estaria limitando a prescrição dos dentistas? 

Vamos entender os fatos. Há quase 3 anos o CROSP e o CRFSP tentam finalizar este material muito especial e elucidativo, o qual deram o nome de Manual de Orientação de Prescrição e Dispensação de Medicamentos Utilizados em Odontologia. Antes de reclamar nas rede sociais, você leu o Manual? Olha, tem que ler com atenção e ler todas as 64 páginas, ok? Deixo aqui já o LINK (CLIQUE AQUI) para o Manual que já foi lançado no site do CRFSP. O Manual será lançado também neste próximo CIOSP de 2018 e visa descomplicar um pouco essa “Torre de Babel” de prescrições. 

Todos os medicamentos estão compreendidos no Manual? NÃO! Os medicamentos que não estão lá não podem ser prescritos pelos cirurgiões dentista? NADA A VER. Sabemos que a lista de medicamentos presentes no mercado é absurdamente grande, sem contar que ela muda com muita frequência. Como o CROSP e o CRFSP chegaram nesta lista, especificamente? As câmaras técnicas  foram consultadas. Cada especialidade pôde contribuir com uma lista de medicamentos mais utilizados. A lista foi feita por cirurgiões dentistas em conjunto com farmacêuticos também para orientar os próprios farmacêuticos, a fim de diminuir as receitas “barradas” feitas por dentistas. 

Além de tudo isso, o Manual tem os modelos de receituários padronizados para também diminuir as chances de erros de comunicação entre os profissionais. E se o remédio que eu estiver prescrevendo não estiver ali na lista do Manual, ele vai ser negado ao paciente? NÃO! Em caso de dúvidas, o farmacêutico deve entrar em contato com o cirurgião dentista. Por isso as receitas tem endereço e telefone. Isso está especificado nas considerações do Manual. 

A receita só será “barrada” se estiver em desacordo com as normas estabelecidas. Se estiver faltando carimbo, se a dosagem ou o nome do medicamento estiver errado, por exemplo. Se acontecer qualquer coisa de ruim com o paciente por culpa de um medicamento prescrito de forma irregular, você acha que o farmacêutico não responde judicialmente por isso também? Claro que sim. A gente pode ter essa percepção de que o Brasil é uma bagunça e que as coisas não funcionam, mas o controle dessa área de medicamentos é super rigoroso. E deve ser mesmo. 

Para finalizar, vou apenas citar um exemplo para que o “mimimi” não corra solto por aí. Uma das demandas dos farmacêuticos era saber porque tem tanto dentista prescrevendo o medicamento “Omeprazol”, que tem como uma de suas funções a proteção gástrica contra outros medicamentos que sabidamente podem causar problemas em pessoas que sofrem de gastrite ou esofagite. Se você – dentista – prescreveu o Omeprazol para proteção contra um antibiótico ou anti-inflamatório que o paciente vai tomar após um procedimento cirúrgico bucal ou facial, você está totalmente dentro da sua área e atuação e pode fazer isso sem problemas. Agora, se por outro lado, você vai TRATAR uma gastrite ou está apenas receitando o Omeprazol sem ter nenhuma relação com algo que você vai realizar na boca ou na face do seu paciente, aí a prescrição será irregular. Claro que a linha é tênue e isso é difícil de ser fiscalizado, mas com o Manual em mãos, farmacêuticos ficam mais seguros com este tipo de receita. 

Enfim, orientação – bem feita – nunca é demais. Orientação feita de maneira séria, com bibliografia (olhem lá a vasta bibliografia no Manual), baseada em evidência científica. Isso não é limitar ou restringir e sim melhorar a comunicação entre duas profissões irmãs. Sobre a modulação hormonal e os medicamento utilizados em harmonização facial (botox, preenchedores e afins) não estão ali porque não são comprados em farmácia. Eles estão liberados sim, até porque existem leis que garantem aos dentistas o direito de usá-los. Leiam o manual e cuidado com o que compartilham pela Internet sem ler. 

Um Abraço

Luiz Rodolfo

Equipe Dicas Odonto 

*** Alerta sendo divulgado pelas redes sociais – Vejam como ele visa desqualificar um trabalho de extrema seriedade dos Conselhos profissionais de Odonto e Farmácia de São Paulo.

Pessoal, gostaria de fazer um alerta a todos os colegas!!!!

 O CROSP em parceria com o CRFSP (Conselho Regional de Farmácia) está criando um manual de orientação aos farmacêuticos sobre os eventuais *limites* de prescrição dos profissionais de odontologia, além de criarem uma lista de medicamentos que os CDs podem prescrever.

👆Essa atitude, configura um ato de ilegalidade, ja que perante a lei federal que rege o exercício profissional da odontologia 5081/66, o cirurgião dentista pode prescrever qualquer medicamento de uso interno ou externo na sua área de atuação *(que não é somente boca e dentes)*, como citado no tal manual, além de poder e *dever*  prescrever qualquer medicamento em casos de urgência, o que fica bem claro no âmbito jurídico que o CD, tem habilitação legal para a prescrição de qualquer classe medicamentosa que lhe seja conveniente ao seu tratamento em específico, ainda podendo lançar mão de medicamentos que não sejam comuns em sua área de atuação, mas que são  coadjuvantes ao seu tratamento.

Essa criação de lista do que é comum de ser prescrito, será utilizada pelos farmacêuticos para dizer o que o CD pode ou não prescrever, ou seja, o que não estará contido na lista, possivelmente será barrado, o que irá acarretar ainda mais problemas nos quais já temos passado, mediante a prescrição por CDs.

O CROSP na qualidade de conselho profissional, deveria defender os direitos do profissional cirurgião dentista e não ir contra limitando a atividade profissional.

O CROSP talvez não saiba ou tenha se esquecido, que juridicamente, o cirurgião dentista como profissional prescritor, assim como os médicos e os médicos veterinários, pode prescrever qualquer medicamento que seja relevante a sua área de atuação e tratamento, não podendo em hipótese alguma sofrer restrições no campo da prescrição, pois isso fere o direito constitucional de livre exercício profissional, contido na constituição federal *livre exercício profissional – CF/88, art. 5o., inc. XIII*.

Considerando que o CRO dá a entender aos farmacêuticos no manual escrito, que o C.D atua somente na boca e dentes, o que não é verdade pois perante a lei, atuamos *invasivamente* na face, boca e pescoço e *sistemicamente* no corpo todo.

Considerando também, que o C.D possui atribuições de um profissional médico, *pois o mesmo realiza diagnóstico nosologico, solicita exames e prescrição de medicamentos*, não podendo sofrer nenhuma restrição quanto ao rol de medicamentos disponíveis, sendo, nesse caso,  um ato de ilegalidade a sugestão de lista de medicamentos comumente prescritos.

Considerando ainda,  que nessa lista criada, foram deixadas de lado as áreas da Estética Oro Facial, Ortomolecular, Modulacao Hormonal, pois não inclui os fármacos ou substâncias utilizadas pelo CD, tais como *toxina botulinica, ácido hialurônico, testosterona, progesterona e demais hormónios de grande importância utilizados na Modulacao hormonal*.

Convoco todos os colegas a nos unirmos e presssionar o CROSP para que essa lista seja barrada ou retificada de acordo com todas essas informações jurídicas acima citadas, pois sabemos que mesmo que o manual seja somente uma orientação de prescrição e não uma lei, *isso irá criar ainda mais conflitos entre os profissionais de farmácia e cirurgiões dentistas*, restringindo ainda mais a nossa prescrição e principalmente as novas áreas de atuação do CD, que serão prejudicadas diretamente, além de ser um ato totalmente desprovido de legalidade, mediante a legislação federal da odontologia e da constituição federal brasileira.

Temos que ser rápidos e divulgar urgente essa mensagem para que alcancem o maior número de colegas, principalmente aos que fazem parte das áreas de Modulacao Hormonal e Estetica Oro Facial, pois estão prestes a publicar e distribuir esse manual aos farmacêuticos e aos dentistas no CIOSP próximo.

Pelo jeito o CROSP esqueceu que o rosto, a boca e os dentes fazem parte de um indivíduo como um todo e que medicamentos usados na medicina para tratar doenças também coincidem com medicamentos que o CD poderá abrir mão na sua *área de atuação*.

Ou será que na medicina existe também uma lista proibindo os médicos de prescrever, antissepticos bucais, antinflamatorios ou analgésicos porque esses medicamentos são de uso exclusivo da odontologia ? rsrs

Vamos nos unir mais uma vez e exigir respeito para a nossa profissão, mostrando a nossa força, já que infelizmente não podemos esperar isso do nosso conselho profissional.” – autor desconhecido.

E aqui vai a Nota de Esclarecimento, em resposta ao alerta acima:

LINK – Site do CROSP 

———————————————————————————————————-

  

Manual de Gestão Financeira – Nova Helpdoc

Se você é um empreendedor como a grande maioria dos cirurgiões dentistas, vai ficar bastante interessado por este manual que está disponível gratuitamente abaixo. 

O Cirurgião dentista é treinado para ser um exímio resolvedor de problemas bucais, devolvendo saúde, estética e qualidade de vida para os pacientes e infelizmente nossa formação acadêmica não contempla a parte de gestão de negócios. Aí é a qualidade de vida do dentista que fica em perigo quando o consultório fecha meses a fio no vermelho e quando não há um planejamento financeiro.

 BAIXE O MANUAL GRATUITAMENTE – Manual Gestão Financeira Helpdoc

Pensando nisso, o Dr. Fernando Versignassi da Nova HelpDoc está disponibilizando gratuitamente – só clicar em cima e fazer o download –  um Manual de Gestão Financeira, baseado nas dúvidas mais comuns de seus clientes. São 50 páginas que compreendem gestão financeira, marketing, gestão comercial, gestão de documentos, entre outros assuntos. A gente sabe a dificuldade que passamos para abrir um consultório e todas burocracias, impostos e taxas que acompanham essa empreitada. 

Espero que vocês aproveitem o Manual que está bem completo e didático. Quem gostar, pode deixar aí embaixo um comentário para os colegas da Nova HelpDoc.

Um Abraço,

Equipe Dicas Odonto

Encontro SBOE – 2017 – Um Divisor de Águas da Odontologia

Tive a oportunidade de participar deste 23º Encontro da SBOE – Sociedade Brasileira de Odontologia Estética – que aconteceu entre os dias 15 e 18 de novembro em Joboatão dos Guararapes, região metropolitana de Recife no Hotel Sheraton Recanto do Paiva. Um evento ímpar da Odontologia, com grandes nomes e palestras de deixar qualquer dentista de boca aberta.

Nestes dias quentes de novembro, pude aproveitar todos os benefícios desse encontro especial da SBOE (com muito ar condicionado) – palestras brilhantes de professores brasileiros e internacionais, uma feira comercial com grandes empresas do ramo odontológico e socializar com grandes nomes da Odontologia em eventos do congresso. Um deles com uma banda de Rock formada por dentistas e um técnico em prótese dentária. Dentistas de todos os cantos do Brasil e estrangeiros se unem nesses 4 dias em prol da excelência, discutindo assuntos que nos tornam melhores no nosso dia a dia. 

Eu digo que este evento foi um verdadeiro divisor de águas para meu modo de pensar. Pura inspiração que me deu um “clique” e mexeu com as coisas dentro da minha cabeça. Observar o que esses dentistas estão fazendo com seus pacientes, suas técnicas arrojadas, suas transformações dentro de um Workflow Digital, o cuidado, o capricho e os resultados alcançados, sempre pautados pela ciência, foi um privilégio. Odontologia de excelência, baseada em evidências científicas. Tudo isso de uma maneira didática e o mais importante segundo as palavras do Dr. Rafael Decursio – uma odontologia reproduzível. As técnicas e protocolos podem ser ensinados e podem ser reproduzidas por qualquer cirurgião dentista. 

Quem foi, pôde se maravilhar com as fotos e vídeos das apresentações. Fotos com um zoom em ultra alta definição. Apresentações com emoção, união entre Periodontia e Dentística na palestra do Dr. Gustavo Giordani e Dr. Luis Eduardo Calicchio do Ateliê Oral, desmistificando conceitos do Clareamento Dental com Dr. Leandro Hilgert e a mudança de paradigma na hora de lidar com Lesões Cervicais Não Cariosas e a Hipersensibilidade, apresentada pelo Professor Paulo Vinícius Soares, uma das apresentações mais emocionantes do evento. Sem contar os estrangeiros que deram um show de odontologia, gestão, imagem, motivação e competência como o Dr. Florin Cofar da Romênia, Dr. Miguel Stanley de Lisboa e o Dr. Nazariy Mykhaylyuk da Ucrânia. Todos eles linkando o brilhante Dr. Christian Coachmann que fez a abertura oficial do evento. Isso só para citar alguns exemplos.    

Basta clicar sobre os nomes dos dentistas para acessar seu Instagram

Me enchi de orgulho da minha profissão e me deu mais uma vez a certeza de que a Odontologia brasileira é sim, sem exageros, a melhor Odontologia do mundo. Não sou só eu que percebo isso e nem só os brasileiros. Os olhos dos dentistas estrangeiros estão sempre voltados para cá. Eles sabem que o Brasil tem muito dentista bom com soluções excelentes para os pacientes. Passar esses quatro dias ao lado desses dentistas me deu vontade de ser melhor, de ir além, de colocar antigos planos em prática, de crescer mais para cada vez mais deixar nossos pacientes mais contentes e gerenciar melhor suas expectativas. 

Eu pessoalmente recomendo que você, dentista, vá a um evento desses. Saia do comum, dessas quatro paredes fechadas. Saia dessa zona de conforto e dê um passo mais longo. Às vezes, nos concentramos em estruturas tão pequenas que esquecemos de olhar um pouco para o todo. Saia desses grupos de Facebook falidos em que uma legião de gente frustrada fica apenas reclamando da vida e da profissão. Isso faz mal para a gente. Saia desse baixo astral e venha a um evento da SBOE sentir a energia positiva  e a troca de experiências com dentistas de grande sucesso profissional. Ano que vem – 2018 – será em Salvador, na Bahia. E aí? Vamos ser melhores? CLIQUE AQUI

Agradeço a todos amigos e colegas presentes no evento, especialmente ao amigo Dr. Thiago Avelar.

Um Abraço

Luiz Rodolfo    

Endocrown de compósito nanohíbrido – Caso Clínico

Endocrown de compósito nanohíbrido Brava Block usinada em CAD/CAM

Fonte: FGM Produtos Odontológicos

Paciente do sexo masculino, 36 anos.

A Queixa:
Dente 36 com dor espontânea.
O exame clínico/radiográfico:
– O dente 36 apresentava pulpite irreversível proveniente de extensa lesão de cárie e lesão
endo-perio.
Continue reading

Encerramento das Atividades do Instituto Branemark no Brasil


Uma triste notícia que vem circulando pelos grupos de dentistas no Facebook e no Whatsapp. Depois de quase 13 anos de atuação em Bauru, estado de São Paulo, o Instituto Branemark, entidade filantrópica, sem fins lucrativos, deve fechar suas portas por causa de um desentendimento em relação às suas contrapartidas com a prefeitura de Bauru. A ação envolveu o Ministério Público. Infelizmente, parece que o Brasil perderá este centro de excelência que leva o nome e o legado do pai da Osseointegração, Dr. P.I. Branemark. 

Em 2004, Branemark escolheu a cidade de Bauru em São Paulo para trazer seu instituto internacional de excelência. A prefeitura concedeu o terreno para a construção do prédio. Segundo os termos da concessão de uso, o instituto deveria atender de 100 a 120 pessoas por mês, totalizando o mínimo de 12 mil pacientes em dez anos, sendo 80% com assistência gratuita. O problema foi que segundo laudo do Ministério Público, o Instituto não cumpriu suas obrigações contratuais, atendendo 4.280 pacientes em 10 anos, oferecendo cerca de 12% de gratuidade.
Continue reading

Como escolher o seu dentista?

Vamos partir do pressuposto que você não conheça nenhum dentista e se lembrou que precisa de um. Como as pessoas procuram profissionais de saúde? Como achar aquele dentista em que você vai confiar seu sorriso e sua saúde bucal? Vai por indicação? Por proximidade de casa ou do trabalho? Pelo preço? Pela lista do convênio? Veja algumas dicas para otimizar seu tempo na hora de escolher um dentista. 


Continue reading

Nondas Vlachopoulos no Estande do Grupo Kota – APDESP 2017

Um evento incrível que aconteceu no dia 27/10/2017 dentro do Congresso da APDESP – Associação dos Técnicos em Prótese Dentária de São Paulo. O Blog Dicas Odonto teve a honra de fazer a cobertura deste evento em que o Grupo Kota trouxe o TPD Nondas Vlachopoulos, de renome internacional, para mostrar ao vivo sua destreza na confecção de próteses em cerâmica. 

Os olhares curiosos dos TPDs estavam atentos nas telas posicionadas pelo estande do Grupo Kota. Dois corredores ficaram congestionados por profissionais ávidos por conhecimento. Muitos registravam o momento em vídeo ou com fotos. Uma verdadeira obra de arte estava em curso ali, ao vivo, com explicação passo a passo. O Técnico em Prótese Dentária Nondas Vlachopoulos confeccionou “do zero” um incisivo central e um molar, ambos A2 em cerâmica, sobre copings de zircônia. Eu, sendo cirurgião dentista, tinha visto poucas vezes uma apresentação como esta. 

Segundo o consultor técnico do Grupo Kota, Edi Carlos, uma das características da técnica demonstrada pelo Nondas é a queima única da peça (one bake). Para isso, o técnico precisa ter um controle milimétrico do pincel, controle de umidade e ser especialista nesse tipo de trabalho. Destaco a qualidade da apresentação com tradução simultânea e narração de cada passo. Tenho certeza que foi um dos grandes destaques deste Congresso que aconteceu em São Paulo nos dias 26, 27 e 28 de outubro de 2017. 

Vendo o capricho e destreza do Nondas, a gente para um pouco para refletir sobre o quanto, às vezes, os nossos pacientes não sabem sobre o trabalho artesanal que está por trás dos dentes cimentamos em suas bocas. Essa é mais uma maneira da gente agregar valor ao nosso trabalho na hora de reconstruir sorrisos. Parabéns a todos TPDs pelo seu trabalho e dedicação. 

O Blog Dicas Odonto foi convidado para fazer a cobertura do evento que foi em parte transmitido ao vivo pelo nosso Instagram. Agradeço ao Grupo Kota pela parceria e por todo cuidado com os detalhes. Vocês são nota 1.000!

Luiz Rodolfo

Notificação Ação Trabalhista do SOESP – Sindicato 2017


Desde o início deste Blog, fazemos a “cobertura” dessas atitudes do Sindicato. Sim, o SOESP está novamente atrás de uma fatia do seu suado dinheiro. Já fomos surpreendidos por calhamaços de boletos com cobranças retroativas, com emails, com “notificação extrajudicial” e agora cirurgiões dentistas de São Paulo estão recebendo notificação de ação trabalhista promovida pelo Sindicato dos Odontologistas, com audiência já marcada para comparecimento. O que fazer? 

Estou recebendo mensagens de muitos colegas que estão preocupados com mais essa atitude do SOESP – Sindicato dos Odontologistas do Estado de São Paulo. Com a nova lei trabalhista aprovada pelo governo em julho, o pagamento de Sindicatos não será mais um item obrigatório do trabalhador. Acontece que a nova lei ainda não entrou em vigor (espera-se que entre à partir de 2018) e o Sindicato vai fazer das tripas coração para tentar levar algum dinheiro que ele supostamente teria direito por lei. Se você recebeu essa notificação judicial, acalme-se e analise os pontos a seguir.

Continue reading